Hospital de Emergência do Agreste atende 76 pacientes nas últimas 24 horas

HE- Hospital de Emergência – Foto: Davi Salsa

Dezenove pacientes sofreram queda da própria altura e 19 pessoas deram entrada no hospital com ferimentos e traumas provocados devido a acidentes no trânsito, sendo todas as 19 devido a quedas e colisões de moto.

O HE do Agreste também recebeu quatro pacientes com corpo estranho no olho e uma vítima de picada de escorpião, além de pacientes com casos de menor gravidade.

Ainda foram atendidas três pessoas com problemas respiratórios.

Dos 76 pacientes atendidos nas últimas 24 horas, 66 receberam alta médica e dez pessoas ficaram internadas e em observação.

Servidores do HE do Agreste recebem vacina contra o sarampo

Servidores do HE do Agreste recebem vacina contra o sarampo – Foto: Aline Silva 

O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, por meio do Serviço  Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), dá prosseguimento, nesta sexta-feira (28), à Campanha de Vacinação contra o Sarampo entre os servidores da maior unidade de saúde pública do interior de Alagoas.

A ação começou nesta quinta-feira (27), com o propósito de imunizar todos os servidores que atuam no hospital, segundo revela a coordenadora e enfermeira Camila Pereira.

A dose está sendo aplicada por uma equipe de profissionais da saúde, para os servidores com idade entre 20 e 49 anos, tendo como local a sala do SESMT, no período das 9 às 16 horas.

O HE do Agreste segue as orientações do Ministério da Saúde, que recomenda que trabalhadores de saúde, expostos ao vírus, estejam vacinados e busquem cuidados para evitar a propagação do sarampo nas unidades de saúde.

Camila Pereira explica que o sarampo é uma doença respiratória grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. A transmissão ocorre quando a pessoa doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Os primeiros sinais da doença são: febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso. Entre três e cinco dias podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.


Deixe uma resposta