82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Racing elimina o Flamengo da Libertadores nos pênaltis

Racing elimina o Flamengo da Libertadores nos pênaltis

O Flamengo está eliminado da Libertadores da América. Nos pênaltis, o Racing eliminou o atual campeão na noite desta terça-feira, no Maracanã. O tempo regulamentar terminou em empate em 1 a 1, mesmo resultado do primeiro jogo. Mas não foi um empate qualquer: foi com gol nos acréscimos do Flamengo, que estava com um a menos desde a metade do segundo tempo. Só que, nos pênaltis, Willian Arão viveu seu enredo particular de herói e vilão, e os argentinos se classificaram pas as quartas de final.

O Flamengo era todo ataque no fim da partida. Ainda que estivesse com um a menos graças à expulsão de Rodrigo Caio aos 17 minutos do segundo tempo, o time da casa martelou o Racing e buscou o gol que o deixaria vivo sem sofrer grandes sustos. Até que, aos 47, Diego cobrou o escanteio, e Willian Arão testou para o fundo das redes: era o herói rubro-negro àquela altura. No entanto, nas cobranças de pênalti, todo mundo converteu… menos Arão, que optou por uma batida forte à meia altura, e Arias defendeu. O volante terminou a noite como vilão.

Apesar da eliminação, o Flamengo fez uma boa partida nesta terça-feira. No primeiro tempo, por exemplo, Diego Alves foi acionado uma única vez num chute de Fértoli. A volta de Rodrigo Caio parecia dar solidez ao sistema defensivo, enquanto o ofensivo funcionava com as escapadas de Bruno Henrique e a boa atuação de Vitinho: o camisa 11 teve duas grandes chances, mas na primeira finalizou rasteiro rente à trave e na segunda parou nas mãos de Arias. Só que, aos 17, Rodrigo Caio fez falta forte e recebeu o segundo amarelo. E aos 19, na cobrança dessa falta, Gustavo Henrique não conseguiu afastar, e Sigali empurrou para o gol. Parece que, em dois minutos, tudo desmoronou.

E agora, Rogério?

Com três semanas de trabalho completadas nesta quarta-feira, Rogério Ceni já se vê no olho do furação. Foi eliminado pelo São Paulo na Copa do Brasil e agora cai nas oitavas da Libertadores para o Racing, deixando apenas o Brasileirão para ser disputado pela frente. O Flamengo já tem na temporada os títulos da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Carioca, mas os três ainda com a cara do trabalho do ano passado sob as rédeas de Jorge Jesus.

O Flamengo agora volta a campo no próximo sábado para fazer o clássico carioca contra o Botafogo, às 17h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, pelo Brasileirão.

Boca ou Inter

Classificado para as quartas de final da Libertadores, o Racing agora espera para saber quem será seu adversário: Boca Juniors ou Internacional. Como a primeira partida na semana passada foi adiada por causa da morte de Maradona, as equipes ainda vão fazer o jogo de ida nesta quarta, no Beira-Rio. A volta está marcada para o dia 9, na Bombonera.


CRB e CSA empatam no Clássico das Multidões pela Série B

Foto: ASCOM/CSA

O empate sem gols foi ruim para CRB e CSA no Brasileiro. Nesta terça, os times tiveram ações diferentes nos dois tempos, o Azulão ficou mais com a bola, mas foi o Galo que esteve mais perto do gol. No fim, as defesas levaram a melhor e ninguém venceu no Rei Pelé. Os técnicos até mexeram nos ataques, tentaram ajustes e ninguém conseguiu marcar.

Uma cena marcante merece destaque no pós-jogo de CRB x CSA. Os técnicos Mozart e Ramon, que estrearam no clássico, conversaram abraçados, na maior amizade.

O lance polêmico do clássico saiu aos 43 minutos do primeiro tempo. Robinho balançou a rede do CSA, mas não valeu. O assistente André Bittencourt (RS) marcou impedimento, o árbitro Daniel Nobre Bins (RS) chegou a hesitar, mas anulou a jogada. Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci disse que eles acertaram ao invalidar o gol.

“Foi bem anulado. A bola bate no braço do Castán, resvala nas costas do Reginaldo Júnior e sobra para o atacante do CRB. Por isso, o gol foi bem anulado”, explicou Ricci.

A 25ª rodada da Série B ainda vai ser completada, mas o CSA, por enquanto, é o sexto lugar, com 38 pontos. O CRB é o 11º, com 33.

Sábado, às 18h30, o CSA recebe o América-MG no Rei Pelé, pela 26ª rodada da Série B. Às 19h, também no sábado, o CRB encara o Sampaio Corrêa em São Luís-MA.


De virada, CSA vence a Ponte Preta e encosta no G4

CSA x Ponte; Gol de Paulo Sérgio – Foto: Ailton Cruz

O CSA segue forte como mandante. O time azulino derrotou a Ponte Preta, por 2 a 1, no Estádio Rei Pelé, na tarde deste Sábado (28), pela 24ª rodada da Série B.

Na próxima terça-feira (01), o azulão enfrenta o CRB, às 19h15, pela 25ª rodada do brasileirão. Com a vitória, o CSA ficou na quinta colocação, com 37 pontos.

O JOGO

A bola rolou no Estádio Rei Pelé e a Ponte Preta começou melhor. Logo no primeiro minuto, Dawhan subiu livre e cabeceou forte para o gol. Ponte 1 a 0.

O CSA não conseguia impor o seu ritmo de jogo, como mandante. A equipe tinha dificuldades nas criações das jogadas.

A melhor chance do azulão foi com Paulo Sérgio. O atacante fez grande jogada e de fora da área acertou um belo chute. A bola bateu no travessão e foi para fora.

Na segunda etapa, o time azulino voltou melhor. Aos 12 minutos, Diego Renan cobrou falta, Paulo Sérgio passou para Yago, que livre na área, finalizou para o gol. Ponte 1 a 1 CSA.

O azulão cresceu no jogo. Bilu que entrou no intervalo, deu mais velocidade a equipe pelo lado direito.

Aos 40 minutos, Pedro Lucas disputou na aérea, a bola sobrou para o Bilu, que tocou para o alto. Paulo Sérgio aproveitou sozinho, empurrou para o gol. CSA 2 a 1.

Final de jogo, CSA 2 x 1 Ponte Preta.


1 milhão de pessoas são esperadas em velório de Maradona, que ocorrerá na Casa Rosada

Multidão se reúne em Buenos Aires para homenagear Diego Maradona – Foto: CNN Brasil

O velório de Diego Armando Maradona será na Casa Rosada, sede do governo argentino, localizada no centro de Buenos Aires, desta quinta-feira (26) até o próximo sábado (28). Autoridades locais estimam que cerca de 1 milhão de fãs do jogador devem ir até o local.

O velório ocorre em meio a uma quarentena oficial decretada pelo governo argentino, que garante o uso de transporte público apenas para trabalhadores essenciais. Mesmo com as restrições, uma multidão é esperada na Praça de Maio, endereço da Casa Rosada.

Maior jogador argentino da história, Maradona venceu a Copa de 1986, com a seleção argentina, quando protagonizou lances históricos como o gol da “mão de Deus”, contra a Inglaterra.

A luta contra a dependência química, durante maior parte da vida, também marcou a história de Maradona.

Nos clubes, o ídolo fez história no Boca Juniors e no Napoli – onde foi campeão italiano e da Uefa.

No Brasil, a rivalidade com Pelé, que renderia intermináveis discussões sobre quem seria o melhor jogador, tornou-se tema de muitas conversas sobre futebol.

Maradona, no entanto, sempre dizia que sua primeira inspiração no esporte era justamente um outro brasileiro: Roberto Rivellino, ídolo do Corinthians e do Fluminense.

Desde que parou de jogar, Maradona enfrentou problemas cardíacos, de peso e a luta contra o vício. Chegou a ser internado em Cuba para se desintoxicar, depois de quase ter morrido por overdose.

Atualmente, Diego era treinador do Gimnasia La Plata, da Série A argentina, depois de ter treinado equipes no México e em países árabes, além da seleção argentina na Copa de 2010.


Neymar é indicado ao prêmio de melhor do mundo da Fifa

Neymar é indicado ao prêmio de melhor do mundo da Fifa

Neymar está na lista de indicados ao “Fifa The Best”, prêmio da Fifa destinado aos melhores jogadores do mundo, anunciada nesta quarta-feira (25). O brasileiro se destacou na campanha que levou o Paris Saint-Germain ao vice-campeonato na Liga dos Campeões.

O principal adversário dele será Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, artilheiro do ano passado da Liga e na Bundesliga. Cristiano Ronaldo e Lionel Messi também estão entre os indicados, mas não figuram como favoritos.

Há outro brasileiro na lista: o goleiro Alisson, do Liverpool, concorre a melhor goleiro da temporada. Os vencedores serão escolhidos por voto popular e por um juri, formado por técnicos e jogadores. Por conta da pandemia, a premiação será virtual, no dia 17 de dezembro.

Há outro brasileiro na lista: o goleiro Alisson, do Liverpool, concorre a melhor goleiro da temporada. Os vencedores serão escolhidos por voto popular e por um juri, formado por técnicos e jogadores. Por conta da pandemia, a premiação será virtual, no dia 17 de dezembro.

Lista dos concorrentes ao prêmio de melhor do mundo:

  • Thiago Alcântara (ESP)

  • Cristiano Ronaldo (POR)

  • Kevin De Bruyne (BEL)

  • Robert Lewandowski (POL)

  • Sadio Mané (SEN)

  • Kylian Mbappé (FRA)

  • Lionel Messi (ARG)

  • Neymar (BRA)

  • Sergio Ramos (ESP)

  • Mohamed Salah (EGI)

  • Virgil van Dijk (HOL)

Prêmio Púskas

O uruguaio Arrascaeta está na lista dos concorrentes ao Prêmio Puskás, destinado ao gol mais bonito da temporada. O jogador do Flamengo foi indicado pelo gol de bicicleta marcado pelo rubro-negro na partida contra o Ceará, em 25 de agosto de 2019, pelo Brasileirão.

Concorrentes ao Puskás:

  • Shirley Cruz (CRC)

  • De Arrascaeta (URU)

  • Jordan Flores (ING)

  • André-Pierre Gignac (FRA)

  • Sophie Ingle (GAL)

  • Zlatko Junuzovic (AUT)

  • Hlompho Kekana (AFS)

  • Son Heungmim (COR)

  • Leonel Quiñónez (ECU)

  • Luis Suárez (URU)

  • Caroline Weir (ESC)


CSA supera expulsão no 1º tempo e vence o Operário-PR no Rei Pelé

CSA x Operário-PR, no Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

O CSA venceu o Operário-PR, por 1 a 0, nesta terça-feira, no Rei Pelé, pela 23ª rodada da Série B do Brasileiro. O gol do jogo foi marcado por Paulo Sérgio, em cobrança de pênalti, no segundo tempo. A partida teve ainda uma expulsão para cada lado: Rodrigo Pimpão levou o vermelho pelo Azulão, no fim da primeira etapa, enquanto o Fantasma teve Leandro Vilela expulso no lance que resultou no pênalti para o CSA. É a segunda vitória seguida do time alagoano, enquanto o Alvinegro perde a segunda consecutiva.

Como fica

O CSA sobe para a oitava posição, com 34 pontos, três abaixo do G-4 – quarto colocado, o Juventude joga logo mais contra o América-MG. Já o Operário-PR fica em 12º, com 29 pontos. Veja a classificação completa da Série B do Brasileiro.

O Operário-PR volta a jogar na sexta-feira, contra o Paraná Clube, às 19h15 (de Brasília), no Germano Krüger. Já o CSA entra em campo no sábado, contra a Ponte Preta, às 16h, novamente no Rei Pelé. As partidas são válidas pela 24ª rodada da Série B.

1º tempo

O primeiro tempo foi quente. O CSA ganhou dois presentes da defesa do Operário-PR. Aos três minutos, o goleiro Thiago Braga deixou escapar a bola na área e se redimiu em chute de Andrigo. Aos 11, Fabiano errou passe, Paulo Sérgio dominou na entrada da área, mas mandou por cima. O Fantasma também assustou. Aos sete, Ricardo Bueno bateu e viu o goleiro espalmar. Aos 22, o próprio Bueno arriscou de longe e mandou para fora. Aos 27, Matheus Mendes salvou em chute de Fabiano. O Azulão voltou a ameaçar aos 31, em batida cruzada de Paulo Sérgio. Aos 44, o CSA teve Pimpão expulso com um vermelho direto.

2º tempo

Com um a mais, o Operário-PR foi ao ataque e quase abriu o placar aos 14, em bomba de Tomas Bastos que acertou a trave. Aos 18, Ricardo Bueno mandou de cabeça, com perigo. Quem saiu na frente, porém, foi o CSA. Aos 22, Paulo Sérgio saiu na cara do goleiro e foi derrubado por Leandro Vilela, que foi expulso. O próprio Paulo Sérgio cobrou e balançou a rede para o Azulão. O gol esfriou o jogo. O CSA voltou a assustar só aos 36, em chute de Pedro Júnior que Thiago Braga pegou. O Operário-PR pressionou no fim. Aos 46, Lucas Batatinha mandou uma bomba que passou perto. Aos 48, Schumacher pegou a sobra na pequena área, mas jogou para fora.


Redes sociais


Whatsapp: 82 99641-3231

Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Tel: (82) 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey