Segundo assassinato é registrado em Palmeira dos Índios em menos de 12 horas.

Segundo assassinato é registrado em Palmeira dos Índios em menos de 24 horas – Foto: Rádio Sampaio

Um morador de rua identificado como Jailson Santos da Silva, de 31 anos, foi a segunda vítima assassinada em menos de 12 horas em Palmeira dos Índios.

Jailson, que é popularmente conhecido como “Galeguinho”, foi assassinado a tiros no bairro Graciliano Ramos, antigo Recanto do Sabiá.

O repórter Niraldo Correia esteve no local e falou com Genilson, que é ex-cunhado da vítima.

“Ele era problemático, passou um tempo morando na rua, teve outros problemas e se envolveu em um homicídio em Arapiraca” disse Genilson.

Ainda segundo o ex-cunhado, Jailson chegou a ser preso por esse envolvimento em um assassinato e era usuário de drogas.

A Polícia Militar já está no local e já acionou o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) para os procedimentos cabíveis serem tomados. A Polícia Civil foi acionada e investigará o caso.

Primeiro assassinato.

Na noite de ontem, terça-feira (02), Ismael Teixeira da Silva, de 42 anos, Vulgo Nenê, foi assassinado a tiros próximo ao Conjunto Jota Duarte em Palmeira dos Índios.

>> Clique aqui para ver a matéria <<


  • Palmeira tá parecendo um matadouro de gente , não é a corona vírus que vai mata não é os assassinos deus tenha misericórdia das famílias dessas vítimas

Deixe uma resposta