População deve ficar alerta com site que promove falso leilão de veículos

População deve ficar alerta com site que promove falso leilão de veículos

A população alagoana deve ficar alerta para não cair em golpes de falsos leilões de carros que estão sendo aplicados em Alagoas. O alerta foi realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL).

O Detran recebeu denúncias de um site falso que se passa por agente leiloeiro. A denúncia refere-se a um site que fraudou a logo do Governo do Estado, modificando-a para “Leilão Oficial Alagoas”. Segundo a página (https://leilaodoalagoasoficial.org/home/), a empresa atua desde 1999 no ramo e, em 2002, criou a plataforma on-line.

A aba “Quem somos” apresenta o seguinte trecho: “Hoje em dia, a Leilão do Alagoas Oficial, além de internacionalmente reconhecida, é especializada na realização de leilões Judiciais e Extrajudiciais de ativos e Imóveis. Você entra em contato com a Leilão do Alagoas Oficial dizendo o que tem a vender”.

O site também apresenta imagens e dados dos veículos, histórico e prazo para os lances, entre outras informações, e reforça que a empresa trabalha com planejamento, avaliação, assessoria jurídica, publicidade e todas as áreas para garantir o negócio sem burocracia, além de disponibilizar uma Central de Atendimento via WhatsApp, número de telefone e e-mail.

Fraude

O Detran de Alagoas esclarece que esse site é falso e não tem qualquer vínculo com a autarquia ou com o Governo de Alagoas. O usuário precisa estar atento aos canais oficiais do órgão, como o site (detran.al.gov.br) e as redes sociais para checar as informações.

É importante que a população não se cadastre nesses sites sem antes pesquisar sobre sua reputação e verificar se há queixas de consumidores enganados. Na dúvida, nunca envie dados bancários ou documentos pessoais e confirme no site do Detran se o leilão está sendo processado na plataforma do leiloeiro designado pelo órgão.

O último leilão de veículos realizado pelo Detran de Alagoas ocorreu no dia 25 de agosto e teve 354 veículos arrematados e mais de R$ 800 mil arrecadados de volta aos cofres públicos. Qualquer novidade sobre novos leilões será devidamente divulgada nos canais oficiais.


Deixe uma resposta