Pesquisadores descobrem espécie de lagartixa somente encontrada em Alagoas

Pesquisadores da Ufal descobrem espécie de largatixa encontrada apenas em Alagoas

Pesquisadores do Museu de História Natural, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), descobriram uma nova espécie de lagartixa que só é encontrada no estado. Os estudos começaram em 2015, mas só agora a identificação foi confirmada pela ciência.

“Essa é uma lagartixa de parede, uma lagartixa de Caatinga parecida com aquela víbora de parede, aquela lagartixa branca que tem na nossa casa”, explicou o pesquisador Marcos Dubeux.

A nova espécie foi batizada de lagartixa de rocha de Selma. Ela foi encontrada há sete anos, mas somente agora foi descrita formalmente para ciência. Durante esse tempo, foram realizados estudos e comparações com outras espécies para ter a certeza de que se tratava de uma novidade. E as pesquisas constataram que esse tipo de lagarto só foi encontrado em Alagoas até o momento.

“É uma espécie que é considerada endêmica. A gente ainda não sabe qual é realmente a sua distribuição total, se é uma espécie ameaçada ou não, mas isso serão os novos estudos que estão sendo desenvolvidos ao longo do tempo”, disse Dubeux.

A espécie foi encontrada nos municípios de Quebrangulo, Igaci, Boca da Mata, Limoeiro de Anadia e Coruripe. A amostra da espécie vai ficar disponível no Museu de História Natural da Ufal para pesquisas futuras.


Deixe uma resposta