82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Idoso de 78 anos passa mal e morre enquanto subia ladeira em Palmeira dos Índios.

Idoso de 78 anos passa mal e morre enquanto subia ladeira – Imagem ilustrativa

Um homem identificado como Nelson Costa da Silva, de 78 anos, morreu no início da tarde de ontem, quarta-feira (01), enquanto subia uma ladeira no bairro Palmeira de Fora, em Palmeira dos Índios.

Segundo testemunhas, Nelson Costa estava em um local conhecido como “pedreiras”, subindo uma ladeira e empurrando sua bicicleta, quando passou mal e caiu. Uma equipe do SAMU foi acionada e ao chegar ao local constatou o óbito.

A polícia civil foi informada para que as devidas providências fossem tomadas. O corpo de Nelson foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.


Operação integrada do BPRV, ADEAL e SEFAZ apreende 3 cargas de frangos sem a documentação necessária.

Operação integrada do BPRV, ADEAL e SEFAZ – Foto: BPRv

Durante a madrugada desta quinta-feira (02), o BPRv em operação integrada com a ADEAL e SEFAZ, realizou operações volantes em diversos pontos do alto sertão alagoano e agreste, com o objetivo de fiscalizar o transporte de Frangos sem certificações sanitárias e sem notas fiscais.

No município de Santana do Ipanema por volta das 00h30m foi abordado um caminhão oriundo do Estado de Pernambuco que transportava cerca de 1000 frangos vivos sem as certificações sanitárias e sem nota fiscal, o veículo foi conduzido para o posto fiscal da ADEAL de Palmeira dos Índios, algum tempo depois nas proximidades do município de Igaci, por volta das 02:30 da madrugada, mais dois caminhões foram apreendidos nas mesmas situações e encaminhados para o posto fiscal do BPRv de Arapiraca. Transportando 1200 e 924 aves respectivamente.

A apreensão totalizou cerca de 3.124 frangos sendo transportados sem as certificações sanitárias e sem as devidas notas fiscais. Os procedimentos cabíveis estão sendo realizados nesse momento pela ADEAL e SEFAZ. Onde também estão averiguando se essas aves estão em condições para o consumo humano.

Operação integrada do BPRV, ADEAL e SEFAZ – Foto: BPRv

Transportar frangos sem as certificações sanitárias e sem nota fiscal vem se tornando uma prática costumeira e nociva, a polícia vem fechando o cerco para que essas pessoas se conscientizem. Os caminhoneiros deverão estar de posse das Guias de Transporte Animal (GTA), certificações sanitárias bem como as notas fiscais para que possam seguir viagem de forma tranquila.

 


Hospital Regional Santa Rita implanta UTI Virtual para auxiliar no tratamento do COVID-19

Hospital Regional Santa Rita implanta UTI Virtual para auxiliar no tratamento do COVID-19 – Foto: Assessoria 

O Hospital Regional Santa Rita e Maternidade Santa Olímpia – Palmeira dos Índios/AL, conta com um projeto inovador para auxiliar no tratamento aos pacientes com COVID-19. A implantação da “UTI Virtual” pode ser considerada um avanço, onde a telemedicina possibilita que uma equipe multiprofissional do HRSR consiga debater o caso do paciente junto aos profissionais do Hospital do Coração em Maceió.

Isso tudo em um ambiente virtual onde se consegue anexar todos os dados do paciente como, por exemplo, os exames realizados, a evolução, a prescrição, entre outras informações, sendo ainda possível fazer vídeoconferência com os profissionais na central do HCOR, onde eles centralizam os avanços das instituições.

De acordo com Gustavo Prado – Analista de Tecnologia da Informação (TI) do HRSR, a instituição possui um “Kart” (computador móvel) com webcam e som que pode transitar entre os setores. Então, caso haja a necessidade de um médico à distância, verificar um paciente, observar algum painel, monitor, ou auxiliar na parametrização de algum equipamento, esse “Kart” consegue entrar na UTI e os profissionais de Maceió podem ter acesso ao paciente do HRSR e, assim, auxiliar no que for necessário.

O Hospital conta com um ambiente virtual, como se fosse um fórum de discussão, onde é feito o cadastro do paciente, sendo disponibilizado todo o seu histórico e, a partir daí, tanto a equipe do HRSR quanto os profissionais de diversas especialidades do Hospital do Coração, conseguem debater o caso clínico do paciente. Isso com base no que vem acontecendo no mundo inteiro.

“Estou muito contente com a adesão da equipe médica ao uso das ferramentas que nós disponibilizamos no Santa Rita. Se com tecnologia nós conseguirmos ajudar a salvar a vida de uma pessoa, já terá valido muito apena. Aproveito para agradecer e destacar também o trabalho da nossa equipe de TI, composta por Lucas Araújo, Monique Canuto, Orlando César, Leonardo Leite e Elisabete Barros. Sem esse engajamento, dedicação e profissionalismo nada disso seria possível”, destaca Prado.

Hospital Regional Santa Rita implanta UTI Virtual para auxiliar no tratamento do COVID-19 – Foto: Assessoria 

Como funciona?

O Analista de TI do Santa Rita continua explicando que “O projeto conta com um link exclusivo de internet para manter e fazer funcionar essas vídeoconferências 24 horas por dia. Além desse link, o Santa Rita conta com mais três links de internet do próprio hospital. Então, nós temos várias redundâncias e a chance do trabalho parar se torna muito pequena, já que temos quatro provedores de internet prestando serviço ao mesmo tempo.

Para que haja essa possibilidade nós teríamos que perder essas quatro conexões, e seria inacreditável se acontecesse. A muito tempo que nós não temos problemas de “DownTime”, então nós conseguimos manter a estrutura funcionando perfeitamente o tempo todo. O “Kart”, além de funcionar com energia ainda tem uma autonomia de pouco mais de 2 horas de duração. Sendo assim, caso haja necessidade de arrastá-lo até o leito, será feito de forma tranquila”, explica.

Hospital 100% informatizado

De acordo com a Diretora Médica do HRSR – Dra. Tecla Maria Tenório – o Hospital Regional Santa Rita é 100% informatizado. Toda parte de interação médica, tudo o que acontece com o paciente é registrado eletronicamente com o PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente), a evolução, a anamnese, AIH, sinais vitais, enfim, tudo é registrado na ferramenta, facilitando e auxiliando o médico para tomar a decisão em tempo hábil, já que em cliques, ele pode ter acesso a todas as informações sobre o paciente que está na instituição.

O Provedor do HRSR – médico Pedro Gaia finaliza informando que “Em Alagoas temos 6 hospitais que estão participando desse projeto de UTI Virtual. Se acontece alguma descoberta em algum dos outros hospitais, de certa forma nós também seremos beneficiados. Assim como, se conseguirmos algo de novo, os outros também serão informados, porque todos estão interligados com o Hospital do Coração, compartilhando e se auxiliando. Temos um ambiente virtual que funciona como um fórum onde os profissionais debatem o caso do paciente e nesse ambiente existe a possibilidade de se fazer a vídeo chamada nesse computador móvel disponibilizado por meio do projeto do HCOR. Enfim, estamos buscando ferramentas que nos ajude a salvar vidas e a tecnologia se torna fundamental nesse processo”.

 

Por: Roberta Sampaio – Assessoria HRSR


Palmeira tem 421 casos confirmados e 374 recuperados de Covid-19

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mantém atualizadas as últimas notícias sobre o novo coronavírus. Nesta quarta (1), na UPA há 07 leitos vagos na UCI e 01 leito de Observação Clínica vago; UTI  e Clínica Médica estão com todos os leitos ocupados. A SMS pede que a população colabore, ficando em casa e saindo apenas em situação emergencial, fazendo uso de máscara, álcool em gel ou 70% e mantendo as medidas sanitárias.

VIGILÂNCIA EM SAÚDE

A Vigilância em Saúde informa que, até hoje, tem 72 casos monitorados, 421 casos confirmados, 11 casos suspeitos, 1.160 casos descartados, 19 óbitos confirmados, 17 pessoas hospitalizadas e 1.483 testes realizados.

CENTRO DE TRIAGEM E TESTAGEM (CTT)

Hoje foram feitos 21 testes, onde 02 foram positivos e 19 negativos.

REGULAÇÃO/OCUPAÇÃO DE LEITOS DE UCI E UTI

UCI UPA: 01 leito vago na Observação Clínica e 07 leitos vagos na UCI.

UTI Hospital Santa Rita: todos os leitos estão ocupados.


Carro roubado com placa de Pernambuco é abandonado em Taquarana

Foto: Cortesia/PM

Um suspeito fugiu da polícia e abandonou um carro com queixa de roubo em uma área de mata, na tarde desta quarta-feira, 01, na AL 110, em Taquarana.

De acordo com informações da polícia, os agentes do Centro Integrado de Segurança Pública estavam se deslocando para averiguar uma denúncia de ameaça. No percurso, os militares notaram um veículo, modelo Astra, de placa PEZ-5532, de Cabo de Santo Agostinho (PE), sendo conduzido perigosamente.

Ao notar que a guarnição estava se aproximando, o condutor abandonou o veículo e fugiu da polícia. Após consulta no sistema da polícia, foi constatado que a placa era inconsistente com os dados do chassi e que o veículo havia sido roubado.

 O carro foi levado para a Central de Polícia de Arapiraca, onde foi lavrado o Auto de Apreensão.

Castramóvel inicia serviços de castração em Palmeira dos Índios

Castramóvel inicia serviços de castração em Palmeira dos Índios – Foto: Assessoria

O serviço de castramóvel, ligado ao setor de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira dos Índios, iniciou na manhã de hoje (01) o serviço de castração. Inicialmente, as castrações são apenas em animais resgatados pela ONG APAPI. A unidade móvel recebeu hoje cerca de 30 cães para castração. Após o período de recuperação, esses animais estarão prontos para a adoção responsável.

O médico veterinário Paulo Wianês, responsável pela unidade, comemora o início do trabalho. “Hoje vamos receber aqui 30 cães, que estão sob a tutela da APAPI. Depois de recuperados, eles poderão ser adotados. Alguns cães estão doentes, então é preciso esperar que se recuperem para que possamos fazer o procedimento cirúrgico. A castração é uma forma de controlar a taxa de natalidade, e assim, fazer com que as pessoas fiquem com os cães, que não se preocupem com os ciclos de cio, evitando assim, o aumento populacional de animais nas ruas. Cuidar desses animais é uma forma de cuidarmos da saúde do animal e cuidar do meio ambiente também”, pontua Paulo.

A fim de evitar aglomeração, somente após a pandemia, pessoas que são cadastradas em programas federais poderão se cadastrar para castrar seus animais. Por enquanto, o serviço está centrado apenas nos cães e gatos resgatados pela APAPI e, posteriormente, nos animais que vivem em situação de rua.

Castramóvel inicia serviços de castração em Palmeira dos Índios – Foto: Assessoria

Redes sociais


Whatsapp: 82 99641-3231

Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Tel: (82) 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey