Polícia Civil prende no Ceará suspeitos de matar técnico de enfermagem em Alagoas

Técnico de enfermagem foi morto a tiros no Centro de Maceió no mês de maio — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Uma operação conjunta entre as Polícias Civis de Alagoas e do Ceará prendeu nas cidades de Fortaleza e Tauá dois suspeitos envolvidos no assassinato do técnico de enfermagem Rhuan Miguel dos Santos Vieira, 24, em maio. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (25).

A prisão aconteceu na quarta (24). Após investigações, a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que dois dos suspeitos estariam nas cidades cearenses.

A Polícia Civil do Ceará foi acionada, e após buscas, encontrou os suspeitos, um homem de 27 anos e uma mulher de 24 anos, que foram presos tentando tirar passaportes. Segundo a polícia, eles estavam planejando uma fuga para a Espanha, onde mora a mãe da mulher presa.

Na semana passada, a polícia prendeu em Maceió um outro suspeito, de 24 anos, que teria atirado na vítima.

Os presos serão ouvidos quando forem enviados de volta a Maceió nos próximos dias. Por isso, ainda não se sabe a motivação do crime. Mas, com a prisão dos envolvidos, a polícia considera o crime esclarecido.

O crime aconteceu na noite de 22 de maio. O técnico de enfermagem estava chegando na Santa Casa de Misericórdia, no Centro de Maceió, onde trabalhava, quando foi abordado pelos suspeitos em uma moto, que efetuaram os disparos. Ele morreu no local. Os suspeitos fugiram em seguida.


Deixe uma resposta