Governo analisa prorrogação de MP que reduz jornada de trabalho

Governo analisa prorrogação de MP que reduz jornada de trabalho

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na manhã desta terça-feira (02/03), que o programa de redução de jornada de trabalho e salário criado em 2020, como forma de preservar empregos por conta da instabilidade financeira durante a pandemia, deve ser estendido ainda nesta semana.

A prorrogação do programa, viabilizado pela medida provisória 936, tira a tensão de diversos setores econômicos do Brasil, já que existe uma preocupação interna a respeito da segunda onda de contágio do vírus.

Vale lembrar que, o benefício disponibilizado pelo Governo federal também deve voltar, assim que a Medida Provisória for reeditada e anunciada. De acordo com as informações, existe a expectativa do programa ser estendido por mais quatro meses.

Segundo o governo, no ano passado, cerca de 20 milhões de acordos foram feitos por meio da medida, ajudando 10 milhões de trabalhadores e 1,5 milhões de empresa.

— A renovação do benefício é vital para que vários setores, como o de hotéis, turismo, bares e restaurantes e entretenimento possam sobreviver em meio ao repique de casos da covid no país — afirmou Paulo Solmucci, presidente-executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Em 2020, várias empresas e vários trabalhadores tiveram os seus rendimentos econômicos diminuídos, em virtude da paralisação de suas respectivas atividades, e em principal, o comércio. Desta forma, eles alegam não ter mais recursos financeiros para suportar um possível lockdown, sem obter ajuda do governo federal.


Deixe uma resposta