Polícia alerta pais sobre ‘Homem Pateta’, que pode induzir crianças ao suicídio

Polícia alerta pais sobre ‘Homem Pateta’, que pode induzir suicídio

A Polícia Civil de Santa Catarina divulgou nesta semana um alerta para pais de crianças e adolescentes sobre perfis em redes sociais com o nome de Jonathan Galindo, conhecido como “Homem Pateta”, que estariam assustando os menores com conteúdo de terror e mensagens que podem induzir ao suicídio.

Usando fotos que remetem ao personagem Pateta, da Disney, as páginas interagem com as crianças por meio de mensagens. Após ganharem a confiança, entram em contato com elas e fazem ameaças perturbadoras.

O perfil foi originalmente criado há três anos no México. Com o tempo, os perfis falsos foram se multiplicando até chegaram ao Brasil.

De acordo com a polícia catarinense, esses perfis do “Homem Pateta” têm poucas postagens porque, após ganhar a confiança das crianças, os criminosos enviam mensagens privadas com textos, vídeos e áudios com ameaças e intimidações. Segundo o portal R7, há relatos de que são ensinadas técnicas de suicídio.

As autoridades alertam para que pais fiquem atentos aos sites e conteúdos que os filhos acessam na internet, a fim de protegê-los de perfis como esses.

Uma rápida busca no Facebook é possível encontrar diversos perfis com o codinome Jonatan Galindo.

Baleia Azul e e a boneca Momo

Essa não é a primeira vez que perfis deste tipo circulam nas redes sociais aterrorizam crianças e causando preocupações de pais e autoridades. Em 2017, o desafio da Baleia Azul desencadeou uma série de suicídios de crianças e adolescentes.

No ano passado, o desafio usou a boneca Momo, que aparecia em vídeos infantis ensinando, passo a passo, como as crianças deveriam fazer para, literalmente, cortar os pulsos.


Deixe uma resposta