Polícias Civil e Militar deflagram operação para coibir atuação de organizações criminosas em Arapiraca

Operação de combate ao tráfico de drogas contou com a participação de batalhões da PM e policiais civis

Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar para conter atuação de organizações criminosas foi deflagrada, na manhã desta sexta-feira (18), em bairros de Arapiraca, município do Agreste alagoano.

Denominada de Análise, a operação integrada teve como base o estudo da análise criminal nos bairros de Arapiraca, onde se constatou que alguns locais possuíam números dissonantes e que apontavam a atuação de organizações criminosas.

Durante o trabalho investigativo, foi constatado que grupos criminosos estavam forçando pessoas a saírem de suas casas, em algumas ruas especificas do conjunto Frei Damião, no bairro Canafístula, para dar espaço à livre venda de drogas pelas organizações criminosas, que tentavam desta forma dificultar o trabalho das forças de segurança. A região já foi citada no decorrer de levantamentos de outras operações de combate ao tráfico de drogas como área de atuação de uma conhecida facção criminosa de âmbito nacional.

A operação integrada é fruto de um trabalho investigativo da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), dirigida pelo delegado Gustavo Henrique, que contou com o apoio da 4ª Delegacia Regional de Arapiraca e o 3º Batalhão da Polícia Militar, que estiveram sob o comando da Secretaria da Segurança Pública.

Com base em provas técnicas, a DEIC realizou a representação dos mandados de busca e apreensão, e a 17ª Vara Criminal da Capital expediu 18 mandados de busca e apreensão.

Equipes do 3º Batalhão e do Batalhão de Operações Especiais (Bope), o Canil do BOPE, da Polícia Militar, de forma integrada a equipes da 4ª Delegacia Regional de Arapiraca e da DEIC, da Polícia Civil, e o Grupamento Aéreo, cumpriram os mandados nas primeiras horas desta manhã.

Após o término da operação, o 3º Batalhão da Polícia Militar irá montar uma base móvel no conjunto para atender com mais agilidade as demandas da comunidade e estreitar o vínculo entre a população e as forças de Segurança Pública.

Posteriormente, outras instituições atuarão de forma conjunta à Segurança Pública na região para prestar serviços de iluminação, limpeza urbana, saúde e outros serviços, com o objetivo de levar tranquilidade para a população mais carente, como também aproximá-las dos serviços públicos básicos, aumentando dessa forma o sentimento de cidadania e de qualidade de vida, fatores essenciais para afastar a população de grupos criminosos e evitar que os jovens sejam recrutados para o mundo do crime.

Os materiais apreendidos na operação serão encaminhados para a Delegacia Regional de Arapiraca, para a confecção dos procedimentos legais cabíveis.

A população também pode contribuir com o trabalho das forças de segurança repassando informações sobre a atuação de organizações criminosas por meio do Disque Denuncia. As informações sobre tráfico de drogas, homicídios, paradeiro de foragidos, entre outras informações podem ser repassadas pelo aplicativo do Disque Denuncia, ou pelo telefone 181. A ligação é gratuita e o sigilo é garantido ao denunciante.


Deixe uma resposta