Projeto que reajusta salário da Educação em 40% é aprovado na Assembleia Legislativa de Alagoas

Projeto que reajusta salário da Educação em 40% é aprovado na Assembleia Legislativa de Alagoas

A Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (27), o Plano de Cargos, Carreira e Subsídios (PCCS) dos servidores da Educação. O projeto, que concede um aumento médio de 40% no salário inicial dos profissionais da rede estadual, segue para sanção do governador.

O PCCS foi enviado para apreciação dos deputados estaduais no último dia 15. Segundo o governo, a mudança vai beneficiar cerca de 50 mil pessoas.

Quando aprovada a lei, o piso salarial inicial do professor, que atualmente é R$ 4.500, poderá alcançar R$ 7.172 para aqueles que chegarem ao final de carreira com doutorado.

O governo comunicou ainda que os aumentos serão concedidos também aos aposentados. Ainda de acordo com o projeto, os secretários escolares passam a integrar o mesmo PCCS dos professores e a ter tratamento igualitário.

Na votação na ALE, o projeto ganhou duas emendas das comissões que avaliaram o projeto. Uma delas é para que os profissionais ativos e inativos sejam contemplados com o PCCS. E a outra é para que o projeto seja aplicado desde o dia 1º de outubro para que os servidores já recebam o salário deste mês com o reajuste.


Deixe uma resposta