PSL pede a Bolsonaro que tenha “a dignidade de se desfiliar”, após críticas ao partido

PSL pede a Bolsonaro que tenha “a dignidade de se desfiliar”, após críticas ao partido – Foto: Divulgação

A advogada eleitoral Karina Kufa, que representa o presidente Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira (09) que há desgaste na relação do presidente com os dirigentes nacionais do Partido Social Liberal (PSL).

“São diversos desgastes. O presidente Jair Bolsonaro sempre levantou a bandeira da ética, da transparência e exigia isso sempre dos dirigentes do partido, mas foi muito difícil entrar em um acordo quando um partido não está disposto a abrir simplesmente uma votação democrática, seja para alteração do estatuto, seja para eleição de dirigentes. Então, ficou insustentável em razão desses motivos internos, que acontecem em alguns partidos, mas que não dá para o presidente levar um encargo tão grande em um partido que acaba não permitindo que haja essa pluralidade”, afirmou a jornalistas, no Palácio do Planalto, após participar de uma reunião com o presidente e um grupo de parlamentares que também manifestou insatisfação com o PSL.

Na terça-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer, em conversa com um apoiador, na entrada do Palácio do Alvorada, para ele “esquecer o PSL”. Bolsonaro se filiou ao PSL em março do ano passado para disputar as eleições presidenciais.

*    Com DIÁRIO DO PODER


Deixe uma resposta