82 99641-3231

Estudantes e motoristas de transporte escolar protestam em Arapiraca

(Imagem ilustrativa)

Motoristas de transporte escolar contratados pelo governo do Estado fazem um protesto na manhã desta quinta-feira (12), em Arapiraca. Eles reclamam que estão com salários atrasados há 4 meses.

Neste momento, os motoristas com apoio dos estudantes da Escola Estadual Quintela Cavalcante, estão reunidos em frente a 5ª Gerência Regional de Ensino (Gere). Eles dizem que estão com salários referente aos meses de agosto de 2015 e abril, maio e junho de 2019 atrasados.

Os manifestantes pretendem fechar um trecho da AL-110, no acesso de São Sebastião, visto que o governador Renan Filho é esperado para inauguração de um Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) da cidade.

Mais informações em instantes.

 

 

 

 

Fonte: Todo Segundo


Enem 2019: alunos podem estudar com aulão on-line gratuito

Enem 2019: alunos podem estudar com aulão on-line gratuito

A praticamente dois meses para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcadas para os dias 3 e 10 de novembro, os candidatos intensificam os estudos e se preocupam, cada vez mais nesta reta final, com o conteúdo que devem priorizar. O coordenador do Pré-Enem da Uninter, professor Marlus Geronasso, tem dicas valiosas para os estudantes. “O que vale mesmo neste momento é refazer as questões cobradas nos anos anteriores que estão contidas nas provas facilmente localizadas no site www.inep.gov.br/enem”, recomenda.

Fazer as redações sobre temas propostos nos exames anteriores, a título de treinamento, é sempre relevante, destaca o professor. Em princípio, Marlus observa que a temática deste ano deverá ser inédita ou pouco cobrada em provas passadas, por isso é importante acompanhar as aulas especiais – os ‘aulões’ do Pré-Enem Uninter.

É possível acessar www.uninter.com/enem e assistir às aulas com a demanda – Atualidades. A partir de outubro, o curso preparatório da Uninter discutirá de forma mais aprofundada os prováveis temas das provas deste ano, tanto a ‘oficial’ como a de ‘segunda aplicação’, ou PPL, para candidatos privados de liberdade.

Enem 2019: alunos podem estudar com aulão on-line gratuito

Sempre é importante estar atento às notícias e informações pontuais da sociedade, afirma o professor. O acompanhamento diário de notícias é relevante, com leitura diária das principais manchetes. As revistas também são fonte útil de informações. “Ler e refletir sobre os assuntos são práticas valiosas para o embate discursivo na escrita”, orienta.

O que não deve faltar, na hora da prova, é tranquilidade. Para isso, Geronasso recomenda um plano de estudos contínuo, com a definição de metas para as semanas que antecedem o Exame Nacional do Ensino Médio. “Essa organização é producente e dá total embasamento para equilibrar o estudante diante dos conteúdos das provas”, diz.

A Uninter mantém um curso preparatório a distância, totalmente gratuito, para candidatos que querem se preparar, mas não têm tempo e nem dinheiro para investir em aulas extras. “O Pré-Enem a Distância Uninter propicia ao aluno estudar no ritmo que quiser e onde estiver, com foco em conteúdos cobrados nas edições anteriores, aulões de reforço, tutoria on-line e até simulados comentados”, explica o coordenador e idealizador do curso.

O Pré-Enem a Distância Uninter é uma parceria do Centro Universitário Internacional Uninter com o Eureka e chega ao sexto ano com material atualizado, cerca de 350 videoaulas e aulões de redação presenciais e on-line.

Mais informações e inscrições estão disponíveis no site https://www.uninter.com/enem/.

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo Uninter é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e a única instituição de ensino a distância do Brasil recredenciada com nota máxima pelo Ministério da Educação (MEC). Sediado em Curitiba (PR), já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 250 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com centenas de polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém cinco campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade.


Policiais do 10°BPM receberam homenagens dos alunos da Escola Municipal Hilton Muniz de Almeida.

Policiais do 10°BPM receberam homenagens dos alunos da Escola Municipal Hilton Muniz de Almeida.

Hoje (26/08), policiais militares do 10°BPM receberam homenagens dos alunos da Escola Municipal Hilton Muniz de Almeida.

O Tenente Alexandre aproveitou o momento para estreitar os laços entre polícia militar e a sociedade. Proferiu uma palestra para o público mirim sobre valores e princípios cívicos, éticos e morais.

O tenente percebeu que inicialmente os alunos, por serem muito pequenos, estavam apreensivos. No decorrer do encontro, foi explicado para eles o papel da polícia, que eles estavam ali para proteger a sociedade do mal, então as crianças se sentiram à vontade e muitos alunos disseram que queriam ser policiais.

Ao final, os militares receberam uma lembrancinha confeccionada pelos próprios alunos, como forma de reconhecimento e agradecimento pelo brilhante trabalho prestado à sociedade.

Policiais do 10°BPM receberam homenagens dos alunos da Escola Municipal Hilton Muniz de Almeida.

Ufal faz alerta sobre colapso financeiro e suspensão de aulas em setembro

Universidade Federal de Alagoas (Ufal) — Foto: Magda Ataíde/G1

Gestores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) divulgaram, na sexta-feira (23), uma nota técnica informando que por conta do colapso financeiro provocado pelo bloqueio de recursos do governo federal a instituição pode suspender atividades acadêmicas e administrativas a partir do mês de setembro.

De acordo com o documento, com o corte de R$ 39,5 milhões do valor que deveria ser destinado à instituição em 2019, de acordo com o que foi aprovado na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018, a Ufal não possui recursos suficientes para manter os trabalhos administrativos e acadêmicos no campus Maceió e campi do interior.

Diante da situação, os gestores informam ainda que inúmeras medidas foram tomadas na contenção de despesas, mas, mesmo assim, a verba em caixa não é suficiente para conclusão do ano letivo e que uma audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, está sendo articulada para tentar garantir o pleno funcionamento da Universidade Federal de Alagoas.

Na ocasião, a nota técnica expõe ainda que os contratos administrativos de menor valor foram empenhados até o mês de julho. Já as bolsas pagas com recursos da Ufal, como as doPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti), de monitoria, de estágios e bolsas de extensão e de internacionalização foram empenhadas até agosto e já estarão suspensas a partir do próximo mês.

E que, caso a situação não mude, entre setembro e outubro, serviços como fornecimento de água e energia elétrica, limpeza e segurança, por exemplo, deverão ser interrompidos, impossibilitando o funcionamento da Universidade.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1

Idosa realiza sonho e se forma em pedagogia aos 81 anos

Thereza pegou o diploma de pedagogia em julho deste ano — Foto: Arquivo Pessoal
Thereza pegou o diploma de pedagogia em julho deste ano — Foto: Arquivo Pessoal

Diferente das avós “convencionais” que fazem almoço de domingo, bolos para o café da tarde e crochês, Thereza Mualla Alduino, ou Dona Thereza, como é chamada, trocou as atividades de avó por uma faculdade de pedagogia.

Apoio da família e uma vontade incansável de estudar foram pontos importantes que fizeram a Thereza, de 81 anos, voltar para a sala de aula e se formar em pedagogia no final do mês de junho em Catanduva (SP). A festa de formatura será neste sábado (17).

Ela começou a faculdade em 2015 ao ficar em 15º lugar no vestibular. Segundo ela, o sonho de se formar sempre existiu, mas só se concretizou depois de se aposentar.

A idosa trabalhava de merendeira em uma escola da cidade e se encantava com as crianças e a vontade delas em aprender.

“Eu me aposentei e pensei que não podia ficar parada. Então, fiz três anos de supletivo e conclui o ensino médio”, afirma.

Ao relembrar o passado, dona Thereza explica que nunca parou de estudar. Antes de passar no concurso público para ser merendeira da escola, ela fazia aulas particulares, e depois que se aposentou, aos 70 anos, foi atrás de terminar os estudos.

Depois do supletivo, ela contou que fez três meses de um curso técnico de química, mas não terminou por causa da dificuldade da matéria. Com isso, começou outro curso técnico em administração de empresas e pegou o diploma no início de 2015.

Foi então que começou a faculdade de pedagogia, onde convivia diariamente com pessoas mais novas e com quem compartilhava experiências.

“Às vezes eles até falavam brincando para eu ir fazer crochê, mas eu não gosto disso, eu gosto de estudar”, conta.

Dedicação

Thereza entrou na faculdade depois de se aposentar — Foto: Arquivo Pessoal
Thereza entrou na faculdade depois de se aposentar — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo a neta, Aline Alduino, a avó sempre gostou de ficar com as pessoas mais novas e nunca parou no tempo. Ela conta que a avó gosta de estudar, mas gosta mais ainda de pesquisar receitas e assuntos interessantes pelo celular.

“Ela é uma pessoa que gosta muito de ficar entre os jovens. Gosta de estar por dentro e nunca parou no tempo. Tanto é que ela usa bastante o celular para procurar as coisas, como receitas e assuntos interessantes. Por mais que nunca faça a receita, gosta de estar por dentro”, conta a neta.

Dona Thereza diz que tem facilidade para procurar as coisas no celular, mas quando tinha que fazer alguma atividade da faculdade no computador, quem ajudava era a filha que mora com ela.

Aline ainda afirma a avó anotava tudo sobre as aulas no caderno e muitas vezes trocava o lazer pelos estudos.

“Ela anotava tudinho. O caderno sempre muito completo. Não ia pra faculdade só para marcar presença. Além disso, quando gente chama ela para viajar e ela não vai. Chamar para ir em algum restaurante é muito difícil dela ir. Na faculdade nunca faltou um dia ”, conta Aline.

Os estudos de dona Thereza não param por aí. Segundo a recém-pedagoga, ela tem vontade de fazer uma pós-graduação em psicopedagogia para poder dar palestras pela cidade.

“Acho que eu não daria aulas, mas tenho muita vontade de dar palestras”, diz a recém-pedagoga.

 

 

 

Fonte: G1

Mais de 40 universidades de Portugal já aceitam o Enem para selecionar estudantes brasileiros

Fachada da Universidade Autônoma de Lisboa (UAL), uma das quatro instituições que passaram a aceitar a nota do Enem em agosto de 2019 — Foto: Divulgação/UAL
Fachada da Universidade Autônoma de Lisboa (UAL), uma das quatro instituições que passaram a aceitar a nota do Enem em agosto de 2019 — Foto: Divulgação/UAL

O número de universidades portuguesas que aceitam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ultrapassou a marca de 40. Segundo anunciou o Ministério da Educação nesta sexta-feira (16), quatro novas instituições de ensino superior de Portugal aderiram ao convênio com o governo federal para que estudantes brasileiros possam ser selecionados para cursos de graduação por meio do exame. Assim, o número subiu de 37 para 41.

O Enem 2019 será realizado nos dias 3 e 10 de novembro, e 5 milhões de pessoas estão com a inscrição confirmada, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Universidades de Portugal começaram a aceitar a nota do Enem em 2014 – a primeira instituição a aderir foi a Universidade de Coimbra, em maio daquele ano; em setembro, a Universidade de Algarve também entrou no convênio

Como fazer faculdade em Portugal com o Enem?

Pelo convênio, cada universidade parceira define qual será a nota de corte do Enem para cada um de seus cursos. Cabe ao Inep conferir os resultados dos brasileiros que pleiteiam uma vaga no exterior.

Até 2018, o Inep estima que pelo menos 1.200 brasileiros já ingressaram no ensino superior em Portugal por meio do programa.

Universidades de Portugal que aceitam o Enem

  1. Universidade de Coimbra (26/05/2014)

  2. Universidade de Algarve (18/09/2014)

  3. Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015)

  4. Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015)

  5. Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015)

  6. Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015)

  7. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015)

  8. Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015)

  9. Universidade de Aveiro (25/11/2015)

  10. Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015)

  11. Universidade de Lisboa (27/11/2015)

  12. Universidade do Porto (09/03/2016)

  13. Universidade da Madeira (14/03/2016)

  14. Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016)

  15. Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016)

  16. Universidade dos Açores (04/08/2016)

  17. Universidade da Beira Interior (20/09/2016)

  18. Universidade do Minho (24/10/2016)

  19. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (24/03/2017)

  20. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (05/04/2017)

  21. Instituto Politécnico de Setúbal (05/04/2017)

  22. Instituto Politécnico de Bragança (06/04/2017)

  23. Instituto Politécnico de Castelo Branco (22/05/2017)

  24. Universidade Lusófona do Porto (25/05/2017)

  25. Universidade Portucalense (26/07/2017)

  26. Instituto Universitário da Maia (26/07/2017)

  27. Instituto Politécnico da Maia (06/10/2017)

  28. Universidade Católica Portuguesa (22/01/2018)

  29. Universidade Fernando Pessoa (26/02/2018)

  30. Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (27/04/2018)

  31. Instituto Leonardo da Vinci (27/04/2018)

  32. Escola Superior de Saúde do Alcoitão (23/05/2018)

  33. Universidade Lusíada (23/05/2018)

  34. Universidade Lusíada-Norte (23/05/2018)

  35. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (21/09/2018)

  36. Escola Superior Artística do Porto (29/10/2018)

  37. Universidade Europeia (20/12/2018)

  38. Instituto Universitário de Lisboa (16/08/2019)

  39. Universidade Autônoma de Lisboa (16/08/2019)

  40. Instituto Politécnico da Lusofonia (16/08/2019)

  41. Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1

Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey