Soldado da PM natural de Santana do Ipanema é morto a tiros por colega de farda, em Sergipe

Soldado Alagoano da Polícia Militar de Sergipe, Cristyano Rondynelli

Na noite do sábado (19), o soldado da Polícia Militar, Cristyano Rondynelli Gomes Melo, 34 anos, foi assassinado na Rodovia SE-230, município de Monte Alegre de Sergipe, com disparos de arma de fogo. Um colega de farda, identificado como Sargento Matias, natural do município de Pão de Açúcar, Sertão de Alagoas, é o suspeito de ser o autor do crime, ele está preso e foi encaminhado ao Presídio Militar (Presmil).

De acordo com o o relações públicas da PMSE, tenente-coronel Fabio Machado, o soldado foi assassinado dentro do próprio veículo. Os envolvidos – vítima, suspeito e testemunha – estavam de folga.

“As circunstâncias e a motivação, não temos conhecimento. O caso será apurado. A partir de agora, a investigação e apuração é com a Polícia Civil, que posteriormente encaminhará o inquérito à Justiça”, explicou.

A nota publicada no site da PM diz que “as condutas dos policiais militares serão rigorosamente apuradas pela Instituição e reafirma seu zelo na proteção da vida, nela incluída seus integrantes”.

Fala ainda que “adotou todas as medidas preliminares com o rigor e a agilidade que a situação requer, inclusive, procedendo com a prisão em flagrante do suspeito da autoria do crime”.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Sergipe informou que o caso está sendo acompanhado pela Coordenadoria das Delegacias do Interior, junto com a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória. Ainda não está definido qual delegado ficará com o caso.

 Vítima

O soldado Rondynelli ingressou na PM em 2015 e atualmente estava lotado no 7º Batalhão. Era natural de Santana do Ipanema (AL) e deixa esposa e dois filhos.


Deixe uma resposta