82 99641-3231

Dinamarca x Austrália medem forças em busca de vaga no Grupo C, nesta quarta-feira (21), 9h no horário de Brasília

As seleções de Dinamarca e Austrália fazem, às 9h desta quarta-feira (21), no horário de Brasília, uma partida vital para o destino das duas equipes nesta Copa do Mundo. Os  dinamarqueses venceram a seleção do Peru na estreia e buscam agora encaminhar a classificação para a fase seguinte do Mundial, enquanto os australianos lutam para se reabilitar no torneio.

A Austrália foi derrotada por 2 a 1 pela França na sua estreia na Copa do Mundo, em jogo que ficou marcado pela  primeira vez em que o assistente de arbitragem de vídeo (VAR) foi utilizado em um Mundial. Em caso de derrota para a Dinamarca na Arena de Samara, os australianos dependerão de uma improvável combinação para alcançar a segunda posição do Grupo C.

“Apesar da derrota, a Austrália ganhou confiança após a partida contra a França e sabe que a vitória é imprescindível contra a seleção da Dinamarca. Para isso, a equipe vai em busca do ataque e concentrada para capitalizar suas chances”, relatou a jornalista Sarah Widera, que acompanha a equipe australiana.

Já os dinamarqueses ganharam confiança após vencerem a seleção do Peru na estreia e vão em busca de um feito inédito na história da seleção: vencer duas partidas seguidas em uma Copa do Mundo. Para isso, o time não contará com o meio-campista William Kvist, que quebrou duas costelas na partida contra a seleção peruana.

Apesar da ausência, a equipe europeia chega para o confronto contra a Austrália com um dado positivo ao seu favor: os dinamarqueses estão invictos há 16 jogos, tendo perdido pela última vez em outubro de 2016.

“Os dinamarqueses sabem que a vitória praticamente os garartirá na fase de mata-mata, e os australianos terão que batalhar para furar uma defesa que não sofre gols há cinco partidas. A ausência de Kvist trará do de cabeça para a equipe, que buscará recuperar o equilíbrio no meio de campo”, reportou Svend Frandsen ao site oficial da Fifa.

Ficha técnica de Dinamarca x Austrália (Grupo C)

Data: Quinta-feira, 21 de junho, às 9h (horário de Brasília)
Local: Arena de Samara
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)
Prováveis escalações:

Dinamarca – Schmeichel, Larsen, Christensen, Kjaer e Dalsgaard; Lasse Schone, Delaney, Eriksen e Sisto; Jorgensen e Yurary Poulsen. Técnico: Åge Hareide.

Austrália – Ryan, Behich, Milligan, Sainsbury e Josh Risdon; Mooy, Tom Rogic, Jedinak e Kruse; Tomi Juric, Mathew Leckie. Técnico: Bert van Marwijk.


Diego Costa garante vitória da Espanha contra o Irã na Copa do Mundo

A Espanha venceu sua primeira partida na Copa do Mundo Rússia 2018, contra o Irã  por 1 a 0 na Kazan Arena, pela segunda rodada do Grupo B, gol de Diego Costa.

Durante todo o primeiro tempo, os espanhóis dominaram o controle da bola, porém não ultrapassaram o bloqueio iraniano formado por todos os jogadores de linha na entrada da área. David Silva foi quem mais tentou, mas sem conseguir mexer no placar até o fim da primeira metade.

O segundo tempo começou mais agitado, com a Espanha mais incisiva e obrigando o goleiro Beiranvand a trabalhar. Até que Diego Costa recebeu dentro da área, girou e, quando iria ser desarmado por Rezaeian, a bola rebateu no seu joelho e entrou no canto do gol. Foi o terceiro gol de Costa no Mundial, que o empata na segunda colocação da artilharia com Cheryshev, um atrás de Cristiano Ronaldo. O Irã ameaçou no restante do jogo, tendo um gol anulado de forma correta pelo VAR e criando chances que assustaram De Gea, mas sem mexer no placar.

Com a vitória, a Espanha divide a liderança do grupo com Portugal, ambos com quatro pontos. Atrás, o Irã tem três e o Marrocos, zero. Os iranianos voltam a campo contra Portugal no próximo dia 25 de junho, no mesmo horário que se enfrentam espanhóis e marroquinos.


Espanha enfrenta o Irã nesta quarta-feira, às 15h horário de Brasília

Buscando a primeira vitória na Copa do Mundo Rússia 2018, a Espanha enfrenta o Irã nesta quarta-feira, às 15h (horário de Brasília), na Kazan Arena, pela segunda rodada do Grupo B. O EL PAÍS faz a cobertura ao vivo, minuto a minuto.

Protagonistas do melhor jogo da competição até aqui, os espanhóis empataram com Portugal por 3 a 3 na primeira rodada, com três gols de Cristiano Ronaldo. Já os iranianos saíram na frente no grupo ao vencer o Marrocos por 1 a 0, gol contra de Bouhaddoz já nos acréscimos da etapa final.


Gol de Suárez garante Uruguai nas oitavas de final da Copa do Mundo

Mais um placar magro. E mais uma vitória uruguaia. Com seu segundo 1×0 nesta Copa do Mundo, a seleção do Uruguai garantiu passagem para a segunda fase do torneio.

Quem também se classificou para as oitavas de final foi a Rússia, outra seleção que ganhou suas duas partidas no Grupo A — que tem também os dois primeiros eliminados, Egito e Arábia Saudita.

Coube ao artilheiro Luís Suárez garantir a vitória desta quarta-feira contra os sauditas. Em um jogo equilibrado, o atacante precisou de uma falha do goleiro Al-Owais para balançar a rede.

O porteiro saudita saiu mal para cortar cruzamento e deixou o gol aberto para o atacante do Barcelona, que só escorou a bola para as redes aos 23 minutos do primeiro tempo.

O jogo não teve mais grandes emoções, com exceção de boa defesa de Al-Owais que travou chute de Cavani aos 39 minutos do segundo tempo. Os sauditas conseguiram, contudo, apagar a péssima impressão deixada na estreia contra a Rússia, perdida por 5×0. Trabalharam a bola melhor que os uruguaios, mas sem ameaçar o goleiro Muslera. Agora, Uruguai e Rússia decidem o primeiro lugar do Grupo A na última rodada.


Uruguai mede forças com a Arábia Saudita nesta quarta-feira, às 12 horas de Brasília

Em um jogo que caminha para ser tranquilo o Uruguai mede forças com a Arábia Saudita nesta quarta-feira, às 12 horas (de Brasília), na Arena Rostov, em Rostov, na Rússia, em choque válido pela segunda rodada do Grupo B da Copa do Mundo.

A Celeste estreou vencendo o Egito por 1 a 0 com um gol no fim do jogo, porém, suficiente para lhe dar três pontos. Já os árabes juntam os cacos após a goleada de 5 a 0 sofrida para a Rússia na estreia. Um novo tropeço representa mais uma eliminação antecipada.

Óscar Tabárez, treinador do Uruguai, quer ver seu time mais atuante em campo. Para ele o jogo contra a Arábia precisa ser um marco na campanha neste Mundial.

“Temos que trabalhar pensando em ganhar o jogo, mas também apresentando um futebol melhor do que o visto no primeiro jogo. Temos que ser mais protagonistas em campo, impondo o nosso estilo”, disse Tabárez.

Mesmo com o triunfo na estreia, Tabárez vai promover duas mudanças para melhorar o desempenho da equipe no quesito criatividade. Carlos Sánchez e Cristian Cebolla Rodríguez ganham uma oportunidade entre os titulares, respectivamente, nas vagas de Nahitan Nández e de Giorgian De Arrascaeta, que é jogador do Cruzeiro.

Pelo lado da Arábia Saudita, o clima é de decepção. O técnico argentino Juan Antonio Pizzi falou em vergonha após o revés contra a Rússia e os jogadores se desculparam publicamente. Fala-se em punição no retorno do time ao país.

O treinador não antecipou a escalação, mas, em meio a poucas opções, vai manter a base. A ordem é acreditar em uma reviravolta.

“No futebol não existe o impossível. Temos dois jogos importantes, a começar por este contra o Uruguai, e temos que ir a campo pensando em ganhar. A luta será grande e a entrega em campo também” disse o meia Al-Jassim.

Pelo regulamento da Copa do Mundo, as seleções se enfrentam dentro de seus respectivos grupos em turno único. Ao fim, as duas melhores colocadas avançam para as oitavas de final, enquanto que as demais voltam para casa.

 

FICHA TÉCNICA
URUGUAI X ARÁBIA SAUDITA

Local: Arena Rostov, em Rostov (Rússia)
Data: 20 de junho de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 12h(de Brasília)
Árbitro: Clemente Turpin (França)
Assistentes: Nicolas Danos (França) e Cyril Gringore (França)

URUGUAI: Fernando Muslera; Guillermo Varela, Diego Godín, José Maria Giménez e Martín Cáceres; Rodrigo Bentancur, Matías Vecino, Carlos Sánchez e Cristian Cebolla; Luis Suárez e Edinson Cavani
Técnico: Óscar Tabárez

ARÁBIA SAUDITA: Al-Muaiouf; Al-Burayk, Osama Hawsawi, Omar Hawasawi, Al-Muwallad e Al-Shahrani; Al-Faraj, Al-Jassim, Al-Dawsari e Al-Shehri; Al-Sahlawi
Técnico: Juan Antonio Pizzi


Médico da Seleção garante Neymar no treino de quarta

O médico da Seleção Brasileira , Rodrigo Lasmar, assegurou que Neymar terá condições de participar do treinamento da Seleção Brasileira, que será fechado para a imprensa, nesta quarta-feira. O jogador deixou a atividade desta terça mancando em Sochi . Segundo Lasmar, o atacante sentiu dores no tornozelo devido às faltas sofridas no jogo de estreia na Copa contra a Suíça e fará um trabalho de fisioterapia.

” Neymar se queixou de dores no tornozelo em decorrência do número de faltas sofridas contra a Suíça. Como o treino era regenerativo para os titulares, foi encaminhado para a fisioterapia. Fica lá hoje (terça) e amanhã (quarta-feira) de manhã, treinando amanhã à tarde”, afirmou o médico Rodrigo Lasmar em publicação no Twitter da CBF.

Nesta terça, Neymar exibiu reações durante o pouco período em que permaneceu em campo que levantaram preocupações sobre a sua condição física, algo que ocorre desde que ele operou o pé direito, em março. Após um aquecimento ao lado dos demais jogadores convocados por Tite para a Copa, o atacante passou a participar de uma roda de bobinho com um grupo reduzido de companheiros. Ele parecia sentir incômodo na região do pé praticamente a cada toque na bola, quase sempre pisando o solo na sequência. E, depois de um desses momentos, precisou abandonar o trabalho.

A cirurgia

Neymar passou por cirurgia no quinto metatarso do pé direito no em março, em Belo Horizonte, exatamente com Lasmar, após se lesionar quando estava em ação pelo PSG. O atacante retornou aos gramados nos amistosos preparatórios da seleção para a Copa do Mundo, no início de junho, e atuou pela primeira vez por 90 minutos na estreia do Brasil na competição, no último domingo, no empate por 1 a 1 com a Suíça, na Arena Rostov.

Naquela oportunidade, sofreu dez faltas e mancou em alguns momentos, ainda que não tenha recebido atendimento médico dentro de campo e nem sido substituído. E esse problema o afastou do primeiro treinamento da equipe após esse compromisso e seria a razão da saída da atividade desta terça, de acordo com a CBF. Mas a entidade assegura que ele estará em campo na quarta-feira e também no confronto com a Costa Rica, sexta-feira, pela segunda rodada do Grupo E da Copa, em São Petersburgo.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey