UFAL abre processo para apuração de tentativa de estupro no campus

Foto: Reprodução

Por meio de nota publicada pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) nesta sexta feira (30), a instituição esclarece que, após o relato de uma tentativa de estupro ocorrida com alunas no Campus A.C. Simões, em Maceió, já foi determinado a abertura de um processo para a apuração das denúncias, apesar da instituição não ter recebido nenhum registro formal do ocorrido.

Segundo informações, uma estudante de farmácia sofreu uma tentativa de estupro na Universidade, nesta quarta-feira (28), e teve seu relato sobre o fato ocorrido questionado pelos guardas do campus.

De acordo com a nota, o reitor Josealdo Tonholo determinou também abertura de processos para apuração das denúncias junto às instâncias da Ufal e órgãos externos competentes. O reitor solicita atenção para que não haja exposição indevida das pessoas envolvidas, com vistas à proteção da dignidade humana.

Ainda segundo a nota, foi determinado que a Pró-reitoria Estudantil tomasse as medidas necessárias para esclarecer os fatos junto à direção do Instituto de Ciências Farmacêuticas e que oferecesse, imediatamente, todo o apoio necessário para o acompanhamento psicossocial às estudantes envolvidas e seus familiares.


Deixe uma resposta