Polícia prende grupo que furtava celulares em festas em AL, PE e SE

Polícia prende grupo que furtava celulares em festas em AL, PE e SE

A Polícia Civil, por meio da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), realizou a operação “festa no interior” nesta quarta-feira (26) para prender um grupo que furtava celulares em festas em Alagoas e estados vizinhos como Pernambuco e Sergipe. Seis mandados de prisão e busca domiciliar foram expedidos e cinco pessoas foram presas. Um dos presos era o chefe do grupo criminoso.

As outras pessoas presas eram envolvidas nos furtos e uma delas era responsável por retirar contas Google e Icloud dos aparelhos.

O delegado José Carlos explicou que o chefe do grupo contratava o mesmo motorista de aplicativo e enviava um grupo de quatro pessoas a festas em Maceió, interior de Alagoas e estados vizinhos para furtar celulares. O motorista só não foi preso, porque morreu de Covid-19 recentemente.

“Os furtadores se aproveitavam da multidão e do estado de embriaguez das vítimas e subtraíam diversos aparelhos celulares. Cada festa rendia entre 20 e 40 celulares para o grupo criminoso que, posteriormente, desbloqueava e vendia os telefones”, disse o delegado.

De acordo com o delegado José Carlos, os criminosos lamentavam diariamente a pandemia, já que não havia festas por causa do novo coronavírus e eles não podiam praticar novos furtos.

As investigações da polícia mostraram também que o grupo tinha uma tabela com o preço de cada celular furtado.

Os presos foram levados para o sistema profissional e ficarão à disposição da 10ª Vara Criminal da Capital.

A operação, coordenada pelo delegado José Carlos, contou com equipes do Núcleo de Inteligência da DEIC, Seção Antissequestro, Capturas, Tático Integrado de Grupos de Resgate Especial (Tigre) e equipes da Asfixia.


Deixe uma resposta