82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Operação contra organização criminosa que agia em Penedo termina em morte e prisões

Operação contra organização criminosa que agia em Penedo termina em morte e prisões

Seis pessoas foram presas nesta terça-feira (3) durante operação contra uma organização criminosa responsável por homicídio e tráfico de drogas em Penedo, no Baixo São Francisco de Alagoas. Durante o cumprimento dos mandados, segundo a polícia, houve troca de tiros e um outro suspeito foi morto.

A Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC) cumpriu mandados expedidos pela 17ª Vara Criminal. Três pessoas ainda estão foragidas.

Entre os presos, cinco foram localizados pelos policiais em Penedo e um em Aracaju (SE). A operação também resultou na apreensão de 5 kg de maconha.

Segundo o delegado Gustavo Xavier, a polícia conseguiu chegar ao grupo após investigação iniciada no mês de março e que resultou na apreensão de 80kg de maconha escondidos em uma ilha em Penedo.

“O grupo de inteligência da DEIC realizou a investigação e chegou a identificar diversos criminosos que atuavam no Baixo São Francisco, sobretudo na cidade de Penedo com vinculo em Sergipe”, disse o delegado.

Os presos vão ser encaminhados para o sistema prisional.


Mulher investigada por liderar grupo criminoso de Sergipe é presa em Alagoas

Mulher investigada por liderar grupo criminoso de Sergipe é presa em Alagoas

Uma mulher suspeita de liderar um grupo criminoso em Moita Bonita, Aquidabã, Itabaianinha, Propriá, Malhada dos Bois, e outras cidades na Região do Baixo São Francisco sergipano, foi presa pela Polícia Civil nesta segunda-feira (2) em São Miguel dos Campos (AL).

De acordo com as investigações, o grupo era responsável por tráfico de drogas, homicídios e prostituição nos municípios onde atuava.

O genro da suspeita, que morreu em confronto com policiais em junho deste ano, seria um dos pistoleiros. Contra ambos havia mandados de prisão expedidos pela Justiça.

Além da Polícia Civil sergipana, a prisão da mulher também teve apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar de Alagoas.


PRF prende homem por receptação em Rio Largo

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem pelo crime de receptação nesta segunda-feira (02). O caso aconteceu no km 93 da BR 101, em Rio Largo/AL. A motocicleta apresentava parte de um veículo roubado.

Era por volta das 14 horas quando a equipe abordou uma Honda CG Titan, de cor preta. Durante a fiscalização, os policiais perceberam que alguns sinais identificadores do veículo apresentavam indícios de adulteração. Após consultas aos sistemas, foi constatado que o motor da moto possuía queixa de roubo/furto.

Questionado sobre o fato, o condutor alegou não ter conhecimento da situação. Diante das informações, ele foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil em Maceió/AL. O homem irá responder pelo crime de receptação.


Corpo de mulher é encontrado decapitado em Rio Largo

Corpo de mulher é encontrado decapitado em Rio Largo

O corpo de uma mulher, que não foi identificada, foi encontrado decapitado na segunda-feira (2), no bairro da Mata do Rolo, em Rio Largo, região Metropolitana de Maceió.

Os Bombeiros foram acionados para a ocorrência porque o corpo estava em uma ribanceira de difícil acesso, próximo à estação de tratamento de esgoto da região.

Equipes da Polícia Civil e dos institutos de Criminalística (IC) e de Medicina Legal (IML) também estiveram no local. O corpo foi recolhido para o IML em Maceió.


Marido de Joice não tinha lesões recentes nas mãos, dedos e punhos, indica laudo

Marido de Joice não tinha lesões recentes nas mãos, dedos e punhos, indica laudo

O exame de corpo de delito realizado pelo IML (Instituto de Medicina Legal) do Distrito Federal no marido da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) não constatou lesões recentes nas mãos, dedos e punhos do neurocirurgião.

As informações foram divulgadas no domingo (1º) pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, e confirmadas pela Folha de S.Paulo.

O laudo, concluído na sexta-feira (30), apontou “ausência de hematomas ou outras lesões recentes” no neurocirurgião.

No dia 22 de julho, Joice relatou ter despertado na manhã do dia 18 no chão do corredor entre o quarto e o banheiro do seu apartamento, com ferimentos pelo corpo. De acordo com a deputada, a última coisa que ela se lembra antes disso era que estava assistindo a um seriado na TV, na companhia do marido, e que ele foi dormir antes dela.

Exames no hospital Sírio-Libanês, em Brasília, constataram traumas no joelho, na costela, no ombro e na nuca, além de cinco fraturas no rosto e uma na coluna. Joice suspeita ter sido vítima de um atentado, embora não tenha descartado inicialmente que as lesões pudessem ser fruto de uma queda.

No dia 25, a deputada concedeu uma entrevista para rebater insinuações de redes sociais de que os hematomas fossem resultado de um episódio de violência doméstica.

Em nota, a deputada disse ter recebido “com naturalidade o resultado negativo do exame do corpo de delito do meu marido, o médico Daniel França”.

“O laudo comprova, com respaldo técnico, que ele é inocente diante de acusações precipitadas e propagadas de maneira irresponsável nas redes sociais”, afirma o comunicado. “Ataques feitos de maneira gratuita e que, como mulher, me entristeceram, sobretudo neste momento tão delicado.”

A deputada disse ainda esperar que o caso seja um ponto de partida para que os apartamentos funcionais da Câmara, especialmente das mulheres, tenham mais segurança. “A vulnerabilidade ficou comprovada diante da falta de câmeras nas escadas, corredores e entradas dos apartamentos”, disse.

“Confio no trabalho da polícia e aguardo a continuidade das investigações”, conclui.

À Folha de S.Paulo a deputada disse que pretende ingressar com processos contra quem sugeriu que suas lesões e hematomas fossem resultado de violência doméstica. “Entrarei com vários processos contra esses loucos caluniadores. A maioria dos escroques são bolsonaristas”, afirmou.

Perícia realizada pela Polícia Legislativa em 16 câmeras do prédio onde a parlamentar mora concluiu que Joice não saiu do imóvel entre os dias 15 e 20, quando deixou o apartamento para fazer os exames hospitalares.

“Além disso, foram realizadas oitivas de funcionários que trabalham no local. Também não foi identificada a entrada de nenhuma pessoa estranha nesse período”, indicou nota divulgada pela assessoria de imprensa da Câmara dos Deputados em 27 de julho.

O inquérito sobre o caso foi enviado no sábado (24) para o Ministério Público Federal, a quem caberá oferecer ou não denúncia à Justiça Federal. O MPF, no entanto, pediu novas diligências, que estão sendo cumpridas, segundo a Câmara.

A Câmara informou haver segurança nos locais onde se localizam os apartamentos funcionais dos parlamentares e os prédios possuem vigilância armada e porteiros, 24 horas por dia, sete dias por semana. “Além disso, há câmeras de segurança e rondas ostensivas, com viatura caracterizada.”

No dia 26, Joice prestou depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal. Ela disse ter encontrado objeto que pode ter relação com o episódio e levantou suspeitas sobre a interferência do governo Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

A deputada também registrou um boletim de ocorrência contra o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) por injúria, calúnia e difamação e entrou com uma representação contra o congressista no Conselho de Ética do Senado. Em uma live, ele sugeriu que as lesões de Joice tivessem sido provocadas pelo consumo de drogas.

Joice foi líder do governo Bolsonaro no Congresso, rompeu com o presidente e atualmente integra o grupo de desafetos do Planalto. Ela inclusive defende o impeachment do mandatário.


“Alagoas bateu novo recorde em diminuição de homicídios”, diz Alfredo Gaspar

“Alagoas bateu novo recorde em diminuição de homicídios”, diz Alfredo Gaspar

O secretário de Segurança Pública de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça, anunciou que o estado bateu um novo recorde na queda de homicídios no mês de julho, sendo o “mês com o menor número de mortes violentas na história dos dados criminais do núcleo de estatísticas da SSP”, conforme publicou em sua conta no Twitter.

“Alagoas bateu novo recorde em diminuição de homicídios. Em julho, obtivemos o mês com o menor número de mortes violentas na história dos dados criminais do núcleo de estatísticas da SSP. Recorde absoluto. Mas não para por aí. É o 6º mês consecutivo de redução de violência em AL”, comemorou o secretário.

Os números de julho ainda não constam no site da Secretaria de Segurança Pública, pois ainda não foram apresentados pelo secretário.

Gaspar também comemorou que o município de Rio Largo zerou o número de homicídios em julho, o que segundo ele, não acontecia há 13 anos.

“Sim, tem mais, Rio Largo teve zero homicídios em julho, fato que não acontecia há mais de 13 anos. Agradeço a Deus, ao apoio do governador @renanfilho15 e ao trabalho incansável das forças de segurança. Se fosse olimpíada, seria coleção de medalhas de ouro.” escreveu.


Redes sociais


Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

(82) 99641-3231


TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842

SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)

COMERCIAL:
(82) 99621-8806
(Dalmo Gonzaga)

© 2021 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey