Resumo da rodada: Veja como foram os jogos desta quarta-feira (17)

Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã

Acaba amanhã (18) a 33ª rodada do Brasileirão, mas os principais jogos ocorreram nesta quarta-feira (17), onde o Santos venceu a rebaixada Chapecoense, América-MG e Atlético-GO empatam sem gols, Cuiabá venceu o Inter, Ceará massacrou Fortaleza, São Paulo dominou Palmeiras, Juventude venceu o Fluminense e o Flamengo vence o Corinthians; veja como foram os duelos:

O Santos deu mais um importante passo para a permanência na Série A. Nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, o Peixe venceu a lanterna (e já rebaixada) Chapecoense por 2 a 0, com de pênalti de Marinho e outro de Marcos Guilherme, e manteve a reação para se afastar cada vez mais do risco de rebaixamento. São três jogos de invencibilidade após derrota para o Palmeiras, com duas vitórias e um empate. A Chape, só cumprindo tabela, tentou reagir e dificultar. Mas não conseguiu. Com a vitória, o Santos foi a 42 pontos, na 11ª colocação. A Chapecoense, lanterna e já rebaixada, tem apenas 15 pontos.

Nada de gols no Independência. Em um jogo amarrado, com as melhores chances já depois dos 35 minutos da etapa final, América-MG e Atlético-GO empataram por 0 a 0, na noite desta quarta-feira, em compromisso válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a igualdade em Belo Horizonte, o América-MG chegou aos 45 pontos e se manteve na nona colocação, agora a quatro pontos do Fortaleza, que abre o G-6. O Atlético-GO foi a 39 e segue olhando atentamente para a zona de rebaixamento, que se aproxima a cada rodada.

O Cuiabá pressionou, rondou a área do Inter e conseguiu abrir o placar da partida em cobrança de pênalti de Elton. Dono do jogo, o Dourado teve forças para controlar o adversário e somou mais três pontos em busca da campanha histórica em direção ao bloco de times que conquistará vaga nas competições sul-americanas de 2022. Nem mesmo a entrada de Edenilson, de volta após estar no banco da Seleção no jogo contra a Argentina pelas Eliminatórias, deu forças ao time de Diego Aguirre para buscar o resultado. A vitória do Cuiabá afasta o time do risco de rebaixamento. Com 42 pontos, o Dourado fica em situação mais confortável e pode começar a projetar a briga por uma vaga de competição continental. No caso do Inter, a equipe de Diego Aguirre perde a chance de entrar no G-6, e estaciona nos 47 pontos.

Um atropelo. Simplesmente quatro gols. Foi assim que o Ceará venceu o Fortaleza nesta quarta-feira (17), na Arena Castelão, pela 33ª rodada da Série A do Brasileiro. Lima, Vina, duas vezes, e Yony marcaram os gols na vitória por 4 a 0, que deixa o Ceará com 45 pontos. O Fortaleza segue em sexto, com 49 pontos, entretanto, está atormentado com cinco jogos sem vitória (quatro derrotas e um empate), o Fortaleza é o sexto colocado, com 49 pontos. O Ceará é o 10º, com 45.

O São Paulo dominou com autoridade o Palmeiras na noite desta quarta-feira, venceu por 2 a 0 no Allianz Parque e passou a respirar um pouco mais aliviado na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Enquanto o Verdão levou time quase todo reserva a campo, já preocupado com a final da Libertadores no dia 27, o Tricolor entrou com um senso de urgência que não se viu, por exemplo, na goleada sofrida diante do Flamengo no último fim de semana. O time de Rogério Ceni criou muito, marcou com Gabriel Sara e Luciano e deixou o estádio do rival bem mais forte para se livrar da queda à Série B. Já o Verdão viu noite ruim de vários de seus reservas, com Patrick de Paula falhando, Luiz Adriano saindo com bronca da torcida e Abel sendo questionado pelas escolhas que fez para o Choque-Rei. A chance de título ficou quase nula, e a vice-liderança nem veio. A vitória leva o São Paulo aos 41 pontos, agora a cinco do Bahia, primeiro time da zona de rebaixamento e que ainda joga nesta quinta. Já o Palmeiras estaciona nos 58, em terceiro lugar e perdendo o embalo com a segunda derrota seguida.

O Juventude fez mais uma boa exibição na noite desta quarta-feira, no Alfredo Jaconi, e engatou a terceira vitória seguida ao superar o Fluminense por 1 a 0, com gol do zagueiro Vitor Mendes na bola parada. E o placar ainda foi baixo pelo que foi o jogo: teve ainda bola na trave, boas defesas de Marcos Felipe e contra-ataques desperdiçados em vantagem numérica. Mas os três pontos são os mesmos e tiram os gaúchos da zona de rebaixamento, enquanto o Tricolor tropeça de novo e não consegue se aproximar do G-6. Com a vitória, o Juventude foi a 39 pontos e saltou do 17º para o 15º lugar, ultrapassando Bahia e Atlético-GO. Por sua vez, o Fluminense se mantém em 8º na classificação, com 45 pontos, e desperdiça mais uma chance de se aproximar do G-6, que tem o Fortaleza em 6º com 49 pontos.

O Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, com um gol marcado aos 47 minutos do segundo tempo por Bruno Henrique. Na despedida do Rio antes da ida para a final da Libertadores, o time consegue um resultado importante e não deixa o Atlético-MG aumentar a vantagem na liderança. O Timão pouco ameaçou durante a partida e retorna a São Paulo com a derrota. Com a vitória, o Flamengo chega a 63 pontos, permanece na segunda posição e fica a oito pontos do líder Atlético-MG. O Corinthians mantém os 50 pontos e está na quinta posição. Sábado, o Flamengo volta a campo para enfrentar o Internacional, em Porto Alegre. Domingo, o Corinthians faz o clássico com o Santos na Neo Química Arena.


Deixe uma resposta