Polícia prende em Marechal, suspeito de vender terrenos que pertenciam a uma pessoa morta

Homem preso foi encaminhado para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Marechal Deodoro — Foto: Thiago Sampaio

A Polícia Civil, por meio da 17º Distrito Policial (DP), prendeu um homem suspeito de aplicar golpes de vendas de terrenos na cidade de Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió. De acordo com a polícia, ele oferecia, a preços mais baixos, lotes que pertenciam a uma pessoa morta. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (8).

O suspeito foi preso na quarta (7). Segundo o chefe de Operações do 17º DP, agente Antonio Augusto, o falso vendedor oferecia terrenos no Povoado Pedras e quando a vítima pagava, ele emitia um recibo de compra e venda, alegando que emitiria a escritura definitiva.

Porém, como os lotes negociados eram de uma pessoa que já havia morrido, ele não poderia assinar os documentos.

“O homem de 57 anos de idade estava em um cartório do município tentando passar uma escritura de um terreno para uma compradora que já havia pago a metade do valor do imóvel, os proprietários do cartório conseguiram detectar a fraude e os agentes efetuaram a prisão em flagrante”, informou Antonio Augusto.

A Polícia Civil disse ainda que as investigações sobre o caso continuam e que o suspeito, preso em flagrante, está à disposição da Justiça.


Deixe uma resposta