Usain Bolt testa positivo para novo coronavírus após participar de festa

Usain Bolt testa positivo para novo coronavírus após participar de festa

O ex-velocista Usain Bolt, aposentado em 2017, testou positivo para o novo coronavírus. O Ministério de Saúde da Jamaica confirmou o quadro de Bolt nesta segunda-feira (24), após o ex-atleta ter postado vídeo nas redes sociais dizendo que aguardava resultados.

Bolt, que bateu seguidos recordes de velocidade em sua carreira, completou 34 anos no último dia 21 de agosto e participou de uma festa com aglomeração e sem máscaras.

“Só para garantir, eu me coloquei em quarentena”, disse Bolt em mensagem nas redes sociais, que pareceu ter se gravado enquanto estava deitado na cama. Junto ao vídeo, ele postou uma legenda com a mensagem: “stay safe my ppl” (“permaneça em segurança, meu povo”, em tradução literal).

O único velocista a ganhar as medalhas de ouro dos 100m e 200m em três Olimpíadas consecutivas (2008, 2012 e 2016) disse que não tinha nenhum sintoma da Covid-19, a doença respiratória causada pelo novo coronavírus.

Bolt afirmou que fez o teste no sábado, um dia depois de comemorar seu aniversário em uma festa onde os foliões dançaram o hit “Lockdown” do cantor de reggae jamaicano Koffee.

“Melhor aniversário de todos”, disse Bolt em uma foto nas redes sociais dias atrás, na qual aparece segurando sua filha, Olympia, que nasceu em maio.

Os fãs desejaram a Bolt uma recuperação rápida nas redes sociais, embora alguns o acusassem de descuido.

Os casos diários do novo coronavírus confirmados na Jamaica aumentaram para mais de 60 por dia recentemente, um grande crescimento para uma média que era de cerca de 10 casos diários algumas semanas atrás. A Jamaica agora tem 1.612 casos confirmados, com 622 casos ativos e 16 mortes por coronavírus.


Deixe uma resposta