Saiba como consumir energia de forma consciente no verão

Imagem ilustrativa

No dia 21 de dezembro tem início o verão e com a chegada da estação mais quente do ano há um aumento natural no consumo de energia em todo o país. Além do calor, esta época do ano é marcada pelo grande uso de lâmpadas nas decorações de Natal.

Pode parecer missão impossível, mas pequenas mudanças no uso dos aparelhos domésticos, podem minimizar o impacto nas contas de luz nesse período. O alerta é da Equatorial Energia Alagoas que preparou algumas dicas para população consumir energia de forma consciente, mas sem abrir mão do conforto.

O engenheiro eletricista da Equatorial, Rodolpho Ribeiro, explica que é preciso ficar atento ao consumo de energia no verão, pois com o calor, é natural a mudança no comportamento e as pessoas passam a utilizar mais os equipamentos de forma inconsciente.

“Por estar mais quente, o ventilador ou o ar-condicionado é ligado por mais horas durante o dia, e ainda há quem use os dois de forma simultânea. Então orientamos que a população opte apenas por um equipamento, de preferência o ventilador, que é mais econômico, e mantenha sempre as janelas abertas para ajudar na circulação de ar, diminuindo assim a sensação de calor”, disse o engenheiro eletricista.

Ribeiro orienta o cuidado redobrado com a geladeira e só abrir o equipamento quando realmente precisar. “O simples ato de abrir e fechar o refrigerador com frequência aumenta o consumo de energia. Também é preciso ficar atento e não instalar a geladeira próxima a locais quentes, como fogões ou exposta ao sol. É ainda preciso conferir regularmente se as borrachas de vedação estão em bom estado e nunca estender roupas ou panos na parte de trás do equipamento”.

Outro vilão da conta de energia é o chuveiro elétrico. “Mesmo com o calor, tem pessoas que ainda toma banho quente. Então se nessa época for fazer uso desse aparelho, é preciso selecionar a posição verão, o que pode reduzir o consumo de energia em até 40%, comparado ao modo inverno. Importante também que os banhos sejam rápidos para economizar ainda mais energia”, acrescenta Ribeiro.

O engenheiro explica ainda que o fato do verão coincidir com o período de Natal e das férias escolares, também contribui para uma elevação do consumo de energia nesta época do ano. “No Natal, há o costume das famílias de decorar as residências com muitas lâmpadas e junto com as férias, a rotina da casa muda completamente. Por isso, é importante optar por lâmpadas de LED, desligar os luminosos quando não houver no ambiente e ficar de olho nas crianças que costumam passar muitas horas com mais de um equipamento ligado ao mesmo tempo, como televisores, videogames e computadores”.

“Todas essas situações, repetidas com frequência, acabam elevando o consumo de energia no mês. Buscar utilizar os eletrodomésticos de forma consciente, pode ajudar a diminuir os gastos na conta de luz. Além disso, na hora da compra, sempre escolha os aparelhos que possuem o Selo Procel e que são classificados na categoria “A” do Inmetro, pois são os mais eficientes e consomem menos energia”, finaliza o engenheiro.

Confira abaixo mais dicas para economizar na conta de luz:

  • É preciso ficar atento ao tempo de uso do ventilador e do ar-condicionado. Se possível, dar preferência à ventilação natural;

  • Ao utilizar o ar-condicionado, prefira colocar a regulagem do termostato para uma temperatura entre 23 e 24 graus. Procure deixar portas e janelas fechadas e manter os filtros do equipamento sempre limpos;

  • Tomar banhos mais rápidos diminui o tempo de uso da bomba d’água. Dessa forma é possível economizar energia e também água;

  • Só abrir a geladeira quando realmente precisar. O ato de abrir e fechar o equipamento com frequência aumenta o consumo de energia. É importante não instalar a geladeira próxima a locais quentes. Deve-se escolher locais longe de fogões e que não estejam expostos ao sol. É preciso conferir regularmente se as borrachas de vedação estão em bom estado e nunca estender roupas ou panos na parte de trás do equipamento;

  • Acumular mais roupas para sempre utilizar a capacidade máxima da máquina de lavar, lembrando de colocar a quantidade correta de sabão, evitando assim a necessidade de repetir o enxague;

  • Juntar uma boa quantidade de peças e passar todas de uma só vez. Primeiro, passar as roupas pesadas. Por fim, desligar o ferro e aproveitar a temperatura para passar as roupas mais leves. Além disso, sempre verificar a indicação de temperatura para cada tipo de tecido;

  • Sempre que sair dos ambientes, atentar para desligar a luz e os equipamentos eletrônicos, preferencialmente retirá-los da tomada. Os aparelhos que ficam em modo stand-by, com a luz vermelha acessa, continuam consumindo energia, mesmo desligados.


Deixe uma resposta