82 99641-3231

Mauro Silva diz que CSA não vai jogar com a vantagem do empate debaixo do braço.

aqui achei
FOTO: FRANSCISCO CEDRIM/ASCOM CSA

Na reapresentação do elenco do CSA, na tarde desta terça-feira (16), o volante Mauro Silva, 25 anos, foi o escolhido para conceder a entrevista coletiva no CT do Mutange. Ele foi um dos destaques do primeiro jogo da final do Alagoano, contra o CRB, no domingo passado, no Rei Pelé, e comentou sobre os elogios que recebeu da crônica esportiva e até do técnico Marcelo Cabo.

“Isso é bom. É o reconhecimento do trabalho. É importante porque o nosso grupo é muito forte. Todas as posições têm três a quatro jogadores com totais condições de jogar, e, graças a Deus, a minha oportunidade chegou e eu pude aproveitar da melhor maneira”, declarou, acrescentando sobre o treinador: “A gente fica feliz (com os elogios) até porque tenho que agradecer muito ao Cabo, juntamente com a diretoria, por terem me dado a oportunidade de estar aqui, terem apostado em mim e, graças a Deus tenho conseguido dar sequência ao trabalho que ele tem feito comigo e tem dado frutos”.

Mauro Silva deu a dica do que o CSA precisa para ser campeão alagoano: continuar trabalhando forte, focado, durante toda esta semana, mais do que nunca. “Aqui no CSA não tem espírito de oba-oba, nós vamos em busca da vitória novamente, sabemos que a gente pode empatar, mas entrar querendo o empate não é bom. Nós vamos buscar a vitória para conquistar esse título”.

E justamente sobre essa vantagem do empate que o time azulino tem nesta segunda partida da decisão, ele reconhece que é uma vantagem, pequena ou não, mas não deixa de ser, porém, alertou: “A gente não pode entrar em campo com ela debaixo do braço, a gente tem entrar como se fosse o primeiro e único jogo da final, tem que entrar pra ganhar, ligado, e esse negócio de vantagem aí dentro de campo, meio que não existe e a gente vai entrar focado para conseguir a vitória”. E acrescentou: “Com certeza, este segundo jogo será mais difícil do que foi o primeiro”.

Se acredita que será titular nesta segunda partida da final, Mauro Silva disse: “A gente não sabe ainda, mas eu trabalho todos os dias para jogar, independentemente se estou no banco, no terceiro time, se sou titular, porque não sei quando a minha oportunidade vai aparecer. Como foi nesse jogo agora. Eu não sabia que eu seria titular, mas trabalhei para ser titular. Então, estou trabalhando firme esta semana novamente e se o Cabo me escolher, me colocar, eu vou estar pronto”, garantiu.

Na ocasião, ele destacou também a importância da vitória no último domingo e da força do grupo marujo. “Queremos muito o título. Nossa torcida merece. A vantagem assegurada no primeiro jogo foi importante, mas não podemos esquecer que é uma decisão de cento e oitenta minutos. Temos um elenco forte e unido. Isso é muito importante”, observou o jogador azulino, em entrevista ao site oficial do clube.

Energia da torcida

Mauro Silva também salientou a energia recebida das arquibancadas. “Nossa torcida mais uma vez deu show. No próximo domingo, sabemos que o mando de campo é do rival, mas que nosso setor estará lotado de azulinos. Vamos em busca do título”, encerrou.

Nesta temporada, Mauro Silva já atuou 12 vezes com a camisa do Azulão. Ele e os demais jogadores voltam ao CT Gustavo Paiva, no período da tarde, para mais uma jornada de treinamentos, nesta quarta-feira (17).

Fonte:  Gazetaweb

CSA anuncia a contratação do goleiro Jordi, vindo do Vasco

aqui achei
Jordi disputará a Série A de 2019 pelo CSA (Foto: Divulgação)

Centro Sportivo Alagoano recebe mais um goleiro em seu elenco. Trata-se de Jordi, jogador de 25 anos e que estava no Vasco da Gama. Jordi é natural de Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O atleta chega a Maceió nesta segunda-feira (15) e será apresentado à imprensa nos próximos dias.

O CSA foi em busca de mais um atleta para a posição após a nova lesão de Alexandre Cajuru, que tem previsão de volta entre o final de 2019 e o início de 2020. Jordi vai brigar pela titularidade com João Carlos e Fabrício, que deve ser o trio que disputará o Brasileirão da Série A pelo clube alagoano.

O time do Mutange publicou em suas redes sociais um vídeo de Jordi. Confira abaixo:

Semana de treinos

O elenco azulino folga nesta segunda-feira após a vitória de domingo (14) no primeiro jogo da final do Campeonato Alagoano. Os atletas comandados pelo técnico Marcelo Cabo voltam ao trabalho nesta terça-feira (16), no CT Gustavo Paiva.

De terça a sábado as atividades serão fechadas para imprensa, com o acesso liberado à sala de imprensa, após o treino.

O volante Mauro Silva atende a imprensa na terça-feira. Na quarta (17), será o atacante Patrick Fabiano. Na quinta (18), o capitão Didira conversa com os jornalistas. Na sexta (19), a coletiva será do técnico Marcelo Cabo.

 

Fonte: Tribuna Hoje com Ascom CSA


Pelé recebe alta do Hospital Albert Einstein após retirar cálculo renal

aqui achei
(Foto: Reprodução/TV Globo)

O ex-jogador Pelé, de 78 anos, recebeu alta na manhã desta segunda-feira (15) e deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, uma semana após ser internado.

No sábado (13), os médicos retiraram um cálculo renal que incomodava Pelé.

Pelé voltou ao Brasil na terça-feira (9) após ficar cinco dias hospitalizados em Paris, na França, por causa de um quadro de infecção urinária, e foi internado no Einstein.

Pelé desembarcou no aeroporto internacional de Guarulhos em uma cadeira de rodas. “Infelizmente não vai dar para jogar domingo”, brincou Pelé, que agradeceu ao apoio dos fãs. “Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou aqui e viva o nosso Brasil”, declarou.

Pelé foi internado no dia 3 após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

Arte mostra formação de cálculo renal — Foto: Reprodução/TV Globo
Arte mostra formação de cálculo renal — Foto: Reprodução/TV Globo

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, segundo Pelé.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos Olímpicos do Rio.

Fonte: G1 Globo


De virada, INTZ desbanca Flamengo e volta ao degrau mais alto do pódio do CBLoL.

aqui achei
INTZ volta a subir no degrau mais alto do League of Legends brasileiro(Foto: Riot Games)

O slogan “Que se levante o Rei” pode até ser do CNB e-Sports Club, mas neste sábado (13) a frase se encaixa melhor à INTZ. Isso porque a equipe Intrépida volta a ser a maior venecora do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) graças a vitória, de virada, sobre 3 a 2 contra o Flamengo.

O título coroa a reconstrução do clube após o desmantelar da formação popularmente conhecida como Exódia, que foi responsável por colocar a INTZ no topo do cenário nacional com três títulos, e espanta o terrível 2018 que teve ao ter que brigar, nas duas etapas, para não cair para a 2ª divisão.

A FINAL

Querendo surpreender o Flamengo, a INTZ resolveu invadir a selva Rubro-Negra no nível inicial. Mas a jogada saiu pela culatra porque parecia que brTT e companhia esperavam tal estratégia e, com um ótimo pulverizar de Luci, a equipe conquistou o First Blood. Vantagem esta dilatada após um ótimo dive liderado por Shrimp na rota inferior Intrépida, que resultou em mais três eliminações.

Não tomando conhecido do oponente e aproveitando da melhor forma possível o potencial de dive da composição, o Flamengo foi pra cima da INTZ e, antes mesmo dos 20 minutos, o Rubro-Negro conseguiu derrubar as duas primeiras torres da rota do meio, abrir 10 a 2 no placar de abates e quase 10 mil no de ouro.

Flamengo vs INTZ(Foto: Riot Games)

Diante do cenário já estabelecido, era só questão de tempo para a vitória do Flamengo. O Rubro-Negro deu início ao golpe final eliminando o Barão. Em posse do principal bônus do jogo o time avançou pela reta superior onde protagonizou a luta final e finalizou a partida em menos de 23 minutos, recorde nessa primeira etapa

A segunda partida começou sem nada muito ousado por parte das duas equipes, mas não demorou muito para as ações tomarem o Summoner’s Rift. E foi o Flamengo que deu a primeira investida, num gank de Shrimp na rota inferior que acabou com o First Blood para o Rubro-Negro e o próprio caçador morrendo.

Flamengo vs INTZ(Foto: Riot Games)

O equilíbrio reinou após o final da fase de rotas. Aproveitando-se de posicionamentos equivocados por parte do Flamengo, a INTZ abriu pequena vantagem conseguindo pick-offs pelo mapa. Contudo, os Intrépidos sofreram um apagão e o Rubro-Negro não desperdiçou a oportunidade ao, pegar um Mills desgarrado do time na rota do meio, derrubar o inibidor central e ainda derrubar a T3 do topo.

O Flamengo ia fazendo tudo certo, conseguindo inclusive destruir dois inibidores da INTZ, até se afobar para fechar a partida. O primeiro erro crasso aconteceu na rota inferior, quando foi engolida pelos Intrépidos numa das lutas finais. Na sequência, o Rubro-Negro não viu somente o adversário conquistar o segundo Barão, como também roubar o Dragão Ancião. Com os dois buffs em mãos, Envy e companhia fecharam a série.

Os 20 primeiros minutos da terceira partida foram parecidos com os da inicial, com o Flamengo abrindo considerável vantagem nos placares de abate e ouro. O First Blood aconteceu numa incrível sinergia entre Goku, Shrimp e Robo, que ficou com a eliminação graças ao ultimate.

Rotacionando de forma inteligente pelo mapa, o Rubro-Negro conquistou a maioria dos Dragões e foi dominando a equipe adversária, empurrando-a contra a própria base. Contudo, assim como no jogo anterior, o time de brTT mostrou afobação, que foi muito bem aproveitada pela INTZ que foi se segurando o quanto podia mesmo com todos os inibidores no chão e o Nexus aberto.

O golpe final começou a ser dado com Goku pegando a últimate de RedBert. Utilizando a skill, o meio Rubro-Negro foi em direção do Nexus e seguido pelos companheiros que deram tudo de si para o 2 a 1 no placar

A penultima partida da série começou a todo vapor. Logo nos primeiros cinco minutos as duas equipes conseguiram duas eliminações, cada. O Flamengo ficou com o First Blood após um ótimo avanço de Goku, Shrimp e Luci no rio que culminou na morte de Shini. A resposta veio pouco depois, com os Intrépidos abatendo Goku e o caçador coreano, enquanto Tay morria no topo.

Na transição da fase de rotas para o mid game as duas equipes mostraram proficiência em rotação de mapa, mas para objetivos diferentes. Enquanto o Flamengo focou a movimentação para objetivos como Dragão, Arauto e Torres, os Intrépidos preferiram por andar pelo mapa a fim de importantes eliminações em cima, principalmente, de Robo.

A estratégia da INTZ se mostrou melhor porque ao mesmo tempo que Robo foi, praticamente, tirado do jogo, os Intrépidos ficaram tão fortes que o Flamengo não conseguia mais parar o adversário. A equipe liderada por Envy colocou a mão na vitória ao conquistar o segundo Barão do jogo, conseguindo assim derrubar dois inibidores do Rubro-Negro.

Como esperado, o último jogo da série começou morno com as duas equipes não se arriscando muito. O First Blood só foi acontecer após os 10 minutos, a favor do Flamengo após Luci e brTT se aproveitarem de um Mills sozinho na rota inferior. Minutos depois, com o coreano acertando uma ótima sentença o Rubro-Negro abateu Tay.

Mas a INTZ não se desesperou com o início ruim. A equipe, em investidas simultâneas na rotas do meio e topo conseguiu abates importantes em Robo e Goku e, minutos depois, com um pick off pra cima de brTT, conseguiu liquidar com a vantagem Rubro-Negra. Executando muito bem a composição que montou, o time Intrépido deu um grande passo rumo a vitória aproveitando-se de uma investida não tão boa por parte de brTT e companhia.

Minutos depois, num grande avanço pela rota do meio e pegando brTT no charme do Envy, os Intrépidos finalizaram a partida e soltaram o grito de campeão.

 

 

 

Fonte: ESPN


Robinho decide, e CSA vence o CRB no primeiro jogo da final.

aqui achei
  • Azulão na frente

    O primeiro jogo da decisão do Alagoano teve um personagem improvável. Robinho andava sumido do jogo, participando pouco, mas estava no lugar certo, na hora certa. Aos quatro do segundo tempo, ele recebeu na direita e bateu por baixo, tirando de Edson Mardden. Assim, o CSA venceu o CRB por 1 a 0 neste domingo, no Rei Pelé, e levou a vantagem do empate para a finalíssima.

    Marcelos Chamusca e Cabo se encontram no Rei Pelé
    Marcelos Chamusca e Cabo se encontram no Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

  • Vantagem

    A finalíssima do Alagoano está marcada para o próximo domingo, às 16h, no Rei Pelé. O CSA precisa apenas de um empate para levantar a taça. Se o CRB vencer por um gol de diferença, leva a decisão para os pênaltis. Para conquistar o título no tempo normal, o Galo tem a difícil missão de bater o rival por dois ou mais gols de diferença.

    CSA x CRB, no Rei Pelé
    CSA x CRB, no Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

  • Estreante

    O técnico Marcelo Chamusca estreou neste domingo no CRB. Ele é o substituto de Roberto Fernandes, que pediu demissão na semana passada.

    Marcelo Chamusca, técnico do CRB
    Marcelo Chamusca, técnico do CRB (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)

    Marcelo Chamusca, técnico do CRB (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)

  • Duas lesões

    CSA e CRB tiveram que fazer mudanças ainda no primeiro tempo. O zagueiro Ronaldo Alves, do Azulão, sentiu o joelho direito e foi substituído por Gerson. Depois, quem sentiu a posterior da coxa direita foi o meia Felipe Menezes, do Galo. Lucas entrou.

    Machucou! Ronaldo Alves sente joelho direito e é substituído, aos 18 do 1T
    Machucou! Ronaldo Alves sente joelho direito e é substituído, aos 18 do 1T

  • Encanto quebrado

    CSA e CRB fizeram neste domingo o terceiro clássico do ano. Os outros dois terminaram empatados sem gols. Na decisão do estadual, o Azulão venceu e quebrou a sequência. Ano passado, depois do Alagoano, os rivais também empataram duas vezes na Série B.

    Robinho, atacante do CSA
    Robinho, atacante do CSA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

  • Primeiro tempo

    O jogo começou até bom. CRB adiantou a marcação e deu mais espaço na defesa. O CSA explorava mais o lado direito. A primeira chance saiu aos cinco minutos.

    Ferrugem bateu falta de longe, a bola desviou na barreira e acertou a trave do Azulão. Na sequência, o troco. Didira roubou de Edson Henrique e tabelou com Patrick Fabiano, que finalizou cruzado. Mardden salvou o Galo.

    Aos 27 minutos, Ferrugem cobrou falta pela direita e, livre, Wellington Carvalho cabeceou pra fora. Quase entrou.

    Aos 5', Ferrugem bate direto para o gol, a bola desvia na barreira e acerta a trave
    Aos 5′, Ferrugem bate direto para o gol, a bola desvia na barreira e acerta a trave

  • Segundo tempo

    O CRB começou assustando. Ferrugem cobrou falta de longe e João Carlos espalmou. Depois, entrou em campo o espírito zombeteiro do futebol.

    Um dos destaques do Galo, Ferrugem foi facilmente desarmado por Patrick Fabiano, que avançou com liberdade pela esquerda. Ele perdeu a passada, mas teve tempo de virar o jogo para a direita. Apodi não dominou e a bola sobrou limpa para Robinho, na entrada da área. Ele ajeitou e bateu no cantinho, por baixo, aos quatro minutos: 1 a 0.

    Aos 14, o lateral Carlinhos cobrou falta com muita precisão e acertou o travessão do CRB. Ninguém pegou o rebote. O Galo caiu de produção, mas, depois dos 40, foi para o abafa. No finalzinho, Maison recebeu livre, arrumou o corpo, mas chutou fora.

    Gol do CSA! Robinho chuta cruzado e marca para o Azulão, aos 4 do 2T
    Gol do CSA! Robinho chuta cruzado e marca para o Azulão, aos 4 do 2T

Olha a renda

Público total: 10.164

Público pagante: 9.123

Renda: R$ 183,106,00

Torcida do CSA no Rei Pelé
Torcida do CSA no Rei Pelé (Foto: Aiton Cruz/Gazeta de Alagoas)

 

 

 

 

Fonte: Globo Esporte


Árbitro gaúcho da FIFA comandará primeiro clássico da final do Alagoano

aqui achei
(Reprodução CBF)

Anderson Daronco (FIFA) será o árbitro do primeiro jogo da final do Campeonato Alagoano, entre CSA e CRB, neste domingo (14), às 16 horas, no Estádio Rei Pelé. Em 2017, o gaúcho apitou a decisão do Estadual, também disputado entre os dois maiores times de Alagoas.

Daronco foi escolhido após sorteio realizado na sede da Federação Alagoana de Futebol (FAF), na tarde dessa quinta-feira (11).

Além do árbitro central, o sorteio também escolheu os assistentes Bruno Boschila (CBF/PR) e Neusa Back (CBF/SC). Como quarta árbitra, Débora Cecília Correia (CBF/PE) foi sorteada. Todos estes também fazem parte do quadro da Fifa.

 

Fonte: Alagoas 24 horas


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey