82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Bolsonaro anuncia que professores da educação básica terão reajuste no piso salarial

Bolsonaro anuncia que professores da educação básica terão reajuste no piso salarial

O presidente Jair Bolsonaro anunciou agora à tarde, pelo Twitter, reajuste de 33,24% no piso salarial dos professores da educação básica. “É com satisfação que anunciamos para os professores da educação básica um reajuste de 33,24% do piso salarial. Esse é o maior aumento já concedido pelo governo federal , desde o surgimento da Lei do Piso”, afirmou. Em 2022, o valor será corrigido e o piso da categoria será de R$ 3.845,63.

O aumento leva em consideração o valor, por aluno, pela variação da inflação nos últimos dois anos, conforme prevê a Lei do Magistério. Segundo o presidente, mais de 1,7 milhão de professores de estados e municípios, que lecionam para mais de 38 milhões de alunos nas escolas públicas, serão beneficiados.

 


Alunos da Rede Pública Estadual vacinados receberão bolsa retorno de R$ 500

Alunos da Rede Pública Estadual vacinados receberão bolsa retorno de R$ 500

Os alunos do ensino médio regular e do EJA Médio (Educação de Jovens e Adultos) da rede pública estadual que retornarem às aulas do ano letivo de 2022 receberão uma bolsa retorno do Cartão Escola 10 no valor de R$500,00. Mas a categoria de incentivo vem com uma nova condicionante: os estudantes precisam estar com o ciclo vacinal completo. A novidade foi compartilhada pelo secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, através de suas redes sociais.

“A bolsa retorno do Cartão Escola 10 vai estar de volta para o ano letivo de 2022, agora de cara nova. Todo aluno do ensino médio e do EJA Médio da rede pública estadual que retornarem às aulas presenciais em fevereiro, terão direito a receber a bolsa. Desta vez, só receberão o incentivo aqueles que estiverem com o ciclo vacinal completo contra a covid-19. Essa é mais uma medida que busca incentivar a imunização de todos da comunidade escolar e, dessa forma, garantimos também um ano letivo 100% presencial com ainda mais segurança”, afirma.

O impacto na vida social que o benefício do cartão traz à vida do estudante também foi destacado pelo secretário. “Além disso, a bolsa dá aos nossos alunos um complemento de renda importante para que eles invistam ainda mais na sua formação, qualidade de vida e conforto. O cartão escola 10 é o maior programa de combate à evasão escolar do país e, com o empenho do governador Renan Filho, seguiremos beneficiando milhares de estudantes”, complementou Rafael Brito.

A apresentação do comprovante de vacinação será feita ao gestor da unidade escolar. Assim que o aluno tiver o ciclo vacinal completo, a informação será inserida no sistema e o estudante é beneficiado com o pagamento. As aulas do ano letivo de 2022 iniciam no próximo dia 07 de fevereiro em todas as escolas da rede pública estadual, seguindo todos os protocolos de distanciamento social, assim como higienização das unidades.

Cartão Escola 10

O programa Cartão Escola 10 manterá os mesmos benefícios para o ano letivo de 2022. São três bolsas para os estudantes do ensino médio e do EJA Médio, a de Retorno, que contempla o estudante com um pagamento único de R$ 500,00 mediante a apresentação do ciclo vacinal completo; a de Conclusão, que premia os estudantes concluintes do ensino médio com R$ 2 mil; e a de Permanência, que mensalmente repassa o valor de R$100 aos alunos com frequência igual ou superior a 80% das aulas. Os benefícios podem ser cumulativos.


Inep confirma realização do Enem 2022 nos dias 13 e 20 de novembro

enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) confirmou hoje (21) a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2022 nos dias 13 e 20 de novembro. Já o exame para pessoas privadas de liberdade, o Enem PPL, será realizado nos dias 13 e 14 de dezembro.

Além do Enem, o Inep também apresentou o calendário de outros exames, como o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2022 e Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), assim como de exames internacionais.

Revalida
A primeira etapa da primeira edição do Revalida será realizada no da 6 de março e a segunda etapa nos dias 25 e 26 de junho. Já a segunda edição do Revalida está previsto para o dia 7 de agosto (primeira etapa), com a segunda etapa ocorrendo nos dias 3 e 4 de dezembro.

O Revalida é composto por uma etapa teórica e outra etapa prática que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Aplicado desde 2011, o exame tem por objetivo subsidiar a revalidação, no Brasil, de diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame avalia as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Encceja
O Encceja está marcado para o dia 28 de agosto. O exame serve para conceder o diploma de conclusão do ensino fundamental ou médio para jovens e adultos que não conseguiram obter a certificação na idade adequada. O Encceja para as pessoas privadas de liberdade ocorrerá nos dias 11 e 12 de outubro.

Para quem mora no exterior, o Encceja será aplicado no dia 18 de setembro. As pessoas privadas de liberdade no exterior poderão realizar o exame (Encceja exterior PPL) no período de 19 a 30 de setembro.

Enade
O Enade está marcado para o dia 27 de novembro. A prova é usada como instrumento de avaliação do ensino superior brasileiro. Este ano, o Enade será composto por uma prova com 40 perguntas.

O conteúdo é dividido entre dez questões de formação geral, com temas comuns a todos os cursos, e 30 questões de componente específico, com perguntas próprias de cada área. No total, são cinco questões discursivas e 35 de múltipla escolha. Os estudantes terão quatro horas para realizar a prova.

Exames internacionais

Já a aplicação do exame do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) será realizada no período de 11 de abril a 31 de maio. O Pisa é referência mundial, em termos de avaliação de estudantes.

Outro exame internacional, o International Civic and Citizenship Education Study (ICCS) terá a aplicação teste no período de 17 a 30 de maio de 2022, com a aplicação principal no período de 12 a 30 de setembro de 2022.

O Inep também publicou o calendário de aplicação do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), que ocorrerá no período de 23 a 26 de maio de 2022. Aplicado em mais de 100 postos no Brasil e no exterior, o exame é voltado para permitir a comprovação oficial da proficiência em Língua Portuguesa.


Alunos de escolas estaduais de Alagoas não vacinados contra Covid terão nomes enviados ao MP e conselhos tutelares

Alunos de escolas estaduais de Alagoas não vacinados contra Covid terão nomes enviados ao MP e conselhos tutelares

A Secretaria de Estado da Educação de Alagoas (Seduc) vai publicar uma portaria determinando que as escolas da rede estadual exijam o cartão de vacinação contra Covid dos estudantes para as aulas presenciais, que devem ser retomadas no dia 7 de fevereiro. Contudo, o estudante não vacinado não será impedido de assistir às aulas.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (20) pela Seduc, que explicou que a portaria será publicada no Diário Oficial do Estado nos próximos dias, mas não deu uma data exata. A exigência é para ter o controle de quem está imunizado e de quem não está.

“Aqueles que ainda não estejam vacinados terão seus nomes enviados ao Ministério Público de Alagoas (MP/AL), Conselho Tutelar e Secretarias Municipais de Saúde para que, juntos, os órgãos busquem o convencimento destes jovens e familiares sobre a importância da imunização”, diz trecho da nota da Seduc (leia nota na íntegra ao final do texto).

Após mais de um ano suspensas, as atividades presenciais na rede estadual de ensino foram retomadas de forma híbrida (50% presenciais e 50% online) em agosto de 2021. Três meses depois, foi autorizada a retomada das aulas 100% presenciais, seguindo protocolos sanitários de uso de máscara e higienização das mãos, objetos e ambientes.

Até então, não havia exigência de comprovante de vacinação para os estudantes, mas com o início da vacinação para crianças de 5 a 11 anos, o avanço da vacinação de adolescentes, e o aumento dos casos de Covid no estado, a orientação vai mudar para o ano letivo 2022.

Assim como as escolas estaduais, as escolas municipais e privadas de Maceió também vão cobrar o cartão de vacinação das crianças e adolescentes, mas apenas para efeito de controle. Segundo a Secretaria Municipal de Educação de Maceió, a medida foi uma sugestão do comitê executivo de combate à Covid e não haverá impedimento para acesso às aulas de quem não estiver vacinado.

Leia abaixo a íntegra da nota da Seduc

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que irá emitir nos próximos dias uma portaria que determina a solicitação do cartão de vacina a todos os alunos da rede estadual de ensino. Aqueles que ainda não estejam vacinados terão seus nomes enviados ao Ministério Público de Alagoas (MP/AL), Conselho Tutelar e Secretarias Municipais de Saúde para que, juntos, os órgãos busquem o convencimento destes jovens e familiares sobre a importância da imunização. Contudo, não haverá impedimento que nenhum estudante participe presencialmente das aulas, mesmo que não apresente o comprovante de vacinação.

O início do ano letivo de 2022 está mantido para 7 de fevereiro de forma 100% presencial, seguindo todos os protocolos sanitários adotados desde o retorno às atividades na rede pública estadual de Alagoas, em agosto de 2021.


Sisu e Prouni abrem inscrições em fevereiro; Fies, em março

Sisu e Prouni abrem inscrições em fevereiro; Fies, em março

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (18) o calendário de inscrições para os processos seletivos de ingresso ao ensino superior. Os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já podem se organizar para concorrer às vagas. A previsão é que os editais dos três processos seletivos sejam publicados no Diário Oficial da União ainda nesta semana.

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) poderão ser feitas do dia 15 ao dia 18 de fevereiro. Já o prazo de inscrição para o Programa Universidade para Todos (Prouni) será de 22 a 25 de fevereiro. E, no início de março, do dia 8 ao dia 11, poderão se inscrever os candidatos ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que este ano oferta 110.925 vagas.
O número de vagas disponíveis no Sisu e no Prouni será divulgado em breve, assim como os três editais contendo os cronogramas completos e todos os critérios dos processos seletivos de 2022.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, exclusivamente, pela internet. A classificação é feita com base na nota obtida na edição mais recente do Enem. Pode concorrer às vagas do Fies quem fez qualquer uma das edições do Enem a partir de 2010.

Programas

O Prouni oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser até 3 salários mínimos por pessoa.

Podem se inscrever no Prouni apenas estudantes brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

O Fies tem objetivo de conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. O programa é dividido em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Já o Sisu é o sistema informatizado do MEC, no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para estudantes participantes do Enem. Os candidatos com melhor classificação são selecionados.


Campus da Ufal em Maceió suspende atividades presenciais após surto de Covid

Foto: Reprodução

Após surto de Covid, o Campus A.C. Simões da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) suspendeu as atividades presenciais até o dia 23 de janeiro. Segundo a universidade, 33 funcionários estão com a doença. A informação foi divulgada nesta terça-feira (18).

De acordo a Ufal, os funcionários infectados precisam cumprir isolamento social para evitar a propagação do vírus.

Na segunda-feira (17), a universidade coletou exames de 24 funcionários, 18 testaram positivo para Covid. No dia 12 de janeiro, de 90 testes, 15 foram positivos. Os exames foram analisados pelo Laboratório Molecular Clínico (LMC), instalado no Campus Arapiraca.

A Ufal alerta sobre a importância da vacinação e reitera a obrigatoriedade do uso de máscara para todos que circulam pelo campus.

 


Redes sociais


Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

(82) 99641-3231


TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842

SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)

COMERCIAL:
(82) 99621-8806
(Dalmo Gonzaga)

© 2022 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey