Presidente da Federação do Comércio de Alagoas e do Sindilojas de Palmeira concede entrevista para a Rádio Sampaio 94.5 FM.

José Gilton Pereira Lima – Foto: Redes Sociais

O presidente da Federação do Comércio de Alagoas, José Gilton Pereira Lima, que também é presidente do Sindilojas de Palmeira dos Índios, concedeu uma entrevista na manhã desta segunda-feira (18), para a Rádio Sampaio 94.5 FM.

Gilton informou que a Federação do Comércio sempre foi contra o fechamento total do comércio, que estão trabalhando e buscando informar ao governo a necessidade do comerciante ficar com o comércio aberto.

“Gostaria de dizer para os nossos empresários, principalmente os empresários de Palmeira dos Índios, que a todo momento estamos nessa luta, buscando o entendimento para que o comércio seja aberto de uma forma que fique dentro dos regulamentos necessários” disse Gilton.

E continuou “acredito que logo logo estaremos de portas abertas e vamos em frente encarar tudo isso”.

Em virtude do atual cenário provocado pela pandemia do novo Coronavírus, o Sindilojas Palmeira dos Índios pede calma e paciência à classe empresarial do comércio do município. A entidade sabe que os impactos financeiros e econômicos com o fechamento temporário do comércio, decretado pelo Governo de Alagoas, serão de grandes proporções. Por isso, o Sindilojas está atento às ações e negociações dos governos Federal, Estadual e Municipal, e participa ativamente das discussões com o objetivo de propor soluções para minimizar os impactos oriundos da paralisação, sempre defendendo o que for legal e de direito para seus associados.

O Sindilojas é filiado à Federarão do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), entidade que criou um comitê de crise e vem se reunindo com federações representantes do setor produtivo e dos poderes públicos. A Fecomércio também acompanha, em reuniões por videoconferência, as orientações da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e soma esforços com outras federações do comércio de todo país na construção coletiva de soluções que venham diminuir os impactos econômicos causados pela pandemia.


Deixe uma resposta