Salário mínimo sobe para R$ 1.100 a partir de hoje

Salário mínimo sobe para R$ 1.100 a partir de hoje

O novo salário mínimo passa a vigorar nesta sexta-feira, 1º de janeiro, no valor de R$ 1.100, ante os R$ 1.045 que valeram por 2020. O mínimo serve de piso para os salários do país e também para os benefícios do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Isto significa que empregados do setor público e privado que ganham o salário mínimo, bem como aposentados, pensionistas e inscritos do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que recebem o piso, passam a ser pagos pelos novos R$ 1.100 a partir deste mês.

Para os trabalhadores que recebem por dia ou por hora, o valor mínimo para a jornada diária será de R$ 36,67, e de R$ 5 a hora.

O reajuste foi definido por medida provisória assinada na quarta-feira (30) pelo presidente Jair Bolsonaro, e representa um aumento de 5,26% em relação ao valor de 2020, em um provável empate com a inflação do ano, que ainda não está fechada.

Com isso, os trabalhadores e aposentados entram no segundo ano seguido sem aumento real, ou seja, sem ter seu poder de compra elevado. O aumento dado é o suficiente apenas para repor o avanço dos preços do último ano.

A “preservação do poder aquisitivo” de piso salarial nacional é um direito definido pela Constituição Federal de 1988, de maneira que o governo é obrigado, todo ano, a corrigi-lo pelo menos pela inflação.


Deixe uma resposta