Mulher morre afogada em açude no Bairro Sabiá em Palmeira dos Índios

Mulher morre afogada em açude no Bairro Sabiá em Palmeira dos Índios

Uma mulher identificada como Damiana Lourenço da Silva, de 50 anos, morreu afogada no início da tarde desta quinta-feira em um açude localizado no bairro Sabiá, em Palmeira dos Índios. Damiana seria esposa de um homem conhecido na cidade como “tabaquinho”.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o corpo estava em um local conhecido como Açude da Ribeirinha, com uma bolsa de colostomia e fralda. Nenhum documento de identificação foi achado no local.

Corpo de Bombeiros retirou a vítima do açude, já sem vida, e deixou-a às margens. Segundo populares, a vítima residia próximo ao local, teria ingerido bebida alcoólica e ido pegar água no açude para seus afazeres domésticos, vindo a cair dentro do açude.

Uma equipe da Polícia Militar fez o isolamento do local até a chegada o IML para os devidos procedimentos. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

Mais detalhes amanhã no Programa Nosso Encontro, na Rádio Sampaio 94,5 FM a partir das 7 horas da manhã.


Deixe uma resposta