Museu Xucurus de Palmeira dos Índios é invadido e tem armas furtadas pela segunda vez este ano.

Museu Xucurus, em Palmeira dos Índios

O Museu Xucurus foi arrombado e furtado durante a madrugada desta quarta-feira (4), é a segunda vez esse ano que o museu é invadido. O outro crime ocorreu no dia 16 de fevereiro de 2020, onde dois revólveres e quatro pistolas foram furtados.

Paulinho, que é Chefe de Operações da 5ª Delegacia Regional de Polícia de Palmeira dos Índios (5ª DRP), concedeu entrevista para o repórter Niraldo Correia da Rádio Sampaio 94,5 FM. Segundo ele, a coordenadora do Museu Graciliano Ramos procurou a delegacia para relatar que um funcionário do museu notou que a porta lateral do foi arrombada. (Ouça a entrevista completa no final da matéria)

Ainda segundo a coordenadora, após verificar os itens expostos no museu, notaram a falta de algumas armas, são elas um rifle, uma pistola, duas garruchas e um revólver Lefouchex. A pistola que foi furtada pertenceu ao saudoso Robson Mendes.

“Um fato como esse atenta não apenas contra o patrimônio material da cidade de Palmeira dos Índios, mas principalmente contra o patrimônio cultural. Uma coisa dessa é um absurdo, podem ter certeza que nós como Polícia Civil do estado de Alagoas não vamos permitir que isso caia no esquecimento e fique impune”, disse o Chefe de operações Paulinho.

Foi feito um Boletim de Ocorrência e a Polícia Civil já iniciou as investigações, segundo os levantamentos preliminares o arrombamento ocorreu próximo de 1 hora da manhã. O Instituto de Criminalística (IC) foi acionado e é aguardado no local. Todas as armas furtadas são antigas e provavelmente não tem poder de letalidade.

O Museu Xucurus foi inaugurado em1971, construído dentro da Igreja do Rosário, no centro de Palmeira dos Índios.

 

Entrevista completa com Paulinho, Chefe de Operações da 5ª DRP:

 


Deixe uma resposta