82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Polícia apura corrupção na compra de testes de baixa qualidade para a Covid-19

Operação Falso Negativo, no Rio de Janeiro, deflagrada nesta quinta (2)
Operação Falso Negativo, no Rio de Janeiro, deflagrada nesta quinta (2)

Agentes da Divisão de Capturas do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) fazem buscas e apreensões em sete estados brasileiros e no Distrito Federal, na manhã desta quinta-feira (2), em uma ação que investiga corrupção na compra de kits de testes para diagnóstico da Covid-19. No Brasil, mais de 60 mil pessoas já morreram por causa da doença.

A Operação Falso Negativo, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT), apura os crimes de fraude a licitação, contra a ordem econômica, organização criminosa e corrupção ativa e passiva na aquisição dos kits. O valor das compras com dispensa de licitação supera os R$ 73 milhões.

Ao todo, são 81 os alvos dos mandados, entre servidores públicos e empresários envolvidos na compra desses produtos, além de sócios e farmácias.

O nome da operação remete à baixa qualidade dos testes, que teriam tendência a dar resultado negativo para a o novo coronavírus.

Os mandados de busca e apreensão são cumpridos em Brasília e nos estados de São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Goiás.

Em Brasília, os alvos são laboratórios particulares, o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e a Farmácia Central, ambos ligados à Secretaria de Saúde do DF, além de endereços de empresários e servidores públicos. O prejuízo estimado na capital federal é de R$ 10 milhões.

Segundo investigadores, servidores da Secretaria de Saúde do DF se organizaram para fraudar licitações e comprar testes com preços superfaturados.

Em nota, a Secretaria de Saúde do DF disse que “todos os testes adquiridos, recebidos por meio de doações ou enviados pelo Ministério da Saúde, têm o certificado da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, portanto, foram testados e aprovados pelo órgão federal”.

Em São Paulo, são três mandados cumpridos em empresas e nove em residências. Segundo uma delegada, foram apreendidos contratos, documentos, um cofre e duas caixas com testes investigados por possivelmente serem de baixa qualidade e superfaturados. A Polícia disse que apenas articulou os mandados de busca e apreensão para auxiliar o MPDFT nas investigações.


homem tenta assassinar a facadas motorista que ofereceu carona a sua esposa

HE- Hospital de Emergência – Foto: Imagem da internet

Um homem tentou assassinar a facadas um motorista que ofereceu uma carona a sua esposa, nesta quarta-feira (01), no município de Traipu. De acordo com a Polícia Militar, o motorista foi atingido por diversas facadas.

O crime teria sido motivado por ciúmes do acusado, que não teve nome divulgado pela polícia. Ao ficar sabendo que sua mulher pegou uma carona com a vítima, o acusado foi em sua direção com uma faca.

O homem esfaqueou a vítima na frente de outras pessoas, que testemunharam o crime para a Polícia. A vítima foi socorrida para Unidade de Emergência do Agreste, onde recebeu atendimento médico. Seu estado de saúde não foi divulgado.

Já o acusado fugiu do local do crime e não foi localizado.


Idoso de 78 anos passa mal e morre enquanto subia ladeira em Palmeira dos Índios.

Idoso de 78 anos passa mal e morre enquanto subia ladeira – Imagem ilustrativa

Um homem identificado como Nelson Costa da Silva, de 78 anos, morreu no início da tarde de ontem, quarta-feira (01), enquanto subia uma ladeira no bairro Palmeira de Fora, em Palmeira dos Índios.

Segundo testemunhas, Nelson Costa estava em um local conhecido como “pedreiras”, subindo uma ladeira e empurrando sua bicicleta, quando passou mal e caiu. Uma equipe do SAMU foi acionada e ao chegar ao local constatou o óbito.

A polícia civil foi informada para que as devidas providências fossem tomadas. O corpo de Nelson foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.


Operação integrada do BPRV, ADEAL e SEFAZ apreende 3 cargas de frangos sem a documentação necessária.

Operação integrada do BPRV, ADEAL e SEFAZ – Foto: BPRv

Durante a madrugada desta quinta-feira (02), o BPRv em operação integrada com a ADEAL e SEFAZ, realizou operações volantes em diversos pontos do alto sertão alagoano e agreste, com o objetivo de fiscalizar o transporte de Frangos sem certificações sanitárias e sem notas fiscais.

No município de Santana do Ipanema por volta das 00h30m foi abordado um caminhão oriundo do Estado de Pernambuco que transportava cerca de 1000 frangos vivos sem as certificações sanitárias e sem nota fiscal, o veículo foi conduzido para o posto fiscal da ADEAL de Palmeira dos Índios, algum tempo depois nas proximidades do município de Igaci, por volta das 02:30 da madrugada, mais dois caminhões foram apreendidos nas mesmas situações e encaminhados para o posto fiscal do BPRv de Arapiraca. Transportando 1200 e 924 aves respectivamente.

A apreensão totalizou cerca de 3.124 frangos sendo transportados sem as certificações sanitárias e sem as devidas notas fiscais. Os procedimentos cabíveis estão sendo realizados nesse momento pela ADEAL e SEFAZ. Onde também estão averiguando se essas aves estão em condições para o consumo humano.

Operação integrada do BPRV, ADEAL e SEFAZ – Foto: BPRv

Transportar frangos sem as certificações sanitárias e sem nota fiscal vem se tornando uma prática costumeira e nociva, a polícia vem fechando o cerco para que essas pessoas se conscientizem. Os caminhoneiros deverão estar de posse das Guias de Transporte Animal (GTA), certificações sanitárias bem como as notas fiscais para que possam seguir viagem de forma tranquila.

 


Carro roubado com placa de Pernambuco é abandonado em Taquarana

Foto: Cortesia/PM

Um suspeito fugiu da polícia e abandonou um carro com queixa de roubo em uma área de mata, na tarde desta quarta-feira, 01, na AL 110, em Taquarana.

De acordo com informações da polícia, os agentes do Centro Integrado de Segurança Pública estavam se deslocando para averiguar uma denúncia de ameaça. No percurso, os militares notaram um veículo, modelo Astra, de placa PEZ-5532, de Cabo de Santo Agostinho (PE), sendo conduzido perigosamente.

Ao notar que a guarnição estava se aproximando, o condutor abandonou o veículo e fugiu da polícia. Após consulta no sistema da polícia, foi constatado que a placa era inconsistente com os dados do chassi e que o veículo havia sido roubado.

 O carro foi levado para a Central de Polícia de Arapiraca, onde foi lavrado o Auto de Apreensão.

PRF apreende grande carga de mercadorias sem notas fiscais, na BR-423

PRF apreende grande carga de mercadorias sem notas fiscais, na BR-423 – Foto: PRF

Diversas mercadorias sem nota fiscal, entre alimentos, peças de vestuário, cosméticos e tecidos, foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite de ontem (30), durante fiscalização no km 26 da BR – 423, na zona rural de Canapi.

Uma equipe fiscalizava em frente à Unidade Operacional (UOP) do Carié deu ordem de parada a um caminhão transportando uma volumosa quantidade de mercadoria. O condutor apresentou 27 notas fiscais que descreviam produtos diversos, mas apesar dos documentos constarem no sistema da Secretaria de Fazenda de Minas Gerais (Sefaz/MG), a quantidade era muito inferior ao que estava sendo transportado.

Após busca dentro do caminhão, os policiais encontraram caixas contendo biscoitos e outras mercadorias para as quais não havia documento fiscal. Questionado, o condutor de 38 anos confessou ter conhecimento da irregularidade e que já havia realizado transportes do tipo. Ele informou que carregou os produtos em Nova Serrana/MG, para entregar em Recife/PE, João Pessoa/PB, Natal/RN e outras localidades.

O caminhão – junto ao material apreendido – foi encaminhado à Sefaz para verificação da carga e valores. Devido à quantidade de produtos, o auditor fiscal afirmou que precisaria escoltar o veículo até a sua base, posto fiscal de Delmiro Gouveia, para realizar a conferência e contagem da carga.

*Com Ascom PRF-AL

PRF apreende grande carga de mercadorias sem notas fiscais, na BR-423 – Foto: PRF

 

PRF apreende grande carga de mercadorias sem notas fiscais, na BR-423 – Foto: PRF

Redes sociais


Whatsapp: 82 99641-3231

Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Tel: (82) 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey