Rock in Rio terá palco 100% reciclável

Rock in Rio terá palco 100% reciclável

Após dois anos de pandemia, o Rock in Rio volta a ser realizado na cidade do Rio de Janeiro. A organização do evento apresentou o Palco Mundo, a principal e a maior estrutura para os shows do festival. A novidade é que o palco será feito em aço, com estrutura reutilizada e 100% reciclável.

“Cada vez a gente mostra que é possível sonhar grande e fazer acontecer. Esse palco é mais um exemplo disso. A gente entende que nossa história vai inspirar a de outras pessoas. É essa história que a gente quer contar”, diz o CEO Rock In Rio, Luis Justo.

Ele destaca que garantir a sustentabilidade e envolver todos os parceiros nessa política é uma das metas fixadas pelo festival. O palco este ano será feito em parceria com a Gerdau, a maior empresa brasileira produtora de aço. Segundo o CEO da Gerdau, Gustavo Werneck, a sustentabilidade é também uma preocupação da empresa. “Temos que implantar ações o mais rápido possível, para que possamos continuar usando recursos que existem no planeta e deixar para as gerações que vêm depois de nós”, afirma

Werneck e Justo participaram, hoje de manhã, de entrevista para detalhar a parceria no festival.

Perguntado sobre possibilidade de manifestações políticas no evento, a exemplo do que ocorreu no Festival Lollapalooza, em São Paulo, em março deste ano, Justo ressaltou que a organização não tem nenhum posicionamento partidário. De acordo com o CEO, o Rock In Rio “nunca teve e nunca terá nenhum tipo de posicionamento político”. Isto, no entanto, segundo ele, “não impede que pessoas tenham posicionamentos, [sejam] artistas ou público. É inerente à democracia e sempre esteve presente na história do festival”.

Estrutura

No Palco Mundo, serão usadas aproximadamente 200 toneladas de aço, o equivalente à fabricação de 200 carros. O palco terá 30 metros de altura, similar a um prédio de dez andares, e 104 metros de largura, equivalente a duas piscinas olímpicas.

O material será 100% reciclável, ou seja, a cenografia do Palco Mundo será eternamente reaproveitada quando deixar de ser palco, podendo se transformar em casas, edifícios, carros, centros hospitalares, entre outros.

Ao todo, mais 1 de milhão de pessoas, incluindo catadores e cooperativas, estão envolvidas no processo de reciclagem da Gerdau. A maior parte ,73%, do aço da Gerdau é produzida a partir da reciclagem da sucata metálica.

Rock in Rio

O Rock In Rio será nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro. Irão se apresentar no Palco Mundo artistas brasileiros e internacionais como Iron Maiden, Dream Theater, Sepultura, Post Malone, Jason Derulo, Marshmello, Alok, Justin Bieber, Demi Lovato, Migos, Iza, Guns N ’Roses, Måneskin, The Offspring, CPM 22, Green Day, Fall Out Boy, Billy Idol, Capital Inicial, Coldplay, Camila Cabello, Bastille, Djavan, Dua Lipa, Megan Thee Stallion, Rita Ora e Ivete Sangalo. Os ingressos estão esgotados.

Desde 1985, o Rock in Rio teve 20 edições, no Rio de Janeiro e em outras cidades do mundo, como Lisboa, Portugal, Madrid, na Espanha, e Las Vegas, nos Estados Unidos, com apresentação de mais de 2,3 mil artistas e 10,2 milhões de pessoas na plateia além de 12 milhões de fãs online.

A primeira edição do Rock In Rio foi em 1985, quando o país passava por transformações e saía de longo período de ditadura militar, desde 1964. Segundo Justo, a expectativa é que o festival deste ano, depois de dois anos de pandemia, tenha clima semelhante ao primeiro. “A gente vai estar preparado para a euforia”, diz.


Deixe uma resposta