Virada do ano em Palmeira dos Índios teve queima de fogos sem público e homenagem às vítimas do coronavírus

Foto: Assessoria

A tradicional queima de fogos, que acontece desde 2017 na virada do ano em Palmeira dos Índios, foi realizada de forma inédita: sem público e transmitida ao vivo pelas redes sociais oficiais da prefeitura e, também, pelo canal do município no YouTube.

O show pirotécnico durou mais de 12 minutos, aconteceu no Cristo Redentor, que fica no alto da Serra do Goiti, e contou com a participação luxuosa da Orquestra Municipal Graciliano Ramos.

Momentos antes da queima de fogos, o Governo Municipal fez uma emocionante homenagem às 58 vítimas da Covid-19 no município. Após a leitura do nome dos mortos pela doença, 58 profissionais dos coletes verdes, que trabalham na prevenção e combate à disseminação do vírus na cidade, soltaram, cada um, um balão branco de gás hélio, que representou as vítimas fatais do coronavírus em Palmeira dos Índios.

Esta foi a primeira vez na história do município que a prefeitura realizou a tradicional queima de fogos sem público e transmitida ao vivo pela internet. Tudo para evitar aglomeração, por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

“Não foi a festa que gostaríamos de fazer, mas não poderíamos deixar de receber 2021 com alegria e esperança de dias melhores, mesmo diante de tantas perdas que tivemos em 2020. Aprendemos muito a dar ainda mais valor aos momentos especiais, à família e aos amigos, mas também agradecemos a Deus por nossas vidas e cada conquista. Que 2021 seja um ano de paz, saúde e bênçãos divinas para todos nós”, desejou o prefeito Júlio Cezar.

Foto: Assessoria

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Deixe uma resposta