Palmeira dos Índios
26 ºC Céu Limpo

Palmeira dos Índios | Céu Limpo
26 ºC

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Ex-marido agride mulher com pedaço de madeira em Maribondo

Ex-marido agride mulher com pedaço de madeira em Maribondo

Na noite desta quarta-feira (26/02) uma mulher foi agredida a golpes de madeira pelo ex-marido na rua Professor Paulo Costa, município de Maribondo. A violência doméstica aconteceu por volta das 22h.

A guarnição da 2ª CIA da cidade esteve no local e foi informada, pela própria vítima, que o homem, conhecido pelo apelido de “Pé na Jaca”, fugiu após o crime. A motivação da agressão ainda é desconhecida.

A mulher foi socorrida e levada para a Unidade de Saúde local para receber atendimento médico. O acusado não foi localizado.


SMTT de Delmiro Gouveia é a primeira de AL a utilizar talonário eletrônico para fiscalização no trânsito

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true
Foto: Divulgação / Ascom / Delmiro Gouveia

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Delmiro Gouveia se tornou o primeiro órgão municipal do estado de Alagoas a utilizar o talonário eletrônico, que é de uso exclusivo dos agentes de trânsito.

O dispositivo está sendo implantado por meio de uma parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) e irá substituir, com vantagens, o tradicional talão impresso de multas, sendo usado nas ruas para aperfeiçoar o processamento de dados e permitir um melhor gerenciamento operacional do trânsito urbano.

Antes de irem às ruas, os agentes de trânsito participaram de um treinamento sobre a utilização do talonário esclarecendo as principais dúvidas sobre o uso do equipamento e apresentação de sugestões para otimização do serviço.

Após o treinamento teórico, os agentes realizaram uma blitz educativa, com a participação dos representantes do Detran, para utilizar na prática o equipamento.


Grupo é mantido refém e tem carro roubado em Coruripe

Grupo é mantido refém e tem carro roubado em Coruripe

Passado o feriadão de Carnaval, três pessoas tiveram o retorno para casa transformado em pesadelo ao serem feitos reféns e terem o carro roubado por dois criminosos armados. O caso foi registrado no povoado Pindorama, que fica no município de Coruripe, no litoral Sul de Alagoas.

Uma das vítimas, que pediu para não ser identificada, conta que vinha com o esposo e uma amiga em um carro, um Celta de cor prata e placas HMY 7058, quando foram abordados por dois homens encapuzados e armados.

De acordo com a vítima, ela e amiga foram obrigadas pelos criminosos a entrarem no veículo, uma fiat Doblô de cor preta, onde foram mantidas reféns. Já o esposo dela foi obrigado a dirigir o Celta durante uma perseguição, que seria uma tentativa dos criminosos de roubarem um equipamentos de som conhecido como “paredão”.

“Eles disseram que não fariam nada com a gente e pediram que meu esposo dirigisse em alta velocidade, enquanto atiravam num carro à frente que tinha um paredão”, disse uma das vítimas, relatando que não sofreram violência física.

“Depois que eles nos liberaram, disseram que iam largar o carro em algum lugar de Penedo, mas até agora não sabemos do paradeiro do veículo”, acrescentou.

A vítima relatou ainda que dentro da Doblô tinham outros dois homens, que tinham tido a moto roubada e também estavam sendo mantidos reféns. O grupo só foi liberado em um povoado no município de São Sebastião, no Agreste alagoano.

As vítimas registraram Boletim de Ocorrência e o caso será investigado pela Delegacia Regional de Arapiraca.

Quem tiver informações sobre o veículo roubado pode entrar em contato com a polícia, no 181.


Suspeitos de roubo são mortos a tiros por policial de folga e população protesta em São Paulo

2 suspeitos de roubo são mortos por policial à paisana em Osasco, Grande SP

Dois suspeitos em uma moto foram mortos a tiros por um policial militar de folga que interveio em uma tentativa de assalto a um casal na tarde do último domingo (23) próximo ao Rodoanel, em Osasco, na Grande São Paulo.

Vídeos e fotos feitos por moradores e que circulam nas redes sociais mostram os baleados agonizando no asfalto. A população montou barricadas em protesto contra a Polícia Militar pela demora no atendimento e socorro aos suspeitos feridos.

Outros agentes da corporação intervieram para desobstruir as vias e houve confronto com os moradores da região. Há relatos e fotos de pessoas feridas por bombas lançadas pelos policiais.

Testemunhas relataram à Rede de Proteção e Resistência Contra o Genocídio que os dois suspeitos foram socorridos somente 1h30 após terem sido baleados.

A Rede informou ainda que moradores acusaram PMs de agressões por eles terem filmado as ações e terem pedindo urgência no atendimento dos suspeitos, que moravam numa comunidade próxima.

Vídeos também registraram o momento em pessoas bloquearam vias próximas à Avenida Benedito Alves Turíbio com objeto, em protesto pela demora da chegada da ambulância para socorrer os dois baleados.

Morador da região de Osasco onde PM reprimiu protesto mostra perna ferida, atingida por fragmentos de artefatos disparados por policiais, segundo a Rede — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Morador da região de Osasco onde PM reprimiu protesto mostra perna ferida, atingida por fragmentos de artefatos disparados por policiais, segundo a Rede — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo testemunhas, os agentes da Polícia Militar que foram ao local para dar apoio ao policial de folga, usaram balas de borracha, bombas de efeito moral e cassetetes para dispersar a multidão que se aglomerava no entorno.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) alegou que os dois suspeitos baleados pelo policial de folga foram socorridos e levados a um hospital municipal da cidade, onde “não resistiram aos ferimentos e morreram”.

Ainda segundo a pasta da Segurança, a Polícia Militar utilizou munições não letais para conter o tumulto” depois que “populares danificaram uma viatura, um semáforo e um radar” e “também hostilizaram” o PM à paisana e o casal vítima dos assaltantes.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que o policial à paisana atirou para se defender, em uma reação a dois criminosos armados durante uma troca de tiros iniciada por eles. O PM não se feriu.

De acordo com a corporação, o policial militar estava de folga dirigindo seu Hyundai i30 prata quando viu os dois ocupantes em uma moto Honda Titan tentando assaltar um casal.

Ainda segundo a PM, o agente se identificou como policial e deu voz de prisão aos assaltantes, que não obedeceram e atiraram nele, ocorrendo o revide.

Na troca de tiros, os dois criminosos foram atingidos, sendo que um morreu no local e outro ainda chegou a ser socorrido com vida e foi levado Pronto Socorro Antonio Giglio, onde faleceu.


Ministros se reúnem para discutir ações de combate ao novo coronavírus

Ministros se reúnem no Palácio do Planalto para discutir ações de combate ao coronavírus.
Foto: Rafael Carvalho/Ministério da Cidadania

O governo federal deve lançar, nas próximas semanas, uma campanha nacional de esclarecimento sobre o novo coronavírus (Covid-19), informou hoje (26) o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Ele e outros oito ministros participaram de uma reunião, no Palácio do Planalto, para tratar das ações para o enfrentamento à síndrome respiratória, que teve um primeiro caso de infecção confirmado no Brasil.

Foi também a primeira reunião interministerial comandada pelo novo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto. O presidente Jair Bolsonaro, que retornou a Brasília nesta quarta-feira, após tirar uns dias de descanso no carnaval, não participou da reunião. Ele retoma sua agenda normal a partir de amanhã (27).

“Nós vamos ter que fazer uma comunicação um pouco maior para a população, a gente já tinha esse plano de comunicação, dependendo se tívessemos um caso ativo, então a gente deve começar uma campanha para as pessoas poderem perceber a importância de lavar as mãos, de ter higiene, se caso tiver febre, tosse, entrar em contato com o telefone da Ouvidoria, o 136, a página do Ministério da Saúde, porque nessa época se produzem muitas fake news, para as pessoas terem uma informação de qualidade, ali nessa página tem um plano de contingência por estados, por cidades”, informou Mandetta.

Ele não disse quando a campanha começará a ser veiculada na mídia, mas destacou que será semelhante a campanhas anteriores sobre epidemias mundiais, como a da gripe H1N1. “Esse é um plano que a gente já tinha, ele é basicamente informativo, para a população ficar tranquila, saber o que pode fazer”, acrescentou.

Mais cedo, o Ministério da Saúde confirmou que um homem de 61 anos, morador da cidade de São Paulo, que esteve na região da Lombardia, no norte da Itália, entre os dias 9 e 21 de fevereiro, foi confirmado como primeira pessoa contaminada pelo coronavírus no país. Por enquanto, disse Mandetta, não há nenhuma mudança nas regras de circulação em portos e aeroportos do país. “Não tem mudanças de conduta, não tem mudança em relação ao trânsito de pessoas”, enfatizou.

O governo informou que todos os estados do país atualizaram e enviaram ao Ministério da Saúde seus planos de contingência, com ações para enfrentamento à doença. O Ministério da Saúde também realizou licitação para a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), como máscaras, para distribuir a todos os estados do país, ampliando os estoques já disponíveis.

Ainda de acordo com as autoridades, as unidades básicas de saúde já contam com protocolo atualizado para o devido atendimento à infectados e possuem salas especiais para triagem. Casos suspeitos serão encaminhados para hospitais de referência nos estados, que possuem leitos disponíveis para cuidados intensivos, caso necessário.

Participaram da reunião desta quarta-feira os ministros Braga Netto (Casa Civil), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Ernesto Araújo (Itamaraty), Sérgio Moro (Justiça), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Augusto Heleno (GSI), Tereza Cristina (Agricultura) e Jorge Oliveira (Secretaria Geral). Também participaram representantes do Ministério da Economia, do Desenvolvimento Regional, da Polícia Federal e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Homem morre atropelado na rodovia AL-420 enquanto tentava consertar sua moto

Homem tentava consertar moto no acostamento da rodovia sem sinalização quando foi atropelado na rodovia AL- 420, em Roteiro — Foto: BPRv
Homem tentava consertar moto no acostamento da rodovia sem sinalização quando foi atropelado na rodovia AL- 420, em Roteiro — Foto: BPRv

Um homem morreu atropelado enquanto consertava sua moto na noite de quarta-feira (26), na rodovia AL-420, na cidade de Roteiro, Litoral Sul de Alagoas.

Segundo informações do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Niedson Pereira da Silva conduzia uma cinquentinha quando o veículo quebrou. Ele desceu e tentou consertar a moto no acostamento da rodovia sem nenhuma sinalização.

Enquanto Niedson tentava consertar a moto, um Corsa de cor branca o atropelou e fugiu do local. Partes do carro ficaram na pista.

Uma pessoa estava com homem na cinquentinha e não ficou ferida.

Os institutos de Criminalística (IC) e Medicina Legal (IML) estiveram no local e fizeram a perícia e recolheram o corpo da vítima.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey