Turista é detida após agredir filho com deficiência na orla de Maceió

Turista é detida após agredir filho com deficiência na orla de Maceió

Integrantes da equipe Social do Programa Ronda no Bairro (PRB) atenderam uma ocorrência de uma mãe que agredia seu próprio filho, de 7 anos, com necessidades especiais, na orla de Maceió. Ao perceberem a situação, populares tentaram bater na mulher de 44 anos, situação que foi controlada pelos agentes de proximidade do PRB.

A mulher, que é confeiteira, estava acompanhada do marido, um professor universitário de 43 anos. Como a ocorrência envolve menor de idade, o Conselho Tutelar foi acionado e os envolvidos encaminhados para a Delegacia de Crimes Contra Crianças e Adolescentes (DCCCA), na Jatiúca. Segundo informações obtidas pelos agentes, a família é do município de São Carlos, em São Paulo, e chegou à capital alagoana na quinta-feira (13).

De acordo com populares, houve espancamento do menor, o que teria ocasionado a revolta e a tentativa de linchamento. Seguindo orientação do conselheiro tutelar responsável pela região, o casal e o filho foram encaminhados para a Delegacia de Crimes Contra Crianças e Adolescentes (DCCCA), na Jatiúca. As testemunhas abriram um Boletim de Ocorrência.

Por fim, a agressora foi conduzida para a Central de Flagrantes para realização de outros procedimentos cabíveis.


Deixe uma resposta