Suspeito de liderar tráfico de drogas na Bahia é preso em Arapiraca

Foragido do Rio de Janeiro é preso em Maceió — Foto: Polícia Civil

Equipes da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), da Polícia Civil de Alagoas, coordenada pelo delegado Gustavo Henrique, em parceria com a Polícia Civil da Bahia, prendeu na última sexta-feira (9), em Arapiraca, um homem que é apontado como chefe do tráfico de drogas no Oeste do estado baiano, quando ele saia do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, depois de ter realizado um procedimento cirúrgico.

Além do chefe do tráfico, a polícia prendeu ainda uma segunda pessoa, que é sua esposa. O homem, que é natural da cidade de Diadema (SP), tem 27 anos de idade. Já sua esposa, é natural de Bom Jesus da Lapa (BA) e tem 21 anos. Ambos foram detidos em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela Justiça baiana. Ele também foi autuado em flagrante delito por uso de documento falso.

Há cerca de um mês a DEIC da Polícia Civil de Alagoas recebeu a informação de que o casal em questão estaria no município de Arapiraca, após o que a Assessoria Técnica de Inteligência da Especializada realizou diversas diligências, sempre em parceria com o Núcleo de Inteligência da 24ª COORPIN e Delegacia da cidade de Bom Jesus da Lapa (BA), resultando na localização do endereço deles.

Diante disso, durante todo o dia da sexta-feira (9), os agentes da Assessoria Técnica de Inteligência da DEIC (AL) fizeram vigilância no local, porém acabaram descobrindo que o homem procurado estava internado no Hospital regional Nossa Senhora do Bom Conselho, acompanhado pela esposa. Dessa forma, foram feitas diligências no Hospital, confirmando-se que o foragido realmente estava hospitalizado, mas receberia alta naquele mesmo dia, o que ocorreu por volta das 19h, momento que o casal foi preso, na saída da unidade hospitalar mencionada. Durante a abordagem policial constatou-se, ainda, que ele usava um documento de identificação falsificado, motivo pelo qual também foi preso em flagrante delito.

“De acordo com as investigações da Polícia Civil da Bahia, o indivíduo preso figura como o líder da Organização Criminosa (Orcrim) denominada “BDZ – Bonde do Zoológico”, ligada à facção “BDM – Bonde do Maluco (Tudo 3)”, que domina as cidades de Bom Jesus da Lapa, Santa Maria da Vitória e outras na região Oeste da Bahia”, disse Gustavo Henrique, diretor da DEIC da PC de Alagoas.

O delegado informou que foragido preso é apontado como mandante de diversos homicídios na cidade de Santa Maria da Vitória (BA) onde comandava o trafico de drogas, além de ter antecedentes criminais por roubo e porte ilegal de arma de fogo. “Já ela figura como uma das operadoras financeiras da ORCRIM, realizando inclusive a compra de bens no intuito de lavar o dinheiro ilícito do grupo criminoso”, detalhou a autoridade policial.

“Parabenizo o brilhante trabalho realizado por nossa Assessoria Técnica de Inteligência, bem como volto a lembrar a importância dessas parcerias e trocas de informações entre as policiais judiciárias de todas as unidades da federação, para o combate ao crime organizado, mesmo porque a atuação das facções criminosas na tem fronteiras”, concluiu o delegado Gustavo Henrique, diretor da DEIC (AL).

Após as capturas, o casal preso foi conduzido para a sede da DEIC, em Maceió (AL), onde os procedimentos foram confeccionados pelo delegado Cayo Rodrigues, e depois foram levados para o sistema prisional do estado, onde permanecem à disposição da Justiça.


Deixe uma resposta