Mais de 650 pessoas denunciaram à polícia que caíram em golpes pela internet em 2019 em Alagoas

Imagem relacionada
Mais de 650 pessoas denunciaram à polícia que caíram em golpes pela internet em 2019 em Alagoas

Mais de 650 pessoas denunciaram à polícia que caíram em golpes na internet em Alagoas neste ano. O delegado que investiga crimes cibernéticos, Thiago Prado, ressaltou a importância da vítima fazer o boletim de ocorrência.

“Todo crime deixa rastro. Por isso é importante registrar o boletim de ocorrência, pois em toda investigação a gente reúne elementos de vários boletins de ocorrência para chegar o mais rápido possível na autoria delitiva”, explicou o delegado.

Thiago Prado falou também de casos que já foram registrados na polícia.

“Houve pessoas que perderam cerca de R$ 100 mil em crimes praticados pela internet. Foram descuidados, visaram apenas um benefício que iriam obter mais a frente e acabaram ficando cegos e tiveram tamanho prejuízo. O mais importante de tudo é ter cuidado, pois uma vez pago qualquer valor no âmbito desses crimes praticados pela internet, é muito difícil a polícia conseguir recuperar”, disse o delegado.

Resultado de imagem para golpes pela internetE o perfil das vítimas de crimes pela internet é diferente do da vítima de golpes presenciais.

“Em via física, prefere-se idosos. No entanto, no ambiente virtual, os idosos têm mais receio de investir ou de fazer qualquer pagamento. E aí os adultos e jovens acabam sendo vítimas”, falou o delegado Thiago Prado.

O consultor digital Valdick Sales falou sobre os cuidados que devem ser tomados ao usar a internet.

“Não interaja com pessoas que você não conhece. Se aparece um número de telefone que você nunca viu pedindo informações, em momento algum você pode passar esse tipo de informação e nem de cartão de crédito, nem de nada seu. Se mandou você para uma página pedindo a sua senhas, as suas informações básicas, nenhum tipo de informação deve ser dada, porque o próprio banco não pede a você, imagina alguém fazendo isso. Então, desconfie sempre”, disse Valdick Sales.

Fonte: G1

Deixe uma resposta