82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Alagoas confirma 714 casos e 24 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Alagoas confirma 714 casos e 24 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta terça-feira (13) confirma 714 novos casos e mais 24 mortes por Covid-19 em Alagoas.

Com essa atualização, o estado chegou a 162.216 casos confirmados e 3.850 óbitos por Covid-19.

O número acumulado de casos suspeitos caiu para 8.732.

Do total de casos confirmados desde o começo da pandemia, 154.445 pacientes se recuperaram e outros 3.163 estão em tratamento, em isolamento domiciliar.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 88%. Em Maceió, a ocupação de UTI é de 90%.

Palmeira dos Índios

A cidade de Palmeira dos Índios já realizou 13.156 testes, chegou a 3.660 casos confirmados, 9.615 casos descartados, 3.276 pessoas já se recuperaram do vírus, 84 óbitos e tem 11 pessoas hospitalizadas.

Mais 24 mortes por Covid-19

  • Maceió: Homem, 46 anos – asma

  • Maceió: Homem, 57 anos – sem comorbidades

  • Maceió: Homem, 57 anos – doença cardiovascular

  • Maceió: Homem, 59 anos – sem comorbidades

  • Maceió: Homem, 68 anos – sem comorbidades

  • Maceió: Homem, 78 anos – sem comorbidades

  • Maceió: Mulher, 36 anos – pneumopatia crônica, hipertensão e tabagista

  • Maceió: Mulher, 55 anos – diabética, deficiência visual e tabagista

  • Maceió: Mulher, 66 anos – doença cardiovascular e diabetes

  • Maceió: Mulher, 72 anos – hipertensa, obesa e diabética

  • Maceió: Mulher, 83 anos – diabética, obesa e hipertensa

  • Maceió: Mulher, 91 anos – hipertensa e cardiopata

  • Maceió: Mulher, 94 anos – hipertensa

  • Arapiraca: Homem, 40 anos – sem comorbidades

  • Arapiraca: Mulher, 75 anos – hipertensa e diabética

  • Boca da Mata: Homem, 19 anos – sem comorbidades – morreu em casa

  • Boca da Mata: Homem, 57 anos – hipertenso

  • Teotônio Vilela: Homem, 76 anos – hipertenso

  • Teotônio Vilela: Mulher, 64 anos – diabética e hipertensa

  • Pilar: Homem, 94 anos – pneumopatia crônica, acamado e hipertenso

  • Pilar: Mulher, 62 anos – diabética, hipertensa e deficiência mental

  • Girau do Ponciano: Homem, 72 anos – hipertenso e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)

  • Delmiro Gouveia: Homem, 75 anos – diabetes

  • Marechal Deodoro: Mulher, 48 anos – sem comorbidades


Projeto Pet Amigo atenderá animais da Apapi, em Palmeira dos Índios

Projeto Pet Amigo atenderá animais da Apapi, em Palmeira dos Índios

O Projeto Pet Amigo, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira dos Índios, e o Castramóvel estarão na próxima quarta (14) e quinta (15), atendendo os animais da Associação Protetora dos Animais de Palmeira dos Índios (Apapi).

Durante os dois dias, a equipe do Projeto e do Castramóvel estarão realizando consultas e castração dos pets acolhidos pela Associação.

A castração facilita a adoção dos pets, além do controle de natalidade e melhor qualidade de vida, tanto para ao animal, quanto para a família que irá acolhê-lo.

Vale lembrar que os atendimentos e castração, nesta semana, serão apenas para os animais assistidos pela Apapi.


TIM ficam fora do ar em várias cidades nesta segunda-feira (12)

TIM ficam fora do ar em várias cidades nesta segunda-feira (12)

Clientes da TIM em diversas cidades estão reclamando que a operadora está com a “rede indisponível” no celular, sendo impossível fazer ou receber chamadas e sem acesso a dados móveis 2G, 3G ou 4G.

No site DownDetector vários usuários deixaram comentários reclamando do serviço da operadora, veja alguns:

  • @verusca: sem sinal em caruaru, Catende, palmares e região

  • @Wilson: Sem sinal em Umuarama-PR desde cedo. A Tim tá um caos. A fatura não tarda e nem falha.

  • @ORLANDSON_ALEIXO: Sem sinal em Caruaru-PE faz umas horas.

  • @Alvaro: Tim fora do ar em Marechal Deodoro desde as 7:30 e até agora nada.

  • @Fernando_Ventorini: Tim, como sempre, deixando a desejar, péssima qualidade sinal de internet, péssima cobertura!!!

Em Palmeira dos Índios vários usuários da operadora relataram estar sem sinal desde a manhã desta segunda (12). Em alguns aparelhos chegava a mostrar rede disponível, entretanto, não era possível realizar ou receber ligações.


Mais de 600 idosos foram vacinados neste sábado em Palmeira dos Índios

Mais de 600 idosos são vacinados neste sábado em Palmeira dos Índios

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou na manhã de hoje (10), a imunização dos idosos da faixa etária de 60 a 62 anos de idade.

O dia foi bastante movimentado nos dois pontos de vacinação. Foram imunizadas um total de 651 pessoas. A vacinação continua até o dia 16, e a novidade é que amanhã domingo (11), também haverá campanha.

Confira o cronograma de vacinação:

1ª dose 60 anos
Local: Ginásio da Escola Municipal Dr Gerson Jatobá Leite
11/04 8h às 12h
12 a 16/04 8h às 14h

1ª dose 61 e 62 anos
Local: Escola Estadual Humberto Mendes
11/04 8h às 12h

Documentação: originais e cópias do RG, CPF, cartão SUS e comprovante de residência.


Segunda onda da Pandemia causa exaustão física e psicológica dos profissionais da saúde

Foto: Assessoria

Por: Roberta Sampaio – Assessoria HRSR

Nesse novo momento a pandemia do coronavírus está ainda mais forte e contagiosa, aumentando consideravelmente o número de infectados e fazendo com que os leitos de UTIs e enfermarias estejam constantemente lotados. O cenário vivenciado na Unidade Covid do Hospital Regional Santa Rita e maternidade Santa Olímpia não é diferente.

Desde o início a Instituição buscou cumprir o seu papel, disponibilizando seus serviços e a assistência para os pacientes. Contudo, a situação é preocupante, seja pelo crescente número de casos, como também pela exaustão física e psicológica vivenciada e presenciada pelos profissionais de saúde nesse segundo momento da pandemia.

“Estamos tentando nos manter fortes, mas a situação não está fácil. A Unidade tem recebido pacientes cada vez mais jovens e sem comorbidades, e pacientes que desenvolvem a forma mais grave do vírus. Já perdemos colegas médicos, colaboradores, amigos, e isso nos deixa abalados”, comenta Dr. Pedro Gaia – Provedor do HRSR.

Foto: Assessoria

No início, a unidade covid contava com 11 leitos e esse número foi ampliado. Atualmente são 20 leitos – sendo 10 UTI e 10 Enfermaria. Mesmo assim, a taxa de ocupação ultrapassa os 80% quase todos os dias.

“Alguns meses atrás pensávamos que tínhamos superado os problemas e chegamos a acreditar que as Unidades Covid-19 seriam desativadas. Grave engano! Saímos de casa para tentar dar uma chance aos pacientes. São pessoas que conhecemos internadas e muitas vezes se vão, sem que nossos esforços, tempo de estudo e experiência profissional façam qualquer diferença. Voltamos para casa com o sentimento de realização quando contribuímos para devolver uma pessoa para o seu lar. Nós que conhecemos de perto os perigos e caprichos dessa moléstia, sabemos reconhecer isto como uma vitória. Mas, não conheço ninguém que cultive o orgulho por estar na linha de frente, por ser chamado herói. O único consenso que colho dos meus companheiros de plantão, é o desejo de que tudo isso passe”, relata o médico Anestesiologista – Dr. Fabrício Jota.

A Unidade Covid do Santa Rita conta com uma equipe multidisciplinar, tecnicamente gabaritada para receber os pacientes. Foi implantado recentemente o serviço de psicologia para os pacientes e também para a equipe que está na linha de frente no combate ao coronavírus.

“Nós, enquanto profissionais, por mais que tenhamos a capacidade técnica, acabamos também tendo a parte mental e psicológica afetada devido à gravidade. E os pacientes também são familiares, amigos e colegas profissionais da saúde que estão conosco no dia a dia. Isso, de alguma forma, nos abre um alerta para sempre buscar melhorar o acolhimento, e é o que todos nós temos feito, desde o início, no Hospital Santa Rita”, relata Ismair – interno de Medicina do HRSR.

Foto: Assessoria

A importância da Humanização – é sabido que os pacientes Covid têm um diferencial, já que quando são internos ficam sem poder receber visitas; ou seja, ficam sem o apoio familiar no papel do acompanhante durante o internamento.

“Por mais que a família ligue todos os dias para saber o Boletim com as informações sobre a evolução do paciente, não tem como fazer a visita presencial, então, dentro do Hospital o paciente perde esse apoio. É nessa hora que a equipe do hospital precisa ser esse “braço” esse apoio, tentando suprir a ausência dos familiares no momento tão crítico”, detalha Ismair.

Exaustão

A enfermeira Isabelle Mascarenhas fala sobre o esgotamento dos profissionais de saúde: “Estamos cansados. Pedimos que a população se proteja e nos ajude nesse enfrentamento. Se fala muito em Heróis da saúde, pela nossa coragem de vir trabalhar todos os dias quando o que mais se pede é: quem puder, fique em casa! Mas, nós somos humanos, e cansamos, adoecemos e também morremos. Então, se cuidem e nos ajudem a cumprir o nosso papel na busca de salvar vidas”.

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Irmãos sequestrados em Bom Conselho são encontrados mortos em Palmeira dos Índios

Foto: Redes Sociais

Os corpos de dois irmãos foram encontrados no início da tarde desta sexta-feira (9) no sítio Luciana, na zona rural de Palmeira dos Índios, próximo à divisa entre Alagoas e Pernambuco.

Segundo populares as vítimas foram sequestradas na noite dessa quinta-feira (8), em Bom Conselho, no Agreste de Pernambuco. A polícia ainda não sabe informar se os irmãos foram mortos em Pernambuco ou no local que foram localizados.

Às vítimas, que ainda não tiveram os nomes revelados, residiam em Bom Conselho. O crime será investigado pela delegacia de Bom Conselho/PE.


Redes sociais


Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

(82) 99641-3231


TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842

SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)

COMERCIAL:
(82) 99621-8806
(Dalmo Gonzaga)

© 2021 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey