Renan Filho critica aumento na conta de energia: “famílias não suportam mais esse choque na pandemia”

Renan Filho – Cortesia

Após a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciar um reajuste nas constas de energia elétrica para os consumidores a partir desta quarta-feira (1º), o governador de Alagoas, Renan Filho, criticou a aumento e disse que “as famílias não suportam mais esse choque na pandemia”.

Em sua conta no Twiiter, Renan afirmou que o reajuste na conta de energia é muito errado e que “é clara a injustiça social do aumento”.

O governador lembrou que, em Alagoas, o ICMS para quem gasta até 100kwhs, mas lamentou que o esforço será diminuído pelo aumento anunciado pela Aneel.

Segundo a Annel, o reajuste foi autorizado em abril deste ano, mas só agora entrará em vigor. Os consumidores alagoanos irão pagar, em média, 9,85% mais caro pelo consumo de energia.

Ainda segundo informações da agência, o reajuste para a indústria é de 11,68%. Já para os consumidores residenciais, a nova tarifa subirá 8,96%.

Diante da situação de pandemia, Renan Filho pediu apoio aos deputados federais alagoanos para tentar fazer com que o reajuste seja adiado para o próximo ano. O governador também pediu ajuda aos consumidores alagoanos: “Se você puder, solicite também apoio ao seu parlamentar para essa justa causa”, pontuou.


Deixe uma resposta