82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Dois casos de violência domestica foram registrados na tarde de ontem (5), em Palmeira dos Índios.

Dois casos de violência domestica foram registrados na tarde de ontem (5), em Palmeira dos Índios – ilustração

Dois homens foram detidos na tarde de ontem, quarta-feira (5), após serem acusados de praticar violência domestica, os casos ocorreram nos bairros Ribeira e São Cristóvão, em Palmeira dos Índios.

O primeiro caso foi registrado às 16h40m, onde a polícia foi acionada para uma ocorrência de vias de fato na Rua Francisco Manoel Pinto, no bairro Ribeira. Chegando ao local foi constatado que se tratava de violência doméstica.

A vítima, de 35 anos, relatou que seu companheiro, de 26 anos, havia a ameaçado com uma faca. Ao perceber a chegada da viatura o indivíduo se evadiu do local, porém após buscas conseguiu ser capturado e foi conduzido.

Já o segundo caso foi registrado às 17 horas, onde a guarnição de Rádio Patrulha foi acionada para uma ocorrência de suposta ameaça na Rua Pedro Soares da Mota, bairro São Cristóvão. Chegando ao local a vítima relatou que seu companheiro havia a ameaçado de morte e que também havia quebrado vários bens de sua residência.

Nos dois casos, as partes envolvidas foram conduzidas à 5ª Delegacia Regional de Polícia de Palmeira dos Índios (5ª DRP) para os devidos procedimentos.


Palmeira: Homem é detido por posse ilegal de arma de fogo e por manter em cativeiro espécie da fauna silvestre.

homem de 36 anos foi detido na manhã de hoje, quinta-feira (06) – Foto: 10º BPM

Um homem de 36 anos foi detido na manhã de hoje, quinta-feira (06), por posse ilegal de arma de fogo e manter em cativeiro espécie da fauna silvestre, no povoado Lajes do Caldeirão, zona rural de Palmeira dos Índios.

Uma guarnição de Rádio Patrulha recebeu uma denúncia via 190 onde relataram que um indivíduo sempre ingeria bebida alcoólica e ameaçava seus vizinhos com uma espingarda, no povoado Lajes do Caldeirão. Chegando ao endereço informado, foi visualizado na porta da residência um pássaro silvestre, em seguida o dono do imóvel foi chamado e sua esposa atendeu.

Questionada se seu esposo possuía alguma arma de fogo, a mulher afirmou que ele tinha uma arma de fogo em seu quarto e outra no quintal, logo a mesma pegou ambas as espingardas e entregou a guarnição.

Pouco tempo depois o acusado chegou na residência e confirmou ser dono das espingardas. Sobre o pássaro, o homem afirmou pertencer a um sobrinho.

O indivíduo juntamente com o material apreendido foi conduzido à delegacia para os procedimentos cabíveis.


Corpo de menina é encontrado com sinais de abuso sexual em cima de residência no sertão alagoano

Corpo de menina é encontrado com sinais de abuso sexual em cima de residência no sertão alagoano – Foto: Redes Sociais

Um caso de estupro de vulnerável seguido de homicídio foi registrado na manhã desta quinta-feira, 06, na Rua José Rodrigues Melo, na cidade de Maravilha, Sertão de Alagoas.

De acordo com informações do 7º Batalhão da Polícia Militar, o corpo da criança, que tem entre 5 e 6 anos, foi encontrado com vários machucados e sinais de abuso sexual, dentro de um saco de lixo em cima da casa do suspeito. Pelo estado do corpo, a violência contra a menina ocorreu durante a noite de ontem, quarta-feira (05).

Ainda segundo a polícia, o autor do crime foi preso em flagrante, dentro da residência, e levado para a Delegacia de Santana do Ipanema. Populares repassaram para a guarnição que este é o segundo crime de estupro cometido pelo suspeito.

O caso gerou revolta na comunidade que depredou a residência do autor do crime.

 

 

 

Por: Já é Notícia


Secretário de Transportes de SP é preso em operação da Polícia Federal contra irregularidades na Saúde

Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes Metropolitanos de São Paulo, em imagem do período em que era ministro de Temer — Foto: Neto Talmeli/Prefeitura de Uberaba

A força tarefa da Lava Jato prendeu, nesta quinta-feira (6), Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes Metropolitanos de SP, por suspeita de fraudes na Saúde. Outras duas pessoas foram presas, entre elas um pesquisador da Fiocruz, Guilherme Franco Netto.

As prisões do secretário e do pesquisador são temporárias. O prazo é de cinco dias, mas pode ser prorrogado.

As prisões são parte da Operação Dardanários, contra desvios na Saúde no Rio de Janeiro e em São Paulo, envolvendo órgãos federais. A PF afirma que identificou “conluio entre empresários e agentes públicos, que tinham por finalidade contratações dirigidas”.

Resumo:

  • Alexandre Baldy, que foi deputado federal por Goiás e ministro das Cidades no governo do ex-presidente Michel Temer, é apontado por atos suspeitos antes de assumir a pasta no governo de São Paulo.

  • Segundo a investigação, Baldy usou da influência dos dois cargos para intermediar contratos, sobre os quais ganharia um percentual.

  • A TV Globo apurou que, entre os contratos investigados, estão o de Organizações Sociais (OSs) com o Hospital de Urgência da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (Hurso), em Goiás; com a Junta Comercial Goiana e com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa/Fiocruz).

  • Baldy ainda teria oferecido vantagem a um colaborador para não entregar o esquema.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) divulgou nota em que ressalta que “a operação não tem relação com a atual gestão do Governo de São Paulo!”.

“A STM colaborou junto à PF enquanto estiveram no prédio. Após as buscas, nenhum documento ou equipamento foi levado pela Polícia Federal”, disse.

R$ 90 mil apreendidos em cofres

Até a última atualização desta reportagem, a PF não havia esclarecido qual o período exato em que as irregularidades teriam sido cometidas e nem qual era a participação do pesquisador da Fiocruz.

Em endereço ligado a Baldy em Brasília, foram apreendidos R$ 90 mil em dois cofres.

Baldy é, atualmente, responsável pelo metrô paulistano e pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Ele foi preso em casa, no bairro dos Jardins, mas, até por volta de 10h, a PF e a assessoria do secretário disseram que Baldy ainda estava na residência.

O pesquisador da Fiocruz Guilherme Franco Netto foi preso em Petrópolis, na Região Serrana do RJ. O terceiro alvo de mandado de prisão seria uma pessoa que trabalhou com Baldy em Brasília e em São Paulo, mas o nome dele não foi divulgado e ele ainda não foi encontrado pela PF, segundo informações da GloboNews.

Seis mandados de prisão e 11 de busca e apreensão

O juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do RJ, expediu seis mandados de prisão e 11 de busca e apreensão em Petrópolis (RJ), São Paulo, São José do Rio Preto (SP), Goiânia e Brasília.

A operação desta quinta é um desdobramento das investigações realizadas no âmbito das operações Fatura Exposta, Calicute e SOS.

Os suspeitos responderão pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Segundo a PF, dardanários são “agentes ‘de negócios’, atravessadores que intermediavam as contratações dirigidas”.


Homem é morto a tiros e mulher fica ferida na Barra de Santo Antônio, AL

Homem é morto a tiros e mulher fica ferida na Barra de Santo Antônio, AL

Um homem foi assassinado a tiros e uma mulher ficou ferida na noite de quarta-feira (5), na Barra de Santo Antônio, em Alagoas.

De acordo com militares da 3ª Companhia, o casal estava dentro de casa quando dois criminosos chegaram em uma moto de cor preta, invadiram o local e fizeram os disparos.

Romildo da Silva, 49 anos, foi atingido no rosto, tronco e pernas e morreu no local. A sua mulher, Josilene Marques da Silva, 51 anos, foi baleada no braço e foi socorrida.

Estiveram no local equipes do Instituto de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) que fizeram perícia e recolheram o corpo da vítima.


Após denúncia, polícia localiza residência usada por casal para vender drogas

Após denúncia, polícia localiza residência usada por casal para vender drogas – Foto: ilustração

Uma investigação da Delegacia de Narcotráfico (DNARC) terminou com a prisão de um casal acusado de traficar drogas, no bairro do Ouro Preto em Maceió. O homem e a mulher foram presos na noite desta terça-feira (04) em flagrante por policiais militares.

De acordo com a polícia, o casal estava sendo investigado e foi denunciado sobre a grande quantidade de drogas que eles tinham dentro do imóvel. Após buscas, os militares conseguiram localizar os seis quilos de maconha, que seriam vendidos.

Os dois acusados não tiveram nomes divulgados e foram levados para a sede da Delegacia de Narcotráfico (DNARC), onde prestaram depoimento. A polícia vai investigar de outras pessoas estão envolvidas no mesmo crime.


Redes sociais


Whatsapp: 82 99641-3231

Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Tel: (82) 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey