Motoristas de transporte complementar paralisam serviços nesta terça-feira para cobrar fiscalização

Motoristas de transporte complementar paralisam serviços nesta terça-feira para cobrar fiscalização

Em protesto contra a circulação de veículos irregulares, motoristas que realizam transporte complementar irão paralisar os serviços nesta terça-feira (22). Eles estão organizando um ato, uma carreata, que terá três pontos de concentração e como destino final o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), no Centro de Maceió.

De acordo com o Sindicato dos Transportadores Complementares de Passageiros de Alagoas (Sintracomp/AL), o objetivo da categoria é cobrar uma posição da Justiça sobre a decisão que proíbe a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) de fiscalizar táxi-lotação, carros de passeio que realizam o transporte intermunicipal.

Ainda segundo o Sintracomp/AL, há um número grande de veículos realizando transporte intermunicipal sem fiscalização, os chamados táxi-lotação.

Como protesto, os motoristas dos transportes complementares irão se concentrar em três lugares durante o ato desta terça-feira: no Conjunto Eustáquio Gomes, no Trevo do Polo Industrial e em Satuba. Em seguida, eles seguirão para a sede do TJ/AL.

O táxi-lotação é uma atividade ilegal. O motorista flagrado realizando o transporte irregular de passageiros pode perder sete pontos na carteira, além de receber uma multa no valor de R$ 293, 47. A atividade irregular pode ser denunciada por meio do número 3312-5340.


Deixe uma resposta