Homem é preso pela PRF por fazer comunicação falsa de crime

Homem é preso pela PRF por fazer comunicação falsa de crime

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam um homem na noite de ontem (26) por falsa comunicação de crime. Ele havia cadastrado seu veículo no Sistema Nacional de Alarmes (Sinal) da PRF, alegando que havia sido furtado em Atalaia/AL. O caso ocorreu no km 268 da BR – 316, em Satuba/AL.

Passava das 22 horas quando os PRFs receberam um alerta da sua Central de Emergências informando que um Hyundai HB20 havia sido furtado, em poucos instantes, em um posto de combustíveis no município de Atalaia e que teria seguido com destino a Maceió/AL. Após realizar buscas na área, os policiais encontraram o veículo e realizaram a abordagem. Durante os questionamentos aos dois ocupantes do carro, os homens negaram qualquer envolvimento com o furto e informaram que o Hyundai pertencia a um conhecido que os havia emprestado naquela manhã.

Após solicitar a presença do autor da denúncia, o homem confirmou a versão dos outros dois indivíduos e disse que havia cadastrado seu carro no sistema porque não havia sido devolvido no horário combinado. De acordo com o artigo 340 do Código Penal (CP), comunicar a uma autoridade fato criminoso que não existiu é passível de pena de um a seis meses e multa.

Diante dos fatos, ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para procedimentos cabíveis, onde deverá responder por comunicação falsa de crime.


Deixe uma resposta