Polícia Rodoviária Federal prende cinco pessoas por crimes distintos em Alagoas

Foto: Arquivo/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas, prendeu cinco pessoas por casos distintos. As prisões ocorreram nas BRs 316 e 101. Entre as ocorrências registradas estão: entregar veículo a pessoa não habilitada, exercício ilegal da profissão e embriaguez ao volante.

A primeira ocorrência foi registrada na sexta (08), por volta das 15 horas, em Atalaia/AL. A equipe que realizava ronda no km 248 da BR 316, avistou um motorista realizando conversão irregular na faixa de rolamento a fim de fugir da fiscalização.

Os policiais deram ordem de parada e abordaram o veículo, que contava com dois ocupantes. O motorista alegou que não possuía CNH e que o carro pertencia à passageira, que o entregou a direção, mesmo sabendo de sua condição de inabilitado, pois sentia-se mal para dirigir.

Diante dos fatos, a mulher foi detida por entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada. Por ser crime de menor potencial ofensivo, o flagrante foi substituído por um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), após ela se comprometer a comparecer em juízo.

A segunda ocorrência aconteceu por volta das 15 horas, quando a equipe recebeu uma denúncia pelo número 191 sobre transporte clandestino de passageiros. Os policiais então se deslocaram até o km 200 da BR 101, em São Sebastião/AL, onde abordaram o ônibus.

Havia 48 passageiros que saíram de Arapiraca/AL com destino a São Paulo/SP. Após consultas aos sistemas e à Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), foi constatada a irregularidade. O veículo não possuía nenhuma autorização para realizar o transporte regular de passageiros. Além disso, o motorista não possuía curso apropriado para realizar esse transporte.

Diante dos fatos, o motorista foi preso por exercício ilegal da profissão, sendo o flagrante substituído por um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), após o autor se comprometer a comparecer em juízo. O ônibus foi recolhido e enviado para o pátio da ANTT.

Mais tarde, por volta das 15h30, os PRFs abordaram um ônibus no km 200 da BR 101, em São Sebastião. A abordagem foi feita após outra denúncia de que o veículo realizava transporte clandestino. O ônibus se deslocava de Arapiraca/AL para Nova Mutum/MT, transportando 40 passageiros.

Após entrar em contato com a ANTT, a equipe constatou a irregularidade, já que o veículo não possuía nenhuma autorização para realizar o transporte interestadual de passageiros. Além disso, o ônibus estava com o pneu traseiro careca e o disco tacógrafo estava vencido.

Diante das informações, o condutor foi preso por exercício ilegal da profissão. Os policiais lavraram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), após o homem se comprometer a comparecer em juízo.

Passava das 18 horas quando, durante uma fiscalização no km 153 da BR 316, em Palmeira dos Índios, a equipe da PRF abordou um veículo VW Tiguan, de cor preta.

O motorista apresentava bastante nervosismo com a abordagem. Após conferirem a documentação do condutor e do carro, os policiais realizaram o teste de alcoolemia. O resultado constatou 0,82 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Perante as informações obtidas, o homem foi preso por embriaguez ao volante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Arapiraca para realização das providências legais cabíveis.

A última ocorrência se deu por volta das 23 horas quando a equipe abordou um veículo Hyundai Hb20, no km 148 da BR 316, em Palmeira dos Índios. O condutor desceu do carro e apresentou a documentação pessoal e veicular ao ser solicitada pelos policiais.

Questionado sobre a ingestão de álcool, o motorista negou que houvesse consumido alguma bebida alcoólica. Ao ser submetido ao teste de alcoolemia, o resultado constatou teor alcoólico de 0,36mg/l.

Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil de Arapiraca. Ele vai responder por embriaguez ao volante (art. 306 do CTB).


Deixe uma resposta