Posto de combustíveis é multado em R$ 13 mil na segunda fase da operação Stumpf em Alagoas

Posto de combustíveis é multado em R$ 13 mil na segunda fase da operação Stumpf em Alagoas

A segunda fase da operação Stumpf resultou na fiscalização e atuação de postos de combustíveis em Maceió e no interior de Alagoas. Um dos estabelecimento foi multado em R$ 13 mil. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (19) pelo Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA).

Em dois dias, 11 postos foram fiscalizados. O objetivo da operação é combater a sonegação fiscal, garantir a segurança dos consumidores e verificar se os estabelecimentos possuem licenças ambientais válidas.

De acordo com o IMA, no primeiro dia da ação, que aconteceu na segunda-feira (17), sete postos de combustíveis foram fiscalizados e todos possuíam licença ambiental, porém dois deles foram autuados com multa de R$1.348,00 por descumprimento de condicionantes, canaletas danificadas e piso com problemas estruturais.

Além dos dois postos, outro estabelecimento foi multado em R$13.485,00 por causa da reforma e ampliação sem autorização ambiental.

Já no segundo dia da ação, que aconteceu na terça-feira (18), em Maceió, quatro postos de combustíveis foram fiscalizados e estavam com a licença ambiental, no entanto, foram autuados com uma multa de R$1.348,00 por descumprirem condicionantes.

A primeira fase da operação foi realizada em maio, quando foram fiscalizados postos de combustíveis nos municípios de Maceió, Arapiraca, Coruripe, Pilar, Rio Largo, Palmeira dos Índios, Jaramataia, União dos Palmares e Delmiro Gouveia.

Participam da operação o IMA-AL, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

A operação foi batizada de Stumpf em homenagem ao “pai do motor a álcool no Brasil”, o professor Urbano Ernesto Stumpf.


Deixe uma resposta