Seleção brasileira encara o Peru pelas eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Qatar

Seleção brasileira encara o Peru pelas eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Qatar

A seleção brasileira entra mais uma vez em campo pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Qatar, dessa vez contra o Peru. A partida nesta terça (13), às 21h30 (de Brasília), e terá transmissão exclusiva no país do EI Plus, plataforma de streaming esportiva.

A Globo comunicou internamente nesta segunda-feira (12) para editores e repórteres que não vai transmitir, mesmo com esforços para concluir negociações. A emissora carioca confirma que não fechou os direitos de transmissão do jogo para amanhã. Com isso, a Globo fará apenas a cobertura jornalística com equipe em território brasileiro, sem enviar profissionais para o Peru, por causa da pandemia do novo coronavírus.

O técnico Tite não quis revelar a escalação da seleção brasileira, segundo ele, a decisão de esconder o time que vai a campo tem por objetivo não dar armas para Ricardo Gareca, o técnico adversário.

– Nós temos uma série de atletas de alto nível, eu tenho uma equipe montada, mas não quero falar. Os atletas já sabem desde ontem. A base permanece, as ideias permanecem. Mas não quero municiar o Gareca. Você troca uma característica do atleta e já traz uma adversidade – disse o treinador, em entrevista coletiva.

Tite também foi questionado sobre as diferenças entre Peru e Bolívia e projetou um duelo mais difícil para esta terça-feira:

– São dois fatores que temos que analisar. A atuação individual do Brasil foi acima das expectativas. É de se relativizar que a Bolívia não tinha uma qualidade técnica e física igual a nossa… É verdade. Porém o grau de expectativa deles era fazer um bom jogo, perder de pouco e seria uma vitória para eles. E nós com a responsabilidade de jogar bem e fazer resultado. Isso é considerado. Passado esse ponto, o desafio é diferente, com uma equipe de nível técnico superior, físico superior, e um desafio para nós: buscar repetir um padrão. Talvez não com a mesma força técnica. Vamos enfrentar um adversário mais forte em circunstâncias mais fortes – lembrou Tite.


Deixe uma resposta