Paulynho Paixão, o Rei do Coladinho, morre aos 43 anos após sofrer dois acidentes

Paulynho Paixão
Paulynho Paixão (Foto: Divulgação)

Paulynho Paixão, o Rei do Coladinho, morreu aos 43 anos na madrugada desta sexta-feira (3) em São Miguel da Baixa Grande, próximo a Teresina, capital do Piauí.

O cantor sofreu dois acidentes em menos de 24 horas. O primeiro, de carro, na quinta-feira (2), por volta das 22h. Ele saiu ileso. Já na madrugada de sexta, Paulynho retornou de moto ao local, mas caiu na PI-225, e morreu devido aos ferimentos.

Nas redes sociais, fãs lamentaram a morte do artista. “Que tristeza. O Brasil perde um mega compositor e cantor. Eu era muito fã dele. Que Deus conforte o coração da família e de todos nós”, disse uma. “Muito triste sem acreditar aqui, Deus receba esse cara humilde”, falou outra.

Além de cantor, Paulynho era compositor. Ele compôs músicas que são interpretadas por cantores como Luan Santana, Gustavo Lima, Wesley Safadão e a dupla Simone e Simaria.


Deixe uma resposta