Suspeitos de tráfico de drogas e roubos são presos no Sertão de Alagoas

imagem ilustrativa

Uma pessoa morreu e outras três foram presas durante o cumprimento de mandados em duas operações da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) no Sertão de Alagoas.

As operações Gold e Arapuca cumprem 13 mandados de busca e apreensão nos municípios de Maravilha e Ouro Branco, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital nesta quarta-feira (20).

Foram expedidos sete mandados de busca e apreensão pela operação Gold e outros seis pela operação Arapuca.

A polícia informou que três pessoas foram abordadas em Ouro Branco, houve troca de tiros entre os criminosos e os policiais e uma delas morreu. Uma pessoa foi presa em Maravilha.

Na cidade de Maravilha, foram realizadas investigações pelo Gaeco e pela Promotoria de Justiça do município em parceria com o 7º Batalhão da Polícia Militar.

A ação visa desarticular duas organizações criminosas que vinham praticando tráfico de drogas, roubo a residências e comércio ilegal de arma de fogo na região.

Uma espada, diversas espingardas, revólveres, munições e drogas foram apreendidos na operação. Todo material foi encaminhado à Delegacia Regional de Delmiro Gouveia, para a realização dos devidos procedimentos.

A operação Arapuca ganhou este nome em alusão à armadilha feita de madeira para capturar aves e pequenos animais. O município de Maravilha vinha sofrendo com uma série de roubos a residência e diante desta situação, as forças policiais buscam uma armadilha para capturar os criminosos.

Já a Operação Gold ganhou este nome em referência ao nome do município de Ouro Branco, onde serão cumpridos os mandados. Em inglês, gold significa ouro.


Deixe uma resposta