Hospital Regional Santa Rita implanta UTI Virtual para auxiliar no tratamento do COVID-19

Hospital Regional Santa Rita implanta UTI Virtual para auxiliar no tratamento do COVID-19 – Foto: Assessoria

O Hospital Regional Santa Rita e Maternidade Santa Olímpia – Palmeira dos Índios/AL, conta com um projeto inovador para auxiliar no tratamento aos pacientes com COVID-19. A implantação da “UTI Virtual” pode ser considerada um avanço, onde a telemedicina possibilita que uma equipe multiprofissional do HRSR consiga debater o caso do paciente junto aos profissionais do Hospital do Coração em Maceió.

Isso tudo em um ambiente virtual onde se consegue anexar todos os dados do paciente como, por exemplo, os exames realizados, a evolução, a prescrição, entre outras informações, sendo ainda possível fazer vídeoconferência com os profissionais na central do HCOR, onde eles centralizam os avanços das instituições.

De acordo com Gustavo Prado – Analista de Tecnologia da Informação (TI) do HRSR, a instituição possui um “Kart” (computador móvel) com webcam e som que pode transitar entre os setores. Então, caso haja a necessidade de um médico à distância, verificar um paciente, observar algum painel, monitor, ou auxiliar na parametrização de algum equipamento, esse “Kart” consegue entrar na UTI e os profissionais de Maceió podem ter acesso ao paciente do HRSR e, assim, auxiliar no que for necessário.

O Hospital conta com um ambiente virtual, como se fosse um fórum de discussão, onde é feito o cadastro do paciente, sendo disponibilizado todo o seu histórico e, a partir daí, tanto a equipe do HRSR quanto os profissionais de diversas especialidades do Hospital do Coração, conseguem debater o caso clínico do paciente. Isso com base no que vem acontecendo no mundo inteiro.

“Estou muito contente com a adesão da equipe médica ao uso das ferramentas que nós disponibilizamos no Santa Rita. Se com tecnologia nós conseguirmos ajudar a salvar a vida de uma pessoa, já terá valido muito apena. Aproveito para agradecer e destacar também o trabalho da nossa equipe de TI, composta por Lucas Araújo, Monique Canuto, Orlando César, Leonardo Leite e Elisabete Barros. Sem esse engajamento, dedicação e profissionalismo nada disso seria possível”, destaca Prado.

Hospital Regional Santa Rita implanta UTI Virtual para auxiliar no tratamento do COVID-19 – Foto: Assessoria

Como funciona?

O Analista de TI do Santa Rita continua explicando que “O projeto conta com um link exclusivo de internet para manter e fazer funcionar essas vídeoconferências 24 horas por dia. Além desse link, o Santa Rita conta com mais três links de internet do próprio hospital. Então, nós temos várias redundâncias e a chance do trabalho parar se torna muito pequena, já que temos quatro provedores de internet prestando serviço ao mesmo tempo.

Para que haja essa possibilidade nós teríamos que perder essas quatro conexões, e seria inacreditável se acontecesse. A muito tempo que nós não temos problemas de “DownTime”, então nós conseguimos manter a estrutura funcionando perfeitamente o tempo todo. O “Kart”, além de funcionar com energia ainda tem uma autonomia de pouco mais de 2 horas de duração. Sendo assim, caso haja necessidade de arrastá-lo até o leito, será feito de forma tranquila”, explica.

Hospital 100% informatizado

De acordo com a Diretora Médica do HRSR – Dra. Tecla Maria Tenório – o Hospital Regional Santa Rita é 100% informatizado. Toda parte de interação médica, tudo o que acontece com o paciente é registrado eletronicamente com o PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente), a evolução, a anamnese, AIH, sinais vitais, enfim, tudo é registrado na ferramenta, facilitando e auxiliando o médico para tomar a decisão em tempo hábil, já que em cliques, ele pode ter acesso a todas as informações sobre o paciente que está na instituição.

O Provedor do HRSR – médico Pedro Gaia finaliza informando que “Em Alagoas temos 6 hospitais que estão participando desse projeto de UTI Virtual. Se acontece alguma descoberta em algum dos outros hospitais, de certa forma nós também seremos beneficiados. Assim como, se conseguirmos algo de novo, os outros também serão informados, porque todos estão interligados com o Hospital do Coração, compartilhando e se auxiliando. Temos um ambiente virtual que funciona como um fórum onde os profissionais debatem o caso do paciente e nesse ambiente existe a possibilidade de se fazer a vídeo chamada nesse computador móvel disponibilizado por meio do projeto do HCOR. Enfim, estamos buscando ferramentas que nos ajude a salvar vidas e a tecnologia se torna fundamental nesse processo”.

 

Por: Roberta Sampaio – Assessoria HRSR


Deixe uma resposta