Hospital Regional Santa Rita recebe alunos do curso Técnico de Enfermagem

Hospital Regional Santa Rita recebe alunos do curso Técnico de Enfermagem – Foto: Assessoria

Por: Roberta Sampaio – Assessoria HRSR

O Hospital Regional Santa Rita e Maternidade Santa Olímpia- Palmeira dos Índios/AL, por meio do seu Provedor Pedro Gaia – recebeu os alunos do curso Técnico de Enfermagem do Centro de Ensino Profissionalizante de Alagoas (CEPROAL). As atividades foram retomadas após terem sido suspensas devido à pandemia da COVID-19. O grupo foi recepcionado na manhã desta segunda-feira (02), no auditório do HRSR pelas monitoras – Enfermeiras Rebeca Farias e Ana Cristina Silva.

Houve ainda palestras ministradas por profissionais que fazem parte do quadro de colaboradores do Santa Rita, com o objetivo de passar informações e orientações importantes, além de expor os trabalhos realizados por alguns dos Núcleos e Comissões instalados no hospital, podendo citar como exemplos o Núcleo da Qualidade de Gestão Hospitalar (NQGH) – Enfermeira Leiliane Sandrine; a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) – Enfermeiro Victor Oliveira; A Coordenação de Enfermagem – Enfermeira Gilvânia Gomes; a Segurança do Trabalho – Kevin Araújo e o setor de Gestão com Pessoas – Dayanny Japiassú.

“Desejamos boas-vindas aos alunos. Que todos aproveitem ao máximo os ensinamentos durante o estágio que passarão conosco. Temos orgulho de sermos um hospital escola que contribui na formação de vários profissionais que já atuam no mercado, como também com os passarão a fazer parte dessa importante área que é a Enfermagem. Boa sorte e sucesso profissional à todos”, disse o Provedor – Dr. Pedro Gaia.

“Agradecemos ao hospital Santa Rita em nome do Dr. Pedro Gaia, que vem fazendo um trabalho exemplar estando Provedor desta instituição. Estávamos ansiosos para iniciar o estágio. Temos que destacar também os esforços do pessoal do Ceproal, representado nesse momento pelos colegas Jadson e Mikaely, com o objetivo de oferecer a oportunidade de aprendizagem aos futuros profissionais”, finaliza a monitora Rebeca Farias – enfermeira.


Deixe uma resposta