Prefeitura de Palmeira adota novas medidas contra a Covid-19 e reforça outras ações

Foto: Assessoria

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), tem trabalhado na intensificação das ações de combate à Covid-19, o novo coronavírus, com novas medidas para evitar o contágio da doença no município.

Uma das medidas é a suspensão de eventos como o projeto Pôr do Sol, o Natal Luz e a festa de Réveillon, além do reforço nas equipes dos coletes verdes, com 300 profissionais que passam a atuar em maior número nos bancos, Casas Lotéricas e em vários pontos da cidade.

O uso de álcool em gel, álcool 70% e máscaras são obrigatórios. Os promotores de eventos devem procurar a prefeitura para maiores esclarecimentos quanto à realização de festas neste período.

Segundo a coordenadora de Vigilância em Saúde Leide Alencar, os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Rita estão ocupados, o que deixa a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em alerta.

“Estamos trabalhando muito para que a Covid não ganhe proporções maiores no município. Mas com a UTI do Hospital lotada, a UPA está em alerta pois a UCI pode não dar conta de uma população com mais de 80 mil habitantes como Palmeira, além dos pacientes das cidades vizinha. O momento é de preocupação e pedimos que todos nos ajudem a controlar a doença no nosso município”, disse Leide Alencar.

De acordo com o prefeito Júlio Cezar, é preciso um cuidado redobrado neste momento em que o número de pessoas infectadas pelo vírus aumentam em todo o mundo.

“Não somos a favor do fechamento do comércio e nem da feira livre mas algumas medidas, como a suspensão de algumas atividades, precisam ser adotadas e pedimos que os promotores de eventos nos procurem para maiores esclarecimentos. Precisamos do apoio e da compreensão da população, pois estamos fazendo a nossa parte e nada disso vai adiantar sem a ajuda das pessoas, que precisam se proteger, não fazer aglomerações e tomar os cuidados necessários, como temos orientado desde o início da pandemia, a exemplo do uso de álcool gel, álcool 70% e máscaras de proteção”, explicou o prefeito Júlio Cezar.


Deixe uma resposta