No Dia do Índio, comandante do CFAP homenageia alunas indígenas do Polo Arapiraca

No Dia do Índio, comandante do CFAP homenageia alunas indígenas do Polo Arapiraca – Foto: Assessoria PM

Este dia 19 de abril é comemorado o dia do Índio em todo Brasil, a data marca a luta dos povos indígenas, que, segundo o IBGE, é formada por mais de 800 mil índios, de 305 etnias diferentes, localizadas nas regiões Norte e Nordeste do País.

Em homenagem aos povos indígenas, o comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) do 3º da Batalhão da Polícia Militar, em Arapiraca, falou sobre a luta de duas índias que fazem parte do CFAP.

“Uma população desde sempre massacrada, estigmatizada, quase invisível para a grande parte da sociedade, e que luta até hoje pelo direito de existir, de ser reconhecido, e pelo direito à terra. Mais uma das nossas incoerências históricas, de negar e destruir nossas origens”, disse o TC Marlon.

As índias do CFAP de Arapiraca são da tribo Xucuru-Kariri, Simone Mendes e Silvânia. “Simone é mãe de três filhos, com muita luta concluiu os estudos. Silvânia enfrentou uma verdadeira odisseia para entrar na corporação. Na infância teve pneumonia, foi mãe adolescente. Teve que deixar a filha com os pais na aldeia, para conseguir o pão de cada dia, trabalhou de gari e viu na poesia uma forma de aliviar a realidade difícil. É poetisa e agora vive o sonho de estar se preparando para ser uma soldada”.

A homenagem do CFAP ressalta a luta das duas índias que passaram por várias dificuldades, além da história de luta e de dificuldade no acesso à educação.

“Neste dia 19 de abril, dia do índio, quero exaltar nossos povos indígenas através desses dois exemplos de vida e de resistência à adversidade, Silvânia e Simone, que todos nós sejamos fortes, cheios de garra e guerreiros, seguindo o exemplo dos nossos indígenas e que sobretudo, um dia a gente aprenda o respeito a nossa ancestralidade”, finalizou o comandante.


Deixe uma resposta