Ninja, um dos principais gamers do mundo, assina contrato milionário com Amazon

Depois de um ano produzindo conteúdo em plataforma da Microsoft, o streamer Ninja voltou a transmitir seus jogos no Twitch, da Amazon

Ninja, o streamer de Fortnite mais conhecido do mundo, está retornando à plataforma Twitch, da Amazon, com um contrato exclusivo de vários anos. Sua equipe disse à CNN que ele explorou “todas as opções” antes de se decidir pela Twitch.

Tyler “Ninja” Blevins é uma estrela do mundo dos jogos. Ele diz que ganhou perto de US$ 10 milhões em 2018. Atualmente, ele tem 15 milhões de seguidores na Twitch e acordos de patrocínio com a Adidas e a Red Bull.

No ano passado, Ninja sacudiu a indústria de streaming de jogos quando fechou um acordo exclusivo com o Mixer, da Microsoft, por um valor estimado entre US$ 20 milhões e US$ 30 milhões.

A Microsoft adquiriu a Mixer, anteriormente chamada de Beam, em 2016. Apesar de sua forte posição no mercado videogames com o Xbox, a Microsoft e a Mixer ficaram atrás da Twitch em número de usuários ativos e horas assistidas.

Depois de Ninja, outros streamers também anunciaram contratos de vários milhões de dólares com Facebook Gaming, YouTube ou Mixer.

Mas mesmo com a exclusividade de Ninja, o Mixer não conseguiu atrair uma base significativa de usuários, e a Microsoft a fechou em julho. O anúncio deixou seus outros streamers desamparados.

Ninja mudou brevemente para o YouTube, alimentando especulações entre seus seguidores sobre onde ele acabaria.

A Twitch, principal plataforma de transmissão ao vivo em termos de horas assistidas, tem sido a escolha natural para alguns dos maiores streamers que estavam no Mixer.

O acordo com o Ninja é uma ótima maneira para a Twitch flexibilizar seu status de liderança no espaço de transmissão ao vivo, disse Doron Nir, CEO do StreamElements, que fornece serviços para criadores de conteúdo.

Ele observou, porém, que embora Ninja não vá mais transmitir vídeo ao vivo no YouTube, seus vídeos ainda estarão disponíveis sob demanda dos usuários.

Assim como a mudança de Ninja para o Mixer levou outros streamers a fazerem o mesmo, uma tendência semelhante pode ocorrer desta vez com a Twitch.

“No último trimestre, a Twitch atingiu o máximo de horas assistidas, horas transmitidas, canais exclusivos”, disse Ashray Urs, chefe de produto da empresa de software de transmissão ao vivo Streamlabs, de propriedade da Logitech, em um comunicado.

“Com a última mudança do Ninja e a prevalência da Twitch como líder do setor, esperamos que mais streamers migrem para a plataforma nas próximas semanas.”

Ninja fez sua primeira transmissão ao vivo na Twitch na quinta-feira (10), depois de mais de um ano de ausência na plataforma

“Eu realmente demorei para decidir qual plataforma era a melhor e a Twitch tem sido muito favorável ao longo desse processo, entendendo meus objetivos gerais de carreira”, disse ele em um comunicado à imprensa.

O vice-presidente sênior de conteúdo da Twitch, Michael Aragon, disse em um comunicado que a empresa estava “emocionada” com o retorno de Ninja e que “ele está apenas começando”.


Deixe uma resposta