Operação integrada prende homem acusado de abusar sexualmente uma criança de 2 anos, em Minador do Negrão

imagem ilustrativa

Operação integrada entre agentes de inteligência da 5ª DRP de Palmeira dos Índios, GPJ3, do 10º BPM e da Delegacia Geral de Polícia Civil, sob o comando dos delegados Rosivaldo Vilar (titular da delegacia regional de Palmeira dos Índios), Mário Jorge (Gerente de Polícia Judiciária da Área 3), do Major Luciano (comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar) e Dr. Paulo Cerqueira (Delegado Geral de Alagoas) prendeu um indivíduo acusado de praticar um estupro de vulnerável na cidade de Minador do Negrão.

Na manhã desta terça-feira, dia 23 de fevereiro de 2021, os policiais acima citados deram início a uma operação com o objetivo de dar cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pelo Juiz de Direito Dr. Jonh Silas da Silva, titular da Vara do Único Ofício da cidade de Cacimbinhas. Os policiais realizaram diligências em busca do indivíduo, sendo o mesmo encontrado na residência de seus pais. Foi preso o indivíduo A.V.A de 41 anos de idade.

No momento da prisão o indivíduo não reagiu as ordens emanadas dos policiais. Na Sequência foi conduzido à 5ª DRP na cidade de Palmeira dos Índios para realização das formalidades devidas.

A.V.A é acusado de ter estuprado sua própria sobrinha de 2 anos de idade no último final de semana na cidade de Minador do Negrão. A.V.A também é acusado de ter estuprado sua avó de 91 anos de idade no ano de 2013. No dia em que A.V.A praticou o estupro de vulnerável não foi possível efetuar a prisão em flagrante do mesmo o que causou uma grande revolta da população, contudo graças aos esforços dos policiais citados e do apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário, foi possível efetuar a prisão do suposto estuprador.

O delegado Rosivaldo Vilar reafirmou a importância do apoio que vem recebendo do Dr. Mario Jorge, do Dr. Paulo Cerqueira e do Secretário de Segurança Dr. Alfredo Gaspar. Assim podendo cada vez mais se empenhar no combate ao crime em nossa região.


Deixe uma resposta