Ministério Público oferece denúncia contra empresários acusados de agressão a Henri Castelli

Ministério Público oferece denúncia contra empresários acusados de agressão a Henri Castelli

O Ministério Público de Alagoas (MPE/AL) ofereceu denúncia contra os acusados de agredir o ator Henri Castelli em uma festa, na Barra de São Miguel, interior de Alagoas, no fim do ano passado. Os empresários Bernardo Malta e Guilherme Accioly foram denunciados por lesão corporal e serão intimados.

Devido à pandemia, a intimação será enviada por WhatsApp, e os empresários terão 10 dias para apresentar formalmente suas defesas. Ambos alegam que agiram em legitima defesa. Somente depois deste prazo, uma audiência será marcada.

A denúncia foi ofertada no último dia 16 de março, pelo promotor Hermann Brito de Araújo Lima.

O advogado do ator declarou que ele deverá ser ouvido em Maceió, caso a audiência seja marcada. “Eu prefiro que a juíza tenha contato direto com a vítima para que ela perceba a sinceridade nas palavras dela. Que entenda a dor. E isso não vai acontecer se a audiência for pelo papel ou por videoconferência”, disse ao advogado.

A defesa de Guilherme Accioly acredita que o empresário será absolvido ao final da ação penal, pois a agressão foi para repelir uma violência que ele vinha sofrendo por parte de Henri Castelli.

Já a defesa de Bernardo Malta informou que aguarda o cliente ser citado para oferecer resposta à acusação e tomar as medidas de defesa, após analisar a denúncia. A defesa também afirma que o empresário não praticou, nem participou de qualquer ato de agressão.

A defesa do ator Henri Castelli afirma que anexou novas provas ao processo com a intenção de desmentir a versão de legitima defesa apresentada pelos empresários.


Deixe uma resposta