Oito chapas são inscritas para a eleição indireta em Alagoas

Oito chapas são inscritas para a eleição indireta em Alagoas

Após a determinação do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de que a votação na eleição indireta em Alagoas fosse feita de forma conjunta para governador-tampão e vice, oito chapas formalizaram suas inscrições. A votação está marcada para domingo (15), na Assembleia Legislativa (ALE).

O ato com a lista das oito chapas inscritas foi publicado na edição desta quinta-feira (12) do Diário Oficial da Casa. Agora, começa a valer o prazo de 48 horas para recebimento dos pedidos de impugnação, que serão submetidos à apreciação da Mesa Diretora. Cada candidatura impugnada terá 24 horas para apresentar as defesas.

Candidatos a governador e vice na eleição indireta

Chapa 1

  • Governador: Luciano Valdomiro Silva Fontes

    Vice-governador: Rogers Tenório dos Santos

Chapa 2

  • Governador: Cabo Bebeto

  • Vice-governador: Leonardo Dias

Chapa 3

  • Governador: Flávio Henrique Catão Nogueira

  • Vice-governador: Rocielle Almeida Pacheco

Chapa 4

  • Governador: Francisco Aureliano Rocha de Vasconcelos Teixeira

  • Vice-governador: Jeová Evaristo da Silva

Chapa 5

  • Governador: Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra

  • Vice-governador: Niedja Santos de Oliveira

Chapa 6

  • Governador: Davi Maia

  • Vice-governador: José Siderlane Araújo de Mendonça

Chapa 7

  • Governadora: Danubia Karlla da Silva Barbosa

  • Vice-governador: Arlan Montilares de Oliveira Silva

Chapa 8

  • Governador: Paulo Dantas

  • Vice-governador: José Wanderley Neto

Dupla vacância e disputa judicial

A eleição indireta em Alagoas é necessária devido à dupla vacância no Executivo Estadual. O ex-governador Renan Filho (MDB) renunciou ao cargo em abril. Antes disso, ainda em 2020, o ex-vice-governador Luciano Barbosa (MDB) deixou o cargo quando foi eleito prefeito de Arapiraca.

Sem a figura do vice, quem deveria assumir o governo de Alagoas interinamente era o presidente da ALE, o deputado estadual Marcelo Victor (MDB), que recursou o cargo. Assim, coube ao presidente do Tribunal de Justiça (TJ), o desembargador Klever Loureiro, comandar o executivo até a realização da eleição indireta.

Contudo, a disputa foi parar na Justiça porque o PSB questionou as regras adotadas pela ALE para a eleição indireta. A ação correu na Corte Estadual, mas o PP levou o assunto ao STF.

Após muito vaivém, o ministro Gilmar Mendes determinou a reabertura do prazo para a inscrição das candidaturas, mudança nas regras da eleição e marcou para sexta (13) uma Sessão Virtual Extraordinária no STF, para que o Pleno possa se manifestar sobre a eleição indireta.


Deixe uma resposta