Paciente de Palmeira é curado da Covid-19 e recebe alta do Hospital Djacy Barbosa

José Adriano da Silva Cavalcante – Foto: Ewerton Silva/7 Segundos

Muita emoção para o paciente José Adriano da Silva Cavalcante que foi curado da Covid-19, e recebeu alta do Hospital Memorial Djacy Barbosa, em Arapiraca, na tarde desta segunda-feira (15). José Adriano é o primeiro paciente da cidade a se recuperar após entubação.

José Adriano passou 35 dias no hospital, sendo 15 dias na UTI e 5 entubado. “É um alívio, quero agradecer muito a Deus, que a jornada foi grande, Deus fez um milagre em minha vida, como todos que comentaram, fui a primeira pessoa que saiu do tubo com vida, e só tenho a agradecer primeiramente a Deus por esse milagre e depois a toda a equipe do Afra, que doou o sangue para ver minha recuperação”.

O paciente conta que não queria ser entubado, mas entregou na mãos de Deus. “Quando o médico falou que eu iria ser entubado eu disse que não queria, ele disse que ia ter que ser, na mesma hora eu falei com Deus, e Deus me respondeu: confie, e eu confiei e aconteceu esse milagre na minha vida”.

A emoção tomou conta da recepção do hospital quando a esposa de Jose Adriano, Daniele Canuto, chegou. “É muita emoção, vitória e agradecimento a Deus por tudo, só tenho a agradecer todos os dias de joelho, eu vim rezando o terço, é vitória”, disse a esposa.

José Adriano deixou um recado: “eu peço que todos se previnam, que tenham cuidado que esse vírus que é maldito e vai pra acabar com a família, a primeira coisa é ele faz é obrigara a gente a se isolar das pessoas”.

“Se cuidem que isso não é brincadeira como muitos pensam, todos se cuidem, porque só sabe quem passa, fiquei mais de 30 dias sem ver meu esposo, só por chamada de vídeo, e foi um milagre, então se cuidem que não é brincadeira”, disse Daniele.

Mais curados

Também recebeu alta do hospital a idosa Dona Maria Helena da Silva, de 70 anos, ela passou 17 dias internada. “Eu venho e fui muito bem tratada”, disse alegre.

Já a funcionária do hospital, Rosangela Alves dos Santos, de 54 anos, recebeu alta no último domingo (8), e já voltou a trabalhar, ela era colega da Iza Castro, que não resistiu a doença.

“Estou muito emocionada, porque estou viva, não tenho do que reclamar, a Iza foi uma das pessoas que me incentivaram para procurar o tratamento, tomei uns remédios em casa e não melhorei, e vim pro hospital, o primeiro teste deu negativo, fiz a tomografia e confirmou. Fiquei internada durante 11 dias, bem cuidada, todo mundo é igual quando está nessa situação, estou muito agradecida a todos e a todas as mensagens de apoio que recebi”.

 

Por: 7 Segundos

José Adriano da Silva Cavalcante – Foto: Assessoria

Deixe uma resposta